conecte-se conosco


Cidades

Veado é encontrado morto em área devastada pelo fogo no Pantanal

Publicado

Por G1 MT

Um veado-campeiro foi encontrado morto, no sábado (15), em uma área de mata devastada pelo incêndio que atinge o Pantanal mato-grossense há quase um mês. Não chove na região há mais de 80 dias e a vegetação seca contribui para que as chamas se alastrem e dificulta o trabalho das equipes que atuam na contenção do fogo.

Segundo o sargento João Paulo Gonçalves, do Corpo de Bombeiros, o animal tentava fugir do fogo quando morreu, na Fazenda Sararé, na região de Porto Jofre, em Poconé.

“Eu chorei quando vi (a cena)”, disse João Paulo.

O veado-campeiro estava com as patas queimadas e outras marcas causadas pelo fogo.

Chamas avançam em áreas de mata no Pantanal — Foto: João Paulo Gonçalves/Corpo de Bombeiros - MT

Chamas avançam em áreas de mata no Pantanal — Foto: João Paulo Gonçalves/Corpo de Bombeiros – MT

Os bombeiros trabalhavam no controle das chamas quando encontraram o veado morto.

Leia mais:  Prefeitura republica RDC para a construção de dois viadutos

O sargento afirmou ainda que neste mês encontraram na região oito tartarugas, vacas, cavalo, jacarés, todos mortos também.

Bombeiros tentam combater as chamas há quase um mês — Foto: João Paulo Gonçalves/Corpo de Bombeiros-MT

Bombeiros tentam combater as chamas há quase um mês — Foto: João Paulo Gonçalves/Corpo de Bombeiros-MT

O incêndio já atingiu três reservas indígenas, e queimou mais de 200 mil hectares de área de vegetação.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) também apontam que nos 13 primeiros dias deste mês foram registrados mais focos de queimadas no Pantanal do que durante todo o agosto de 2019. É menos da metade do tempo, mas o número absoluto já apresenta uma alta de 53%.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Mais de 26 mil inscritos participam neste domingo (22) do concurso da Assistência Social

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Procon Municipal orienta população sobre as compras do Dia das Crianças

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana