conecte-se conosco


Cidades

Três policiais militares são presos em festa clandestina em Várzea Grande

Publicado

Três policiais militares, que não tiveram os nomes revelados, foram presos em uma festa clandestina em uma residência, no bairro Água Vermelha, na cidade de Várzea Grande, na noite de domingo (19).

Os policiais foram ao local após receberem queixas de estava havendo tiros em uma festa clandestina, visto que poder Executivo municipal proibiu aglomeração devido à pandemia do coronavírus.

Quando os militares chegaram ao local, perceberam que eram os três soldados que estavam atirando. Diante disso, eles foram detidos e encaminhados à Central de Flagrantes do bairro Parque do Lago, também em Várzea Grande.

Os militares foram levados às unidades militares onde aguardam audiência de custódia.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Outro lado

Em nota a Polícia Militar informou que uma sindicância será aberta para apurar os fatos.

Confira a nota na íntegra:

“A Corregedoria da Polícia Militar esclarece que na noite deste domingo (19.07) o oficial plantonista desta Casa Correcional foi informado, via unidade operacional que atendeu a ocorrência, da detenção de três soldados da PMMT durante festa em uma residência no bairro Água Vermelha, em Várzea Grande, local onde ocorreram disparos de arma de fogo.

Leia mais:  Criação do Comjuve assegura participação efetiva da juventude na gestão municipal

Ademais, informa que os três militares foram conduzidos para o plantão do Cisc Parque do Lago, de onde, após a adoção de medidas de Polícia Judiciária Civil, seguiram para unidades militares nas quais permanecem presos e aguardam audiência e custódia.

Além da responsabilização na justiça comum, uma vez que não estavam no exercício da função policial, a conduta dos três militares estaduais será apurada em Sindicância a ser instaurada pelo 1° Comando Regional”.

Por: HNT/HiperNotícias

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Prefeito cumpre compromisso e marca audiência para debater o sistema de transporte público

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Secretário de Cultura recebe classe artística e discute novo cronograma de execução de projetos

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana