conecte-se conosco


Polícia

Tamoio II: PRF apreende veículo adulterado em Sorriso/MT

Publicado

Semirreboque possuía adulteração e supressão de elementos identificadores

Na sexta-feira (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um semirreboque que estava com sinais de adulteração e supressão dos elementos identificadores do veículo, durante a Operação Tamoio II, em Sorriso.

Em fiscalização na BR-163, a equipe abordou o veículo Volvo/FH12 4x2t, de cor branca e placas de Sorriso, ao qual estava atrelado o semirreboque SR/Rodokinho PR0 3E, com placas do mesmo município. O condutor, de 54 anos, entregou aos policiais a CNH e os documentos referentes aos veículos.

Ao fazer a fiscalização minuciosa no semirreboque, os PRFs encontraram supressão de elementos identificadores do veículo e outros que estavam adulterados.

Os policiais constataram também que o semirreboque foi faturado por um preço incompatível com o tipo de veículo e que a empresa responsável pelo faturamento foi investigada em operação de combate a fabricação clandestina de semirreboques.

A ocorrência foi encaminhada para Polícia Civil de Sorriso.

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil inicia curso de Operações Táticas Especiais (COTE) para 21 policiais
publicidade

Polícia

Sistema penitenciário possui 91 servidores positivos para Covid-19

Publicado

por

Um novo balanço elaborado em conjunto pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e a Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária aponta que existem 91 servidores do sistema penitenciários de Mato Grosso contaminados com coronavírus.

Os dados, demonstram que houve um aumento de 30% dos casos em apenas quatro dias. Até o momento foi confirmada uma morte.

Um primeiro balanço atualizado até o dia 30 de junho, apontava que o estado tinha 70 servidores acometidos pela doença.

Quatro dias depois, em 4 de julho, a Sesp divulgou um novo levantamento que apontava mais 21 novos casos. Ou seja, o número de infecções chegou a 91.

A unidade que mais apresentou servidores com Covid-19 é a Penitenciária Central do Estado (PCE), localizada em Cuiabá, com 14 casos. Em segundo lugar vem à unidade de Várzea Grande com 13 e, em seguida, a Cadeia Pública de Alta Floresta (800 km de Cuiabá) com sete.

Em relação aos casos suspeitos, até o dia 30 de junho, haviam 127 casos. Quatro dias depois, o número de servidores que apresentaram os sintomas da doença subiu para 136. Isso quer dizer que houve um aumento de pouco mais de 7%.

Leia mais:  Casal é preso em Jaciara por homicídio ocorrido em Cuiabá

Por outro lado, 170 servidores testaram negativo para a doença. Os dados apresentam um aumento de 29% de redução em relação ao levantamento do mês passado. No fim do mês de junho, 131 servidores, que estavam com suspeitas, não tiveram a doença confirmada.

Por outro lado, 30 servidores foram curados pela doença.

Detentos

Em relação aos detentos, o levantamento aponta que Mato Grosso possui 145 presidiários com Covid-19. A unidade que mais apresenta números é a Cadeia Pública de Alta Floresta com 65 casos, seguida pela Cadeia Pública de Diamantino (200 km de Cuiabá) e Cáceres (240 km a Oeste) com 13.

Ao todo, duas mortes foram registradas. O número de mortes se mostrou inalterado em relação ao último levantamento.

por: Hipernoticia

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana