conecte-se conosco


Política

Vereador Dilemário quer explicação para aumento de 100% no custo da coleta de lixo

Publicado

class=”olho”>NOTÍCIAS
26/10/2018
Vereador Dilemário quer explicação para aumento de 100% no custo da coleta de lixo

Da Assessoria
O vereador Dilemário Alencar (PROS) usou a tribuna da Câmara Municipal na quinta-feira (25), para pedir esclarecimentos sobre o processo licitatório promovido pela Prefeitura de Cuiabá, que prevê o aumento do custo da coleta de lixo da capital em mais de 100%. Atualmente, a prefeitura tem um custo mensal de R$ 1,7 milhão para os serviços de coleta e esse custo, caso homologada a nova licitação, será elevado para R$ 3,6 milhões.
Para dar esclarecimentos sobre esse aumento, Dilemário apresentou um requerimento convidando para comparecer à Câmara o Secretário municipal de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, responsável pela pasta que cuida da coleta e transporte de resíduos sólidos no município de Cuiabá.
“Para se ter ideia como esse aumento é muito alto, informo que a prefeitura paga anualmente o valor de R$ 20,4 para uma empresa privada realizar os serviços de coleta de lixo. Se prosperar essa licitação, para o ano de 2019 esse valor será de R$ 43,2 milhões. Esse novo custo precisa ser melhor explicado para a população. Por isso, estou solicitando que o secretário responsável pela coleta venha à Câmara dar explicações”, disse o vereador Dilemário.
Outro questionamento do vereador é o fato de que o chefe do executivo protocolou em setembro na Câmara a Lei Orçamentária Anual (LOA 2019), onde o orçamento da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos para os serviços de coleta e transporte de resíduos sólidos é no valor de R$ 19 milhões. Valor esse muito aquém dos R$ 43,2 milhões proposto pela licitação que prefeitura está realizando.
“Esse é outro ponto que precisa de esclarecimento por parte do executivo, pois esse novo custo anual de R$ 43,2 milhões está em desconformidade com a LOA 2019. Como a Secretaria de Serviços Urbanos vai alocar mais R$ 24,2 milhões em seu orçamento para fazer frente ao custo do aumento na coleta de lixo?&nbsp Será que o prefeito vai querer remanejar recursos de áreas essenciais como saúde, educação e assistência social? Esses questionamentos precisam de respostas”, pontuou Dilemário.
O vereador informou também que encaminhou ao Ministério Público uma representação informando acerca do fato e solicitando o acompanhamento do processo licitatório promovido pela Prefeitura de Cuiabá que prevê aumento em mais de 100% no contrato dos serviços de coleta de lixo em relação ao preço praticado no atual exercício.
&nbsp
Assessoria de Comunicação do vereador Dilemário Alencar

Leia mais:  CPI da Previdência realiza mais duas oitivas

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Política

Deputado assina TAC e promete não realizar mais festas

Publicado

O deputado estadual Faissal Calil (PV) assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual (MPE) no qual se compromete a não realizar festas em sua residência, localizada no bairro Shangri-lá em Cuiabá, que excedam o volume de som permitido na “Lei do Silêncio”. O desrespeito à norma renderá multa no valor de R$ 3 mil.

“Se abster, a partir desta data, de produzir nos eventos realizados em sua residência ou sob sua responsabilidade, ruídos em níveis tais que possam resultar em danos à saúde humana”, diz o promotor 17ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural de Cuiabá, Gerson Natalício Barbosa.

 

De acordo com o TAC, chegou ao conhecimento da promotoria de Justiça que o deputado realizou uma festa para comemorar a vitória do vereador Marcus Brito Jr. (PV), que é seu aliado político. O termo de compromisso foi assinado no dia 15 de dezembro.

Ainda consta no documento que as celebrações são realizadas com frequência no local. “De acordo com a notícia, as festas organizadas pelo senhor Faissal Jorge Calil Filho são recorrentes e causam grande perturbação à vizinhança”.

Leia mais:  Deputados aprovam LOA de 2020 com 20 votos favoráveis e três abstenções

 

Veja vídeo da festa 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana