conecte-se conosco


Carros e Motos

Toyota anuncia que fará veículo de seis rodas para ser enviado à Lua

Publicado

veículo Toyota na Lua arrow-options
Divulgação

Modelo de seis rodas da Toyota terá cabine pressurizada para ajudar nas missões dos astronautas a bordo

A Toyota anuncia que vai começar o desenvolvimento de um veículo de seis rodas para ser levado à Lua. Ainda conforme a marca japonesa, a fabricação dos primeiros componentes da versão conceitual vai começar no ano que vem para que os testes se iniciem a partir de 2021.

LEIA MAIS: Toyota mostra protótipo, no Salão de Tóquio, que valoriza ocupantes

Conforme as primeiras informações, o modelo lunar terá 6 metros de comprimento por 5,2 m de largura e 3,8 de altura. E será movido por células a combustível que usarão energia solar para ter as baterias recarregadas com ajuda de um painel removível, tudo para a missão do veículo na Lua.

Espera-se que os astranautas que estiverem a bordo do veículo da Toyota consigam operá-lo por seis semanas e que rodem cerca de 1.000 quilômetros. A cabine será pressurizada, o que vai ajudar nos trajes usados durante a operação.

Veículo Toyota na Lua arrow-options
Divulgação

Painel solar removível ajudará a recarregar as baterias das células a combustível do modelo da Toyota

Leia mais:  Fiat Argo 1.0 Drive surge com descontos de até R$ 6,6 mil nas concessionárias


Mais detalhes sobre o modelo da Toyota que será enviado até a Lua podem ser acessados pelo vídeo abaixo. A ideia é explorar áreas polares do solo lunar , o que inclui informações sobre a existência de água congelada no local. O novo veículo também deverá contribuir com o projeto de novos métodos de transporte para cobrir a superfície de outros planetas.

LEIA MAIS: Toyota apresenta híbrido conceitual que mistura jeitos de SUVs e vans



Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Laboratório afirma ter remédio contra Covid

Publicado

por

pcional e pode salvar vidas após ser aprovado pela agências reguladoras. Nós estamos trabalhando dia e noite para que esse produto seja aprovado e disponibilizado ao público”, disse Henry Ji em comunicado aos investidores.

Os testes foram conduzidos em laboratório, com o vírus in vitro. Agora, a Sorrento pretende pedir aos agentes reguladores da saúde nos Estados Unidos prioridade na liberação do medicamento, para que o remédio chegue o mais rápido possível à população.

De acordo com o laboratório, a fábrica em San Diego tem capacidade para produzir 200 mil doses do medicamento por mês. Antes mesmo da aprovação da droga, a Sorrento vai produzir 1 milhão de doses.

O anúncio foi bem recebido na bolsa Nasdaq, onde a empresa é listada. As ações da Sorrento estavam em alta de 161% na bolsa americana de tecnologia.

Comentários Facebook
Leia mais:  Ford F-150 será a primeira picape elétrica produzida em massa
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana