conecte-se conosco


Política

Vereador cobra construção de faixas elevadas na Capital

Publicado

class=”olho”>NOTÍCIAS
26/10/2018
Vereador cobra construção de faixas elevadas na Capital
Brunna Maria – Secom/Câmara de Cuiabá

É muito triste quando uma criança é atropelada ao sair de sua escola

Convocado pelos vereadores de Cuiabá, o secretário de Mobilidade Urbana da Capital, Antenor Figueiredo, prestou esclarecimentos aos parlamentares na sessão desta quinta-feira (25). O gestor foi sabatinado acerca da situação dos serviços prestados pela pasta na cidade. Entre os questionamentos, estava a necessidade de construção de faixas elevadas nas proximidades de escolas e creches da cidade.

A cobrança partiu do vereador Gilberto Figueiredo (PSB) – atual presidente a Comissão de Educação da Casa de Leis. Ele relembrou que, em junho deste ano, requereu a construção de uma faixa elevada em frente ao CMEI Manoel de Barros e à EMEB Carlos Maldonado, localizadas no bairro Jardim Imperial.

“É muito triste quando uma criança é atropelada ao sair de sua escola. Como educador, peço para que, nessa oportunidade, sejam priorizados os estabelecimentos de ensino justamente porque a criança pode ser mais desatenta”, declarou Gilberto, à época, ao reforçar a importância da sinalização de trânsito nos arredores dos estabelecimentos escolares.

Figueiredo confirmou a viabilidade da solicitação feita anteriormente à Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). De acordo com o secretário, o processo licitatório será concluído em breve, fato que dará início à obra solicitada. “No dia 22 de outubro, chegou o laudo final à Secretaria, que possibilita a avaliação para a contratação de uma empresa”, concluiu Antenor.

As faixas elevadas atuam como redutores de velocidade e, segundo o representante do executivo, devem ser construídas em outros pontos da Capital.

Da Assessoria&nbsp

Leia mais:  Bolsonaro: deixar estados fora da reforma é decisão do Congresso

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Política

Deputado assina TAC e promete não realizar mais festas

Publicado

O deputado estadual Faissal Calil (PV) assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual (MPE) no qual se compromete a não realizar festas em sua residência, localizada no bairro Shangri-lá em Cuiabá, que excedam o volume de som permitido na “Lei do Silêncio”. O desrespeito à norma renderá multa no valor de R$ 3 mil.

“Se abster, a partir desta data, de produzir nos eventos realizados em sua residência ou sob sua responsabilidade, ruídos em níveis tais que possam resultar em danos à saúde humana”, diz o promotor 17ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural de Cuiabá, Gerson Natalício Barbosa.

 

De acordo com o TAC, chegou ao conhecimento da promotoria de Justiça que o deputado realizou uma festa para comemorar a vitória do vereador Marcus Brito Jr. (PV), que é seu aliado político. O termo de compromisso foi assinado no dia 15 de dezembro.

Ainda consta no documento que as celebrações são realizadas com frequência no local. “De acordo com a notícia, as festas organizadas pelo senhor Faissal Jorge Calil Filho são recorrentes e causam grande perturbação à vizinhança”.

Leia mais:  Bolsonaro deixa hospital em São Paulo e volta para Brasília

 

Veja vídeo da festa 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana