conecte-se conosco


Esportes

Trinca brasileira arremata o pódio dos 100m masculino-T47, em Dubai

Publicado

source

O paraibano Petrúcio Ferreira dos Santos roubou hoje (12) a cena no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Dubai (Emirados Árabes Unidos): na semifinal, realizada nesta madrugada, Petrúcio Ferreira se tornou o atleta paralímpico mais rápido do planeta ao quebrar o recorde  mundial com o tempo de 10s42, na prova dos 100m classe T47 (deficiências membros superiores). Depois, na grande final, o paraibano liderou a trinca verde e amarela no pódio. Petrúcio Ferreira foi medalha de ouro ao vencer a prova dos 100m T47 com o tempo de 10s44. A prata ficou com Washington Júnior (10s58) e o bronze com Yohansson Nascimento (10s69).

 

12.11.19 - Dubai, Emirados Arabes Unidos - Mundial de Atletismo - JERUSA GEBER, OURO NOS 100M T11 . Foto: Ale Cabral/CPB.

12.11.19 – Dubai, Emirados Arabes Unidos – Mundial de Atletismo – JERUSA GEBER, OURO NOS 100M T11 . Foto: Ale Cabral/CPB. – Ale Cabral/CPB.

No final desta manhã, também teve dobradinha brasileira na prova dos 100m classe T11 (deficiências visuais): a paulista Jerusa Geber dos Santos faturou o ouro na prova dos 100m com a marca de 11s80 e a paranaense Lorena Salvatini Spoladores levou o bronze ao completar o percurso em 12s03.  A prata ficou com a chinesa Cuiqing Liu (11s87).

Leia mais:  Em negociação com a TV Globo, Palmeiras tem “voto de confiança” dos jogadores

Outros dois brasileiros conquistaram prata e bronze na prova  masculina dos 100m T12 (deficiências visuais). Jefferson Marinho de Oliveira chegou em segundo lugar, com o tempo de 10s77, e o sul-mato-grossense Fabrício Júnior Barros Ferreira foi o terceiro colocado, com o tempo de 10s84. O vencedor foi o norueguês Salum Ageze Kashafali (10s54).

A maranhense Rayane Soares da Silva, que garantiu o primeiro ouro do Brasil no Mundial na última quinta (7), voltou a brilhar hoje (12) ao garantir a medalha de prata nos 200m classe T13 (deficiências visuais), com o tempo 25s22, atrás da ucraniana Leilia Adzhametova (24s35). O bronze ficou com a americana Kym Crosby (25s26).

Com as nove medalhas de hoje, o Brasil ultrapassou a Ucrânia e chegou à vice-liderança classificação geral, com 25 medalhas (nove ouros, seis pratas e dez bronzes). A China lidera com 40 (17 ouros, 16 pratas, sete bronzes) . A Ucrânia agora ocupa a terceira posição com 19 medalhas (nove ouros, cinco pratas e cinco bronzes).

 

Edição: Guilherme Neto

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Vasco empata com Bahia e prepara despedida do Brasileirão

Publicado

por

source

Enquanto Vanderlei Luxemburgo concedia entrevista coletiva após o empate em 1 x 1 com o Bahia, o número de sócios do Vasco aumentava. Menos de 12 horas depois do confronto em Salvador, o clube ultrapassava a marca de 160 mil sócios-torcedores.

A mobilização dos vascaínos fora de campo vem contagiando o elenco cruzmaltino. Mesmo sem a zaga titular – Guarín e Rossi -, o Vasco foi valente na Fonte Nova. O jogo era equilibrado até o pênalti cometido por Ricardo Graça em cima de Gilberto, aos 44 minutos do primeiro tempo. O zagueiro recebeu cartão vermelho e o atacante abriu o placar para os donos da casa.

Antes, o Vasco teve um pênalti a seu favor assinalado pelo árbitro Felipe Fernandes de Lima, mas o VAR foi acionado e a marcação foi anulada. Vanderlei Luxemburgo comentou os lances de penalidade máxima.

“Acho que não foi pênalti para a nossa equipe, realmente nosso jogador forçou a barra, está claro que não foi pênalti. Mas a rigorosidade dele de achar que, além de dar o pênalti para o Bahia, tinha que expulsar meu jogador e dar cartão amarelo para outro, me prejudicou três vezes. Deu o pênalti, tudo bem. Agora expulsar o Ricardo, que não consegue perceber que o Gilberto tá chegando, não teve a intenção de machucar o Gilberto. Tem que ver se foi intenção ou imprudência. O árbitro tirou o Ricardo daqui e tirou o Richard do próximo jogo com o cartão amarelo. O pênalti se ele quis dar, tá tudo bem”.

Ouça na Rádio Nacional
Leia mais:  Manchester United goleia o Chelsea na estreia do Campeonato Inglês

Na segunda etapa, o técnico vascaíno mexeu na equipe e recheou o time com jogadores de meio-campo. Deu certo. Mesmo com um a menos, o Vasco “cozinhou” a partida até a expulsão de Arthur Caíke, do Bahia, aos 36 minutos, pelo segundo cartão amarelo. Três minutos depois, veio o empate cruzmaltino. Bela jogada pela esquerda, toque de Gabriel Pec para o meio e Marrony marcou. O time do Rio ainda pressionou no fim, mas o Bahia segurou o empate. Para Vanderlei Luxemburgo, o resultado foi justo.

“No primeiro tempo o Bahia mereceu a vitória. Nós entramos hoje sem zagueiro porque o Bocanegra e o Castán estão próximos de uma lesão e tivemos que deixá-los no Rio. O Ricardo foi expulso e tivemos que improvisar, botar o Richard como zagueiro. No segundo tempo fizemos uma linha de quatro e ficamos amarrando o jogo com a técnica para ver se conseguíamos igualar em um contragolpe, ou então em uma expulsão, como aconteceu com o segundo cartão. Acho que o resultado foi justo por aquilo que fizemos no segundo tempo e pelo o que Bahia fez no primeiro”.

Leia mais:  Benfica é clube que mais lucra com transferências nesta janela; Santos é 10º

O último compromisso do Vasco no ano será no domingo (8), contra a Chapecoense, no Maracanã. A expectativa é de cerca de 70 mil torcedores presentes. E como a empolgação cruzmaltina não pode parar, a cantora Lexa irá se apresentar no estádio. Além disso, o clube anunciou promoção de duas cervejas por R$ 10,00. Quem não conseguir ingresso para o jogo, poderá se despedir do elenco em 2019 um dia antes. O presidente Alexandre Campello anunciou que o treino de sábado (7), às 10h, será aberto à torcida. O técnico Vanderlei Luxemburgo convocou os vascaínos.

“Nós queremos agradecer o torcedor do Vasco. Domingo tem jogo, mas vou convidar o torcedor do Vasco ao treinamento, mas levando um quilo de alimento não perecível. Nós agradecemos a presença deles em São Januário, mas também com uma ajuda a quem precisa de uma ajuda”.

Vasco e Chapecoense se enfrentam às 16h, no Maracanã. Atualmente na 13ª posição do Campeonato Brasileiro, o Cruzmaltino pode chegar à 10ª colocação se vencer a partida domingo (8) e se Goiás e Atlético-MG não conquistarem os três pontos.  

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana