conecte-se conosco


Esportes

Zagueiro anuncia aposentadoria da seleção francesa sem nunca ter sido convocado

Publicado

Zagueiro Nicolas Pallois abriu mão da seleção francesa arrow-options
Nantes / Divulgação

Zagueiro Nicolas Pallois abriu mão da seleção francesa

O zagueiro Nicolas Pallois , de 32 anos de idade e que atua no Nantes, anunciou a sua aposentadoria da seleção francesa . Até aí, tudo bem. Todo jogador, um dia, renuncia à equipe do seu país.

O problema é que o zagueiro nunca foi convocado para seleção, seja pelo técnico Didier Deschamps ou comandantes anteriores.

Usando suas redes sociais, Pallois decidiu brincar com a lista de convocados de Deschamps para os jogos da França nas Eliminatórias da Euro 2020 contra Islândia e Turquia – sem Umtiti e Laporte, o técnico convocou Lenglet, Pavard, Varane e Zouma para defesa.

“Depois de ver a lista de Deschamps , decidi encerrar a minha carreira internacional na seleção”, escreveu o jogador no Twitter.

E ele não ficou sem resposta. Questionado pelo jornal  L’Équipe , Deschamps deu seu pitaco sobre a declaração de Pallois. “É golpe muito duro para ele. Ele se mostrou competente no Nantes”, comentou o comandante, em tom de bom humor.

Leia mais:  Rodrygo elogia Vinicius Jr, futuro parceiro de Real: “Jogando como craque que é”

Revelado no Caen, em 2007, o zagueiro  Nicolas Pallois, de 1,90 metro, já defendeu as cores de Quevilly, Valenciennes, Laval, Niort e Bordeaux, até chegar ao Nantes, em 2017.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze estarão em Tóquio 2020

Publicado

por

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze garantiram, no último final de semana, a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A vaga, em Tóquio, na disputa da classe 49er FX de vela, foi garantida no mundial realizado em Geelong (Austrália).

As brasileiras, que ficaram com o ouro nos Jogos do Rio (2016), carimbaram o passaporte para Tóquio ao terminarem o mundial na 12ª posição.

Além de Martine e Kahena, o final de semana também foi de classificação olímpica para Marco Grael e Gabriel Portilho. Eles defenderão o Brasil na classe 49er ao encerrarem o Mundial de Geelong na 13ª posição.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Leia mais:  Renato Gaúcho fala sobre gays no futebol e defende Bolsonaro e Sérgio Moro
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana