conecte-se conosco


Polícia

Veículo de transporte de pacientes é apreendido pela PRF em Pontes e Lacerda/MT

Publicado

Além de pacientes o veículo transportava material biológico para teste de Covid-19

Na madrugada desta terça-feira (21), uma equipe de ronda da Polícia Rodoviária Federal, abordou na BR 174 Km 288 em Pontes e Lacerda, o veículo I/Fiat Ducato Engesigmic, cor prata, com placas do mesmo município.

Os policiais verificaram que o veículo é usado para transporte de pacientes, e ao perguntar ao condutor sobre o que transportava no veículo além dos doze passageiros, este declarou haver recipientes com amostras de material biológico referentes a testes do Covid-19.

O material é considerado Produto Perigoso, sendo exigido uma série de requisitos para o seu transporte de maneira segura. Conforme apurado pelos PRF’s, as amostras estavam sendo transportadas no veículo em duas caixas de isopor com controle de temperatura, sem atender a legislação de transporte de substâncias infectantes, sem qualquer identificação ou informação acerca do produto nelas contido.

O veículo foi levado até a Unidade Operacional da PRF, onde após identificação dos passageiros, qualificados como vítimas, foram liberados para seguir viagem em outro veículo, para tratamento de saúde.

Leia mais:  Bandidos roubam loja e trocam tiros com PM em fuga; 1 morre em Cuiabá

Conforme documentação apresentada haviam 71 amostras de testes colhidas de pacientes com suspeita de coronavírus, no interior das caixas.

Já a van, o condutor, o coordenador de frota que havia comparecido no Posto PRF e a substância biológica, foram encaminhados para a Polícia Civil.

Secom PRF MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Polícia Civil prende obreiro de igreja acusado de estupro de vulnerável

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana