conecte-se conosco


Política

Única deputada na ALMT, Janaina fala sobre empoderamento em Encontro Estadual de Bombeiras Militares

Publicado

Foto: JARDEL DA SILVA

Com discurso sobre empoderamento feminino, importância da igualdade nos postos de comando e sororidade, a presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputada estadual Janaina Riva (MDB), única mulher no parlamento mato-grossense há duas legislaturas, falou às mais de 100 bombeiras militares na tarde de quinta-feira (24.10), durante a abertura do Primeiro Encontro de Bombeiras Militares de Mato Grosso.

“Todas as vezes que eu falo sobre a importância da mulher se empoderar e ocupar os espaços de poder é porque para que as coisas comecem a mudar, é preciso que as mulheres estejam presentes nas tomada de decisões. Vejam, há duas legislaturas eu sou a única mulher no parlamento estadual para defender as bandeiras e projetos sobre igualdade de gênero. São 23 homens e eu. Imagina se tivéssemos um parlamento composto por metade de deputadas o quão avançados estaríamos em termos de legislações com essa temática?”, explanou.

Janaina enalteceu o trabalho das militares e parabenizou o Comando do Corpo de Bombeiros pela iniciativa de debater a temática da mulher na corporação. O ingresso de mulheres na instituição começou apenas em 2001. De lá para cá, o Corpo de Bombeiros precisou adequar seu regimento à realidade de militares do sexo feminino.

Leia mais:  Emanuel afirma; não pretendo voltar com as aulas em Cuiabá no dia 18 de maio

“Eu vejo que o preconceito, que nós mulheres sofremos, pode variar na intensidade dependendo do local de trabalho que cada uma nós desempenhamos nosso trabalho, mas ele é concreto, é real e precisamos começar a debater isso. É preciso colocar o dedo na ferida como oque vai ser feito aqui, durante esse primeiro encontro de bombeiras. É um desafio a ser vencido e a cada passo que damos, nós mulheres temos que comemorar, que nos apoiar e nos proteger sempre”, finalizou.

Comentários Facebook
publicidade

Política

Governo autoriza vacinar professores após forças de segurança

Publicado

O governador Mauro Mendes (DEM) autorizou a reserva de 10% das vacinas contra a covid-19 que o Estado receber para a imunização dos profissionais da educação das redes públicas e privadas. A informação é do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. Segundo Carvalho, a decisão ocorreu na manhã desta segunda-feira (12) durante reunião com os secretários de Saúde, Gilberto Figueiredo (Saúde), e da Educação, Alan Porto.

“Estamos fazendo um ofício para a Secretaria de Saúde, solicitando que após a vacinação dos profissionais das forças de segurança, que também sejam imunizados os profissionais da educação”, disse durante entrevista ao programa Tribuna da rádio Vila Real FM.

A decisão tem por base a pressão por parte dos deputados estaduais e do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep). Isso porque na semana passada, os deputados aprovaram em 1ª votação a educação como serviço essencial na pandemia. Caso seja aprovada em 2ª votação, as aulas presenciais poderão retornar.

Com isso, muitos deputados cobraram que os professores entrassem na lista de prioridades para a vacinação no Estado, já que o retorno das aulas está em votação.  O projeto de retorno às aulas garante que a rede privada pode voltar com as aulas presenciais. Já  na rede pública poderia ocorrer de maneira virtual, até que se criem as condições para o retorno presencial.

Leia mais:  Prefeitura de Confresa entrou com recurso judicial solicitando a reabertura do comércio

O Sintep chegou ameaça greve em fevereiro, caso o governo determinasse o retorno das aulas presenciais. Atualmente as aulas continuam remotas e o governador Mauro Mendes (DEM) aprovou na Assembleia um projeto para a compra de notebooks e o auxílio internet para mais de 15 mil professores da rede pública estadual.

O valor depositado aos professores é de até R$ 6.020. Os profissionais terão que comprovar a compra dos computadores e a assinatura da internet.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana