conecte-se conosco


Esportes

Tênis de mesa do Brasil confirma presença na Olimpíada de Tóquio 2020

Publicado

O tênis de mesa  brasileiro assegurou presença ano que vem nos jogos olímpicos de Tóquio, no Japão. Na noite deste domingo (27) e na madrugada de hoje (28) as equipes feminina e masculina venceram, respectivamente, confrontos de duplas e individual da última rodada do Pré-Olímpico Latino de Equipes, realizado em Lima, no Peru.

Nesta madrugada, a seleção masculina superou a Argentina por 3 a 2, carimbando o passaporte rumo a Tóquio. Porém, não teve vida fácil diante dos hermanos. Começou perdendo a primeira partida de duplas. Horácio Fuentes e Gaston Alto bateram os brasileiros Vitor Ishiy e Gustavo Tsuboi por 3 a 2 (11/6, 16/18, 9/11, 11/9 e 11/5). Mas em seguida, no duelo individual, Hugo Calderano – sexto melhor mesa-tenista do mundo – venceu com sobra o argentino Pablo Tabachnik por 3 a 0 (11/7, 11/4 e 11/7). Na terceira partida do dia, outro revés brasileiro: Gustavo Tsuboi foi derrotado por Horácio Cifuentes por 3 a 1 (7/11, 13/11, 18/11 e 9/11), difultando a trajetória da seleção rumo a Tóquio.

O Brasil ficou na dependência de duas vitórias seguidas para assegurar a vaga nos Jogos de 2020. E foi exatamente o que aconteceu. Hugo Calderano despachou Gastón Alto – número 108 no ranking mundial – por 3 a 0 (11/3, 11/7 e 12/10) e, na sequência, coube a Vitor Ishiy atropelar Pablo Tabachnik também por 3 a 0 (11/6, 11/4 e 11/6), garantindo definitivamente a presença do time masculino em Tóquio.

Leia mais:  Vídeo: Judoca esquece celular no kimono, deixa cair na luta e é eliminado

Classificação feminina

Na noite deste domingo (27) o percurso das mesa-tenistas brasileiras rumo a Tóquio 2020 começou com a vitória da dupla Caroline Kumahara e Jessica Yamada sobre as porto-riquenhas Melanie Diaz e Daniely Rios por 3 a 1 (12/10, 8/11, 12/10 e 11/9). Na sequência vieram os embates individuais entre as duas melhores atletas da América Latina: Bruna Takahashi ganhou com sobra de Adriana Diaz por 3 a 0 (11/8, 11/8 e 12/10). Depois, no último duelo individual, Carolina Kumahara venceu Melanie Diaz de virada por 3 a 1 (7/11, 12/10, 11,1, e 11/9), confirmando a presença das brasileiras no Japão, em 2020.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze estarão em Tóquio 2020

Publicado

por

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze garantiram, no último final de semana, a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A vaga, em Tóquio, na disputa da classe 49er FX de vela, foi garantida no mundial realizado em Geelong (Austrália).

As brasileiras, que ficaram com o ouro nos Jogos do Rio (2016), carimbaram o passaporte para Tóquio ao terminarem o mundial na 12ª posição.

Além de Martine e Kahena, o final de semana também foi de classificação olímpica para Marco Grael e Gabriel Portilho. Eles defenderão o Brasil na classe 49er ao encerrarem o Mundial de Geelong na 13ª posição.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Leia mais:  Homens que fazem segurança de jogadores do Real trabalham em condições precárias
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana