conecte-se conosco


Cidades

Treze candidatos para as eleições municipais em MT têm 80 anos e 40 têm menos de 20 anos

Publicado

Por Kethlyn Moraes, G1 MT

Treze candidatos para as eleições municipais de 2020 em Mato Grosso têm acima de 80 anos, segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os dados também apontam que 77 candidatos tem de 16 a 20 anos.

A candidata mais nova é uma jovem de 16 anos, para a vaga de vereadora em Araputanga, no sudoeste do estado. O candidato com maior idade tem mais de 100 anos e deve concorrer ao cargo de vereador em Poconé, a 104 km da capital.

Segundo o TSE, 12.597 candidatos se cadastraram e devem concorrer às vagas nas prefeituras e nas câmaras de vereadores nos municípios de Mato Grosso. As eleições acontecerão no dia 15 de novembro.

As 141 prefeituras do estado são disputadas por 479 candidatos. Já as 1.350 cadeiras de vereador são concorridas por 11.478.

Leia mais:  1ª dama aponta Qualifica 300 como uma das razões pela posição de Cuiabá em ranking de empregos

Do total, a maior parte (62%) está entre 35 e 54 anos. A partir de 55 anos, o número de candidatos diminui, mas ainda há registros de candidatos com mais de 80 anos. São mais de 150 candidatos com idade maior que 70 anos e 13 com mais de 80.

Também há perfil de candidaturas jovens. Dois mil candidatos estão entre 21 e 34 anos. Há registro de 38 candidatos com 20 anos, 25 com 19 anos, 14 candidatos com 18 anos e um candidato com 16 anos.

Neste ano, 66% dos candidatos são homens e 34% mulheres.

Data da eleição

Pelo calendário original da Justiça Eleitoral, o primeiro turno estava marcado para 4 de outubro e o segundo, para 25 de outubro. Mas, em razão da pandemia da Covid-19, o Congresso Nacional decidiu adiar o pleito. Também por causa do coronavírus, não haverá necessidade de identificação biométrica nas eleições deste ano.

Com a mudança, o primeiro turno será no dia 15 de novembro e o segundo turno, onde houver, no dia 29 de novembro.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá convoca aprovados nas funções de Engenheiro e Arquiteto

Campanha eleitoral

A propaganda eleitoral, inclusive na internet, é permitida a partir de 27 de setembro.

Desde este domingo até as 22h de 14 de novembro, poderá haver distribuição de material gráfico, caminhada, carreata ou passeata, acompanhadas ou não por carro de som ou minitrio.

Propaganda na internet

É permitido fazer campanha na internet por meio de blogs, redes sociais e sites.

Somente partidos, coligações ou candidatos podem fazer impulsionamento de conteúdo, que é o uso de ferramentas oferecidas por plataformas ou redes sociais para difundir o conteúdo a mais usuários e, assim, ter maior alcance.

É vedada a utilização de impulsionamento de conteúdos e ferramentas digitais não disponibilizadas pelo provedor da aplicação de internet, ainda que gratuitas.

Não é permitido também contratar impulsionamento para propaganda negativa, como críticas e ataques a adversários. Empresas e eleitores não podem fazer impulsionamento de conteúdo. Tanto candidatos e partidos quanto eleitores estão proibidos de contratar serviço de disparo em massa de conteúdo.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá convoca aprovados nas funções de Engenheiro e Arquiteto

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  1ª dama aponta Qualifica 300 como uma das razões pela posição de Cuiabá em ranking de empregos

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana