conecte-se conosco


Política

Três audiências públicas, CPIs e sessão especial em homenagem a Cuiabá movimentam a semana na ALMT

Publicado

Mesmo com o feriado nessa segunda-feira (8), em virtude do aniversário de Cuiabá, a semana será movimentada na Assembleia Legislativa. Além das quatro sessões ordinárias, os deputados têm compromissos com três audiências públicas e reuniões das CPIs da Renúncia e Sonegação Fiscal e da Previdência. Eles participam ainda de duas sessões especiais e seis reuniões das comissões permanentes.

Confira abaixo o que acontece nesses quatro dias da semana. Vale lembrar que a agenda pode ser alterada ao longo desses quatro dias:

Terça-feira (9)

A Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária da Assembleia Legislativa realiza, às 9 horas, audiência pública para a apresentação da evolução das metas físicas do 2º semestre de 2018 – realizadas no governo Pedro Taques – das secretarias de Infraestrutura e Logística, Saúde, Educação e Segurança. A apresentação será no auditório Milton Figueiredo.

Os deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal realizam, às 9 horas, mais uma reunião ordinária da CPI. O encontro será na sala de reunião das comissões, Deputado Oscar Soares, 201.

Já na sala das comissões Deputada Sarita Baracat, 202, às 9 horas, os deputados da Comissão de Indústria, Comércio e Turismo realizam reunião extraordinária.

À tarde, às 14 horas, os deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da Previdência dos Servidores do Estado de Mato Grosso – realizam a primeira reunião após a instalação e a definição do vice-presidente e a do relator da comissão. O presidente é o deputado João Batista (PROS), o vice-presidente Paulo Araújo (PP) e o relator é Thiago Silva (MDB). A reunião será na sala das comissões Deputada Sarita Baracat, 202

Leia mais:  Alcolumbre quer concluir apreciação da PEC Paralela até novembro

Às 14 horas, os deputados da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) realizam a quinta reunião ordinária da CCJR. Ela acontece na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201.

Às 14 horas, a Assembleia Legislativa realiza audiência pública para debater o relatório dos balancetes financeiros e orçamentários do 3º quadrimestre da Secretaria de Estado de Saúde. A apresentação dos números deve ser feita pelo secretário da SES, Gilberto Gomes de Figueiredo e sua equipe técnica à Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social. O local do debate será no auditório Milton Figueiredo.

Às 17 horas, horário regimental, será realizada a primeira sessão ordinária da semana.

Quarta-feira (10)

Os deputados voltam a se reunir às 8 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour, para mais uma sessão ordinária.

No início da tarde, às 14 horas, tem reunião da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais. O local é a sala de reuniões das comissões Deputado Oscar Soares, 201.

Outra reunião, às 14 horas, é com os deputados da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social. A reunião ordinária será na sala das comissões Deputada Sarita Baracat, 202.

Às 16 horas, os deputados da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público voltam a se reunir na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201. Nesse mesmo horário, na sala Deputada Sarita Baracat, 202, a reunião ordinária é com os deputados da Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transportes.

Às 17 horas, de acordo com o Regimento Interno, tem sessão ordinária no Plenário das Deliberações.

Leia mais:  Indicação de Max Russi reacende esperança de comunidade escolar de Barra do Garças

Quinta-feira (11)

Às 8 horas, horário regimental, mais uma sessão ordinária.

Às 14 horas, os deputados que compõem a CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal voltam a se reunir pela segunda vez na semana. A reunião está marcada para acontecer na sala das comissões Deputados Oscar Soares, 201.

A Assembleia Legislativa, por intermédio do deputado Valdir Barranco (PT), realiza audiência pública para discutir o Brasil e Seguridade Social: o que propõe o governo federal para a Previdência. O evento começa às 14 horas, no Plenário das Deliberações deputa Renê Barbour.

Sexta-feira (12)

A Assembleia Legislativa, em parceria com o Senado Federal e a Câmara Municipal de Cuiabá, realiza sessão especial para comemorar os 300 anos de fundação de Cuiabá. As homenagens, solicitadas pelo deputado e presidente Eduardo Botelho (DEM), à Capital mato-grossense estão previstas para começar às 9 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

À tarde, às 14 horas, a Assembleia Legislativa, por intermédio do deputado Wilson Santos (PSDB), realiza sessão especial para comemorar os 76 anos de fundação do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

Durante a comemoração, o parlamentar fará a entrega de moção de aplauso às pessoas que contribuíram com a Instituição de Ensino, e também aquelas que hoje buscam manter a tradição e a qualidade de ensino aos jovens mato-grossenses. O local das homenagens é auditório do IFMT – Campus São Vicente. Localizado na BR 364, no KM 86, na Serra de São Vicente, no Município de Cuiabá.

Comentários Facebook
publicidade

Política

HMC fecha trimestre com 6,3 mil atendimentos de urgência e 100% de ocupação das UTIs, 60% são do interior do Estado

Publicado

por

Segundo secretário de Saúde, não fosse o HMC sistema já teria colapsado por conta da pademia

As ações de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) delineadas pela Prefeitura de Cuiabá fez com que o Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, Dr. Leony Palma de Carvalho, que já era referência em atendimentos de média e alta complexidade para os 141 municípios de Mato Grosso, se tornasse a principal ‘fonte desafogadora’ do Sistema Único de Saúde – SUS mato-grossense no atendimentos à outras doenças.

Apenas nos meses de março, abril e maio o HMC atendeu 6.330 pessoas na urgência e emergência e fechou com 100% da capacidade de lotação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e ainda 2.098 cirurgias de média e grande complexidade. Os dados dão conta de que, no contexto geral, os atendimentos à pacientes de pessoas residentes de outros municípios do Estado chega a 60%.

Segundo o diretor geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECS) que administra o HMC, Alexandre Beloto a crescente se dá ao fato de a unidade está atuando em reforço à todas as medidas de enfrentamento a Covid-19, adotadas pelo prefeito.

Leia mais:  Max Russi e prefeita cobram repasses para hospitais de São Félix do Araguaia e Barra do Garças

“Dentro do plano de enfrentamento ao novo vírus, o prefeito Emanuel Pinheiro optou por deixar o HMC como suporte às outras enfermidades para que os infectados pela Covid-19, não tenha contato contado com outros doentes. Embora nossa demanda tenha aumentado consideravelmente, pois estamos recebendo um percentual altíssimo de não residentes de Cuiabá, estamos, com muito esforço e dificuldade, mantendo o mesmo padrão de acolhimento humanizado que é premissa da gestão atual à todos que buscam nossos atendimentos”, enfatizou Beloto.

Esse desempenho, segundo o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho, aliado ás frentes de trabalho adotadas no combate à pandemia, incluindo o isolamento social, foram os responsáveis pelo não colapso do sistema de saúde até então.

“Esse é o maior reflexo de que Cuiabá sozinha acolhe a maior parcela dos enfermos do estado inteiro. Não fosse essa organização do prefeito Emanuel Pinheiro, a Capital, que já está penalizadas por esse acréscimos intenso nos atendimentos, e está atuando com pouco ou quase zero de respaldo do governo estadual, o sistema de saúde já teria colapsado. Esses números mostram que todos os esforços da gestão estão dando certo e vidas estão sendo salvas, mas, mostram também, que o governo de Mato Grosso precisa olhar com mais carinho para a Saúde, pois sozinha, Cuiabá não dará conta de 141 municípios. Os esforços precisam ser conjuntos, para juntos, saímos dessa pandemia com o menor impacto possível”, finalizou Pôssas.

Leia mais:  A melhor história de Cuiabá será contada em sala de aula

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana