conecte-se conosco


Entretenimento

“Tamanho Família” explora infância simples de Ivete Sangalo e Zezé di Camargo

Publicado

Com o final do “The Voice Kids”, as tardes de domingo serão ocupadas pela nova temporada de “Tamanho Família” – atração apresentada por Márcio Garcia. Para o programa de estreia da temporada foram escolhidos dois participantes bem conhecidos do público: os cantores Ivete Sangalo e Zezé di Camargo .

Leia também: Em alta como it girl, Bruna Marquezine é barrada em nova novela pela Globo


Ivete Sangalo e Zezé di Camargo participam do
Divulgação/TV Globo/Ellen Soares

Ivete Sangalo e Zezé di Camargo participam do “Tamanho Família”


A atração leva para o palco os familiares dos artistas e o programa costuma ser cheio de quadros que divertem e emocionam os convidados. Ivete levou para participar do “ Tamanho Família ” a irmã Cyntia, o irmão Ricardo e a cunhada Valéria. Já Zezé, decidiu levar a filha caçula Camila, que está grávida de Joaquim, o irmão Camarguinho e a mulher Graciele Lacerda.

Durante a atração, Márcio Garcia relembrará os encontros de Ivete e Zezé e também de suas famílias durante esses anos de carreira. “Construímos um carinho e admiração mútuos”. Além disso, como de costume, os convidados irão revisitar o passado e contar intimidades para mostrar que, no fundo, toda família é similar.

Ivete, por exemplo, vai dar detalhes da época em que vivia no interior da Bahia. “Sou uma mulher sertaneja e isso reverbera na minha vida como um todo. Juazeiro tem uma importância de dignidade na minha vida. Eu tenho uma memória de vida dessa fase da minha infância. Sabores, cheiros, gostos, abraços, músicas”, comentou a cantora.


Márcio Garcia e Ivete Sangalo
Divulgação/TV Globo/Ellen Soares

Ivete Sangalo é a primeira convidada de Márcio Garcia na nova temporada do “Tamanho Família”


A família do irmão de Luciano também vem do interior, só que de Goiás – estado oficial das duplas sertanejas. Foi lá que Zezé descobriu e construiu uma relação íntima com a música. “Eu tenho todos os momentos daquela época na minha memória. Além do radinho de pilha, que era nosso contato com o mundo, o resto era passeio para algum outro sítio a uns 30 km de casa”, falou o sertanejo.

Leia mais:  Encontro de musas! Gracyanne Barbosa e Dani Sperle brilhamem ensaio de Carnaval

Apesar do pai da dupla ter ficado muito conhecido, principalmente após o filme “Dois Filhos de Francisco”, Zezé ressaltou que a mãe também foi uma grande incentivadora. “Lembro dela lavando roupa na beira do rio e cantando. Ela cantava e eu procurava a nota que casava com a voz dela no acordeom. Demorava uma semana para tirar uma música”, lembrou.

Ivete também comentou sobre a relação da família dela com a música e contou que ela e os irmãos aproveitavam muito junto com os pais. “A música era dele [do pai] que fazia saraus em lá casa, comprava instrumentos. Mas ‘mainha’ era suingue. Minha mãe cantava e batucava o tempo todo. Tive orgulho de ter conseguido dar algumas coisas pra ela, que chegou a viver um pouco da minha realidade de cantora.”

O “Tamanho Família” vai ao ar aos domingos sempre depois do “Esporte Espetacular”. O programa possui direção geral de Bernardo Portugal e redação final de Elbio Valente.

  • Inscrições abertas para o 29º Cine Ceará

cena do filme Petra
Divulgação/Film Factor

“Petra” foi o filme vencedor do festival em 2018

Estão abertas as inscrições para o Cine Ceará, um festival Ibero-americano de cinema que está na sua 29ª edição. O evento acontecerá em setembro deste ano em Fortaleza, no Ceará. As inscrições são gratuitas podem ser feitas até dia 31 de maio pelo website do festival.

Leia também: Entenda os boatos envolvendo Jennifer Aniston e George Clooney

Vale ressaltar que pode participar da Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem os filmes de produtores ou diretores de países da América Latina, Caribe, Portugal e Espanha nos gêneros de animação. Os curtas cearenses que forem inscritos, mas não selecionados serão submetidos à comissão de seleção da Mostra Olhar do Ceará.

  • Artistas de Alagoas ganham espaço

Pintura do mural “À lagoas”
Divulgação

Parede na Matilha Cultural com a pintura “À lagoas” do artista local Heway Verçosa

O Nordeste brasileiro encanta por sua beleza natural e também por ser um berço cultural do país. A região foi a primeira a ser colonizada pelos portugueses e possui em sua história uma forte influência indígena, africana e europeia, que faz com que essa região do país some tradições, ritmos musicais e estilos literários únicos.

Leia mais:  Jessica Meira eleva temperatura ao posar sexy para a Bella da Semana

Sabendo disso, a Matilha Cultural resolveu elaborar uma programação especial dedicada ao Nordeste, que começa no dia 25 de abril e se estende ao longo de nove meses. O bacana é que a cada trinta dias um estado será homenageado e o primeiro deles é o Alagoas . As curadoras do projeto são Lili Buarque e Larissa Lisboa.

A programação contará com atrações variadas envolvendo cinema, música, literatura, dança e entre outros tipos de manifestações artísticas. Para a estreia de Alagoas, um mural chamado “À lagoas”, do artista local Heway Verçosa, de 29 anos, foi pintado. O Matilha Cultural fica na Rua Rêgo Freitas, 542, na República, centro de São Paulo. As atrações estarão sempre disponíveis das 18h às 22h30.

  • Marcela Monteiro muda visual e celebra nova fase da carreira

Marcela Monteiro
Divulgação

Marcela Monteiro muda o visual para celebrar nova fase da carreira

Com o fim do “Vídeo Show”, a repórter Marcela Monteiro foi transferida para o programa semanal “É de Casa”, no qual realiza links ao vivo e gravações externas. Para celebrar essa nova etapa da sua vida profissional, ela resolveu radicalizar no visual e cortar os fios ao estilo long bob .

“Adorei o novo visual e estou muito feliz com o resultado! Estava ansiosa para fazer algo diferente no cabelo e senti que precisava da mudança, até para celebrar meu novo momento na TV Globo. Acho que colabora muito para eu me sentir e me ver de outra forma. Estou amando”, comentou Marcela que teve o cabelo cortado por Tiago Parente.

Leia também: Ancine contesta TCU e tenta evitar suspensão de contratos no audiovisual

A nova repórter do “ É de Casa ” disse ainda que a atração tem proporcionado ótimas experiências para ela. “O programa me coloca no lugar que mais amo estar: perto do público! Sem falar que é uma honra estar ao lado de colegas tão incríveis como Ana Furtado, Patricia Poeta, Zeca Camargo, Cissa Guimarães e André Marques.”

  • Família de mais famosos

Além de Ivete Sangalo e Zezé di Camargo, a nova temporada do “ Tamanho Família ” vai receber outros nomes de peso como o ator Caio Castro, a cantora IZA, a jornalista Poliana Abritta, o cantor Junior Lima, o humorista Leandro Hassum, a cantora Simaria, do dupla com Simone, e o ator Thiago Martins.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Filósofo esloveno vê antifeminismo em desfecho de Daenerys em “Game of Thrones”

Publicado

por

Slavoj Žižek, prestigiado filósofo esloveno, aproveitou o final de “Game of Thrones” para fazer uma crítica reflexiva, em sua Coluna no Blog Boi Tempo , sobre a última temporada da série e deixou claro a insatisfação, principalmente, com o desfecho de Daenerys (Emilia Clarke).

Leia também: George R. R. Martin fala sobre desfecho da série de livros de “Game of Thrones”


Game of Thrones
Divulgação

Daenerys em “Game of Thrones”

O pensador ressalta que a indignação pelo fim decepcionante de ” Game of Thrones ” é além do enredo ruim, mas também pela psicologia ruim, que transforma a personagem de  Emilia Clarke em Rainha Louca e, segundo ele, não se justifica em termos da trajetória da personagem.

Leia também: Os problemas com Bran, o quebrado, como Rei ao fim de “Game of Thrones”

filósofo  diz ainda que os espectadores insatisfeitos têm um problema com embate do conflito interno entre Daenerys e os Stark. “Ela combina a rejeição de uma transformação radical com um velho tema antifeminista verificado nas obras de Hegel, Schelling e Wagner”, escreve ele. 

Leia mais:  Roberta Miranda diz que “dá tristeza” observar crueldade com Marquezine na web

Slavoj ainda fez questão de criticar a postura que foi dada a personagem em seu diálogo com Jon Snow (Kit Harington). Segundo ele, o ponto mais baixo do diálogo é o momento em que a Mãe dos Dragões diz a Jon que se ele não consegue amá-la enquanto rainha, que reinaria o medo, classificando como um arquétipo embaraçosamente vulgar da mulher sexualmente insatisfeita que explode em fúria destrutiva.

Insatisfeito com o desfecho da personagem, principalmente com as explosões assassinas dela, ele reflete que tais ações são justificáveis quando o enredo é escrito por dois homens. “Rainha tresloucada é rigorosamente uma fantasia masculina”, garante Žižek.

Leia também: Como fica o hábito de ver séries depois do fim de “Game of Thrones”?

Ele ainda faz uma ponte entre Cersei (Lena Headey) e Daenerys, observando que, na série, ainda que a boa vença, o poder corrompe a mulher. Slavoj ainda cita o desaparecimento de Arya (Maisie Williams) e a permanência de Sansa (Sophie Turner), concluindo que marginalização das mulheres é um momento chave da lição liberal-conservadora geral do último episódio de ” Game of Thrones “.

Leia mais:  A eterna esnobada do pop! Katy Perry segue sem vencer o Grammy

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana