conecte-se conosco


Política

Trilhas do Parque da Serra Azul são reabertas ao público

Publicado

Trilhas do Parque Estadual da Serra Azul, em Barra do Garças, foram reabertas ao público, de forma experimental, no dia 09 de julho. O local recebe os visitantes de terça-feira a domingo. A previsão é reabrir o parque em sua totalidade no segundo semestre de 2019.

As segundas-feiras são reservadas para a manutenção do parque e compensa da jornada de trabalho da equipe, por isso ele permanece fechado.

A decisão de reabrir o parque foi tomada após uma reunião do Conselho Consultivo no dia 18 de junho. No encontro foram estabelecidos alguns limites para a conservação da área interna, como o limite de 30 ciclistas por dia. Para o acesso às caminhadas nas trilhas o número de pessoas é ilimitado.

Durante a etapa experimental de reabertura, veículos automotivos só serão permitidos caso estejam transportando idosos, crianças e/ou pessoas com deficiência, com permissão de 10 carros por dia.

Também poderão adentrar às vias internas do Parque três ônibus (40 lugares) e três vans (25 lugares) diariamente. É exigido que ao menos 70% da lotação do veículo esteja ocupada para caracterizar transporte coletivo.

Leia mais:  Projeto garante prioridade nos laudos do IML às mulheres agredidas

É necessário ter atenção aos horários para não permanecer no interior do parque após o entardecer. A maior parte da fauna da região tem hábitos noturnos e por esse motivo os horários de entrada levam em conta o tempo necessário para saída antes do pôr-do-sol.

Trilhas

De bioma cerrado, o Parque Estadual da Serra Azul possui a trilha das Cachoeiras com percurso estimado de 2,35 Km. O turista tem a opção de seguir na trilha contracorrente do Córrego Voadora ou na direção normal do fluxo da água.

Aos que desejarem subir, a entrada será via Clube da Usina e via Pé da Serra.

Caso se opte por descer, o visitante terá como ponto de partida a Unidade de Fiscalização e Monitoramento II (UFM II) (antiga Chácara da Prefeitura, porteira antes do Córrego Voadeira).

Horários

Os horários para entrada no Parque Estadual da Serra Azul são:

Escadaria da Fé – 06h às 11h e 15h às 18h
Guarita Principal (Estrada do Cindacta) – 07h às 15h horas (veículos 16h).
Clube da Usina (Área privada) – 08h às 15h.
Pé da Serra (Área privada) – 08h às 15h.

Leia mais:  Recursos arrecadados em pedágios não serão depositados em conta do governo

Horário de funcionamento das unidades administrativas da Gerência Regional do Parque Estadual da Serra Azul:

Centro de Atendimento ao Visitante (CAV) funcionará das 08h às 17h.
A UFM I (Mirante do Cristo) – 07h às 11h30 e das 15h às 18h30.
A UFM II (Porteira, “Chácara da Prefeitura”) – 08h às 15h.
Sala da Gerência (SEMA Av. Min. João Alberto) – 12h às 18h.

Comentários Facebook
publicidade

Política

Israel enviará avião para ajudar no combate aos incêndios na Amazônia

Publicado

por

O governo de Israel enviará um avião para auxiliar as Forças Armadas brasileiras no combate aos incêndios na Floresta Amazônica. A informação foi dada hoje (25) pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) após reunião, no Palácio do Alvorada, com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o assessor para assuntos internacionais da Presidência da República, Filipe Martins. A reunião começou por volta das 15h e terminou agora há pouco.

Segundo postagem de Eduardo Bolsonaro em sua conta no Twitter, o envio da ajuda foi acertado após um telefonema entre o presidente brasileiro e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. 

“Em telefonema hoje entre o PR @jairbolsonaro e PM @netanyahu, o Brasil aceitou a ajuda oferecida por Israel de avião munido de equipamentos para apagar incêndios, que somará esforços na missão das Forças Armadas na Amazônia”, escreveu o deputado. Ainda segundo ele, o destino da aeronave israelense será definido pelas Forças Armadas brasileiras. 

Mais cedo, um despacho do presidente Jair Bolsonaro, publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), autorizou o emprego das Forças Armadas no combate aos incêndios florestais no Acre, Mato Grosso e Amazonas. Com isso, são sete os estados que solicitaram apoio federal nas operações, já que Roraima, Rondônia, Tocantins e Pará haviam feito o pedido desde a última sexta-feira (23), quando o presidente assinou o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que permite a atuação dos militares da União. A medida vale para áreas de fronteira, terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e outras áreas da Amazônia Legal.

Leia mais:  Orçamento é aprovado com 7 emendas de Maluf, totalizando R$ 5,5 milhões

Incêndios criminosos

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro,também informou hoje que a Polícia Federal vai investigar integrantes de um grupo que teria planejado atear fogo em áreas de floresta entre os municípios de Altamira e Novo Progresso, sudoeste do Pará, no último dia 10 de agosto, data que chegou a ser batizada, por produtores rurais da região, como “dia do fogo”. O caso foi denunciado em uma reportagem da revista Globo Rural. 

Edição: Nélio de Andrade

Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana