conecte-se conosco


Agricultura

Tereza Cristina vai a Bahia e Pernambuco na terceira etapa de sua viagem ao Nordeste

Publicado

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) embarcará na segunda-feira (15) para Juazeiro (BA) e Petrolina (PE) na terceira etapa de sua viagem ao Nordeste brasileiro. Para conhecer de perto as necessidades dos produtores rurais da região, desde fevereiro, a ministra tem percorrido os estados nordestinos. Com esta fase da missão, faltará apenas visitar o Maranhão.

Na manhã de segunda, no Sindicato Patronal Rural de Petrolina, terá encontro com lideranças ligadas à produção de cana-de-açúcar, frutas e ainda da avicultura e pecuária.

No município vizinho de Juazeiro (BA) irá à Estação de Bombeamento Principal e à Fazenda Special Fruit no Distrito de Irrigação de Maniçoba. A Special Fruit produz frutos com baixa utilização de agroquímicos. E, no Auditório Maniçoba, acompanhará apresentação da Codevasp sobre irrigação, energia fotovoltaica e inovações. O Banco do Nordeste (BNB) tambémvai apresentar dados sobre a concessão de crédito para investimentos em energia fotovoltaica.

No mesmo, dia, irá ao Centro de Excelência em Fruticultura, onde se reunirá com produtores do setor, quando haverá assinatura de financiamento entre o BNB e a Miolo para expansão das atividades do grupo na região.

Leia mais:  Em Minas, Tereza Cristina dá início à campanha nacional de vacinação contra febre aftosa

Na terça-feira (!16), Tereza Cristina irá ao município de Sinop (MT) para a Feira do Agronegócio Norte Show 2019, onde vai participar do painel “Futuro do Agronegócio”.

Serviço:

Data: Segunda-feira – 15 de abril Reunião com lideranças de produtores rurais
Horário: 9 horas
Local: Sindicato Patronal Rural de Petrolina (Endereço: R. Barbosa Lima, 190 – Centro, Petrolina)

Visita à Estação de Bombeamento Principal e a Fazenda Special Fruit
Horário: 14h30
Local: Distrito de Irrigação de Maniçoba (Juazeiro – BA – Submédio São Francisco)

Apresentação da Codevasp sobre irrigação e inovações e do BNB sobre financiamento de energia fotovoltaica
Horário: 16 horas
Local: Distrito de Irrigação de Maniçoba (Juazeiro – BA – Submédio São Francisco)

Reunião com produtores de frutas e assinatura de financiamento entre o Banco do Nordeste e a Miolo
Horário: 17 horas
Local: Centro de Excelência em Fruticultura (loteamento Centro Industrial São Francisco, n. º 992, lote 12 a 15, quadras Q – I – D, João Paulo II – Juazeiro – BA)

Leia mais:  Ministra assina no Palácio o Termo de Compromisso com a Integridade Pública

Data: Terça-feira – 16 de abrilParticipação do Painel “Futuro do Agronegócio” na Norte Show 2019
Horário: 16 horas
Local: Norte Show 2019 -Tatersal da Acrinorte, Norte Show 2019- Sinop (MT)

 

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

 

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
publicidade

Agricultura

Brasil recorre à OMC contra barreira da Indonésia ao frango brasileiro

Publicado

por

O Brasil vai acionar a Indonésia na Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra, na Suíça, para contestar as barreiras criadas pelo país para dificultar a importação de carne de frango. Ontem (13), o governo brasileiro circulou em Genebra um pedido de painel contra a Indonésia. O pedido será examinado no Órgão de Solução de Controvérsias (DSB), em reunião prevista para o próximo dia 24 de junho.

A divergência com a Indonésia tem cinco anos. Em 2017, o país ganhou uma disputa contra aquele país na OMC, e os juízes deram prazo até junho do ano passado para os indonésios eliminarem as barreiras contra o frango brasileiro. Até hoje, porém, o país asiático não autorizou as exportações brasileiras. A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) visitou a Indonésia no mês passado, e a exportação de carnes foi um dos temas da conversa. Na ocasião, a ministra pediu uma reposta ao governo indonésio sobre a missão técnica daquele país que visitou frigoríficos no Brasil em  abril de 2018.

O DSB terá de examinar se os indonésios implementaram as determinações da OMC, além de tentar descobrir se o país continua violando o Acordo SPS (sobre barreiras sanitárias e fitossanitárias), ao atrasar, sem justificativa, o reconhecimento sanitário dos exportadores brasileiros. Pelas regras da OMC, os países não podem retardar indefinidamente a concessão das autorizações sanitárias. O órgão não identificou motivos para a demora na conclusão dos procedimentos.

Leia mais:  Brasil exportará arroz beneficiado para México, anuncia ministra Tereza Cristina

Na viagem, Tereza Cristina disse ao  ministro da Agricultura da Indonésia, Amran Sulaiman, que o Brasil tem condições de suprir a demanda por proteína animal dos indonésios, principalmente de carne bovina, sendo um fornecedor alternativo e com preços mais baratos em relação à carne da Austrália, de onde vem a maior parte da carne consumida no país. A Indonésia tem 264 milhões de habitantes e pode representar um importante mercado para as exportações brasileiras.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana