conecte-se conosco


Cidades

II Seminário de Educação supera número de inscrição em Cuiabá

Publicado

 

Mais de 1.600 profissionais da rede pública municipal de Cuiabá já fizeram suas inscrições para o II Seminário de Educação e III Seminário Integrador da Rede Municipal de Cuiabá. O evento, voltado para professores, Técnicos de Desenvolvimento Infantil (TDI) e demais profissionais – da Educação Infantil ao Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA/Campo) -, além de gestores e assessores da Secretaria Municipal de Educação (SME), tem como tema a Educação Básica como direito.

Nesta segunda-feira (26), empresas de tecnologia estão apresentando soluções desenvolvidas para aperfeiçoar o processo ensino aprendizagem, o Educação 4.0 e Cultura Maker.

De acordo com o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, a intenção é mostrar aos profissionais as inúmeras possibilidades que a tecnologia oferece. “São plataformas que reúnem diferentes ferramentas educacionais gratuitas que facilitam o dia a dia dos professores e dos alunos, dentro e fora das salas de aula, a qualquer hora e utilizando qualquer um dos dispositivos móveis conectados à internet”, explicou.

A palestra ‘Mão na massa’, vai demonstrar soluções para a Educação 4.0, que permitem a disponibilidade de conteúdo incluindo livros, trabalhos, documentos e outros e, a maior interação entre professores e alunos, durante o desenvolvimento das atividades escolares e outras atividades.

Leia mais:  SUGESTÃO DE PAUTA – Prefeitura homenageia Corumbá com monumento em alusão a cultura pantaneira

Além da palestra, serão realizados dois workshops sobre Robótica e Wood Robótica.

Na terça-feira (27), a partir das 07h30, tem início o credenciamento dos participantes. Após uma apresentação cultural, às 9h, a psicóloga e psicanalista, Profª. Drª Viviane de Souza Mosé fará a primeira palestra do evento com o tema ‘Os desafios dos Educadores na construção de uma escola democrática e humana na contemporaneidade’.

No período da tarde, às 14h, acontece a mesa redonda sobre Política da Educação do Campo: Diálogos para construção da proposta curricular. A mesa redonda terá a presença de diretores e coordenadores de escola do campo, que irão abordar questões ligadas às escolas da terra e relatos de experiências.

A segunda mesa redonda, também às 14 horas, terá como tema as Práticas curriculares diferenciadas em unidades educacionais da Rede Pública Municipal de Ensino com a participação de profissionais das EMEB’s Maria Eunice Duarte Barros, Silva Freire, Antonia Tita Maciel de Campos e Agostinho Simplício de Figueiredo.

O II Seminário de Educação e III Seminário Integrador prossegue até o dia 29, no Hotel Fazenda Mato Grosso.

Leia mais:  Ação de abordagem social das famílias venezuelanas é realizada em Cuiabá

 

Inscrições

Os profissionais da rede pública municipal de Cuiabá que ainda não fizeram suas inscrições para as palestras podem acessar o link, https://goo.ggl/forms/SLBcUM2VwWMcDwae2

Para os demais profissionais, de instituições de Ensino, públicas e particulares, de Cuiabá e da Baixada Cuiabana, as inscrições podem ser feitas pelo link, https://goo.gl/forms/lT6f6Sr76A99T6P92

 

Serviço

II Seminário de Educação da Rede Municipal e III Seminário Integrador da Rede Municipal de Cuiabá

Data: 26 a 30 de novembro

 

Local: Hotel Fazenda Mato Grosso

 

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Ação de abordagem social das famílias venezuelanas é realizada em Cuiabá

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Agrotóxico contrabandeado é apreendido pela PRF em Rondonópolis/MT

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana