conecte-se conosco


Polícia

Traficante de anabolizante e comércio de medicamentos controlados é preso na capital

Publicado

 

Assessoria | PJC-MT

Um homem suspeito de traficar anabolizantes e comercializar medicamentos controlados foi preso na manhã desta segunda-feira (11.02), em ação conjunta desencadeada pela Delegacia Especializada do Consumidor (Decon), Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), e Vigilância Sanitária de Cuiabá (Visa).

A prisão do suspeito, Jonnhy Herbert Brandao Santana, 32 anos, ocorreu no bairro Altos da Serra I, em Cuiabá, após denúncia de suposto comércio de medicamentos controlados, anabolizantes, além do uso de carimbo médicos para autenticar receituários.  

Durante a averiguação, os investigadores da Decon constaram a procedência das informações recebidas e foi montada a ação realizada nesta segunda-feira. No local, foram encontraram medicamentos e produtos de interesse da saúde (medicamentos da lista C5), receitas, carimbos médicos.

A Vigilância Sanitária lavrou termo de apreensão referente aos produtos encontrados na residência. O suspeito foi conduzido à Delegacia de Entorpecentes (DRE) e deverá ser autuado em crimes contra a incolumidade pública dentro do Artigo  273 § 1º E 1º “B” do CPB – Falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais -, e tráfico de ilícito de drogas.

Leia mais:  Polícia Civil prende professor de escolinha de futebol por abuso sexual de alunos

Os medicamentos e anabolizantes estão elencados na portaria 344/98 da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), sendo considerado como entorpecentes. 

Ele será apresentado em audiência de custódia.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeito de matar com golpe de faca mulher em Confresa

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

O homem que matou a ex-mulher, Daiane Oliveira Barbosa, 30, por não aceitar o fim do relacionamento, foi preso na cidade de Santa Terezinha (1.312 km a Nordeste), pela Polícia Civil, no último sábado (20.07). O suspeito  Gideon Silva de Moraes, 25 anos, estava com mandado de prisão temporária (30 dias) decretado pela Justiça de Confresa (1160 km a Nordeste), local do crime.  O suspeito responderá por feminicídio. 

Após o crime, o suspeito ficou escondido em uma comunidade rural, a 40 km da zona urbana do município de Santa Terezinha, mas acabou descoberto e quase foi linchado por populares, que acionaram a Polícia Civil para sua condução. O preso foi encontrado com vários hematomas decorrente de agressões praticadas por populares e amarrado com uma corda.

O delegado de Confresa, Allan Vitor Sousa da Mata, informou que o preso foi levado para Delegacia e confessou a autoria do crime, dando detalhes da morte motivada por ciúmes e por não aceitar o fim do relacionamento.

Vitima e suspeito tinham um relacionamento amoroso e haviam terminado há cerca de uma semana. Ela era ameaçada e agredida pelo companheiro, segundo informações de seus familiares, que narram também que ela era mantida frequentemente em cárcere privado enquanto morava com o suspeito.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito logo após homicídio em Alto Araguaia

Dias antes, a vítima tinha comparecido na Delegacia para pedir apoio na retirada de pertences, mas desistiu de registrar o boletim de ocorrência e pedir medidas protetivas.

A faca usada no crime foi encontrada próximo ao muro lateral da casa da vítima. O objeto estava com manchas de sangue e foi encaminhado à perícia na Politec.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana