conecte-se conosco


Política

Transporte intermunicipal foi debatido em audiência público

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

Cumprindo sua primeira agenda como deputado estadual João Batista (Pros) esteve, na última quinta-feira (07), em audiência pública realizada na cidade de Santo Antônio do Leverger, que teve como objetivo debater melhorias no transporte intermunicipal da cidade.

Único parlamentar representando a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), João Batista disse que ‘não poderia deixar de responder o convite feito pela Câmara Municipal’. “É minha obrigação como parlamentar ouvir e receber as reivindicações da população. Já estive na Ager, para realizar um estudo de como a referida agencia atua dentro do estado”, destacou.

Batista afirmou ainda que ‘agora como deputado cobrará efetivas ações do poder público’, mantendo uma linha direta com todos os munícipes e vereadores para discutir e apontar soluções que atendam as demandas solicitadas pela comunidade santo-antoniense.

Durante as deliberações, Fábio Calmon presidente da Agencia Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager), explica que agencia de natureza autárquica é responsável por fiscalizar e regulamentar contratos públicos. “Nosso objetivo é alinhar as reclamações dos usuários com a empresa que detém um contrato de 20 anos para atuar no transporte intermunicipal”, justificou.

Leia mais:  Maluf defende redução da máquina pública e participação dos Poderes

O diretor-geral do Consórcio Metropolitano Transportes (CMT), Ricardo Lopes, empresa responsável pela linha Santo Antônio/Cuiabá, pontua que após a autorização da Ager, novos horários serão estabelecidos e cinco novos ônibus serão entregues.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
publicidade

Política

João Batista apresenta requerimento em defesa dos serviços públicos

Publicado

por

Foto: Marcos Lopes

O deputado estadual João Batista (Pros), considerado o porta voz do funcionalismo público dentro da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), apresentou durante a sessão vespertina desta última terça-feira (19), a criação da “Frente Parlamentar em Defesa dos Serviços Públicos”, criado em parceria com o Fórum Sindical, a proposição já conta com a assinatura de 10 deputados e entra na pauta dos trabalhos legislativos.

De acordo com o parlamentar, durante sua fala na tribuna, é preciso que os servidores públicos participem das discussões e sejam incluídos nas tomadas de decisões. “A luta do atual governo para retirada de direitos dos trabalhadores do serviço público é clara, taxando, de um modo geral, o servidor como principal vilão do déficit registrado dentro do orçamento do Estado de Mato Grosso”, disse o deputado.

Batista expôs ainda um rombo no valor de quase R$ 4 bi, que seriam oriundos de renúncia fiscal, onde o Estado abre mão de receita. “São situações como esta que acaba precarizando a prestação de serviços públicos de qualidade para a sociedade”.

Leia mais:  Autoridades prestigiam cerimônia de posse do governador e seu vice realizada pela AL

De acordo com a proposição, a Frente Parlamentar irá debater temas como o plano de saúde ofertado aos servidores públicos (MT Saúde), avaliar e discutir com os setores da Segurança Pública e Educação. “O Poder Executivo afirma existir excesso de funcionários públicos, mas só para exemplificar, existe um déficit no batalhão da Polícia Militar de cerca de 3000 trabalhadores e na educação, quase 50% dos professores são contratados temporariamente”.

“Iremos também assegurar a discussão das diretrizes do Plano de Cargos e Carreiras e Salários (PCCS) de cada categoria, inclusive matérias orçamentárias. Assegurando o planejamento de pautas e reivindicações junto ao Fórum Sindical”, finalizou o deputado.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana