conecte-se conosco


Esportes

STJD marca julgamento do pedido de impugnação de Botafogo x Palmeiras

Publicado

jogadores do Botafogo cercam juiz
O Globo/Reprodução

Botafogo contesta a atuação do VAR no gol que deu a vitória ao Palmeiras

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) divulgou que a impugnação do resultado da partida entre Botafogo e Palmeiras, pela 06ª rodada do Campeonato Brasileiro, será julgada na próxima terça-feira (18), em Salvador.

Leia também: Chance de Botafogo x Palmeiras ser anulado é mínima, ressalta especialista

Derrotado por 1 a 0, o Botafogo indicou que o  VAR  , o assistente de vídeo, foi utilizado de forma incorreta na partida. A equipe se baseia na regra 5 da Fifa e no protocolo 8.12 do VAR, que alega que a decisão do árbitro não pode ser alterada após o reinício da partida.

O lance da reclamação aconteceu quando o goleiro Gatito soltou a bola na finalização do atacante Dudu, do Palmeiras . Gabriel, do Botafogo, pisou no tornozelo direito de Deyverson , do Palmeiras, que caiu no gramado. Primeiro, o árbitro Paulo Roberto Alves Junior deu cartão amarelo para o atacante alviverde por simulação. Depois, o juiz foi alertado pelo VAR e foi conferir as imagens, quando sinalizou o marcou o pênalti, que foi convertido por  Gustavo Gómez .

Leia mais:  Real cogita pagar R$ 1 bilhão para convencer PSG a liberar Neymar

Leia também: Palmeiras alcança a 3ª maior invencibilidade do Brasileirão; veja o top 10

O Botafogo alega que a partida já havia sido reiniciada depois que Deyverson recebeu o cartão amarelo. Gatito, então, dá a saída de jogo, toca a bola para Gabriel, que devolveu ao paraguaio antes que Paulo Roberto apitasse e paralisasse a partida para receber a ajuda do VAR.

Gustavo Gómez bate pênalti
Rudy Trindade / FramePhoto / Agência O Globo

Gustavo Gómez marcou o gol do Palmeiras de pênalti


O QUE DIZ A REGRA?

O protocolo do VAR informa que as decisões devem ser tomadas antes que a bola entre em campo novamente, porém, em um dos tópicos, ele afirma que um jogo, a princípio, não pode ser invalidado em quatro situações. Uma delas é ”em caso de revisão de uma situação/decisão não passível de revisão”, que seria o caso do lance reclamado pelo Botafogo .

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

No sufoco! Colômbia vence Catar e avança às quartas da Copa América

Publicado

por

Lance

zapata colômbia
Luis Moura / WPP / Agencia O globo

Zapata marcou o gol da vitória da Colômbia contra o Catar

Foi no sufoco, mas a Colômbia se garantiu antecipadamente nas quartas de final da Copa América.

Leia também:  STJD punirá gritos homofóbicos nos estádios brasileiros após a Copa América

Nesta quarta-feira (19), a Colômbia venceu o Qatar por 1 a 0, no Morumbi, em São Paulo, em confronto válido pelo Grupo B. O único gol da partida foi marcado por Zapata, aos 40 minutos.

Com o resultado, a equipe comandada por Carlos Queiroz fica na liderança, com seis pontos, em dois jogos disputados, e fica, no mínimo, na segunda colocação. Os qatáris amargam a derrota no fim e somam apenas um na competição, mas tem chances de avançar.

Na terceira e última rodada da primeira fase da Copa América, as seleções voltam a campo no domingo, às 16h (de Brasília). Em Salvador (BA), na Fonte Nova, a Colômbia enfrenta o Paraguai. No Rio Grande do Sul, na Arena do Grêmio, o Catar encara a Argentina.

Leia mais:  Valdiram, ex-atacante do Vasco, é encontrado morto com sinais de espancamento

IMPONENTE

A Colômbia fez valer o favoritismo no começo do jogo. Logo aos cinco minutos, o zagueiro Roger Martínez, em posição de impedimento, desviou, e o bandeirinha marcou a infração. Em seguida, James Rodríguez cabeceou sozinho dentro da área, mas foi para fora. Depois foi vez de Cuadrado, que parou na defesa do goleiro qatári.

Além disso, o atacante Zapata foi muito acionado pela esquerda. Os asiáticos, por sua vez, arriscaram menos, mas mostraram contra-ataques rápidos e que assustaram os defensores colombianos. 

​O panorama da segunda etapa não se alterou. Los Cafeteros pressionaram, enquanto os qatáris ficaram ainda mais recuados. Logo no início, o atacante Roger Martínez aproveitou a bola sobrada na grande área e chutou na marcação. O árbitro marcou pênalti no toque de mão. No entanto, o lance foi revisado pelo VAR e a penalidade foi anulada. Depois disso, James Rodríguez e Mina tiveram chances de balançar a rede. 

Parecia que a Colômbia iria fazer um gol só na semana que vem com tantas as chances desperdiçadas ao longo do jogo. Aos 40 minutos, houve a sintonia entre o toque de classe de James e bom posicionamento do ‘gigante’ Zapata.

Leia mais:  Generoso! Deyverson convida mulher que pedia dinheiro para jantar em restaurante

Leia também: CBF anuncia amistoso entre Peru x Brasil para o dia 10 de setembro, nos EUA

O camisa 10 da Colômbia lançou o atacante, que colocou no fundo da rede para encaminhar a classificação na competição. No final, o camisa 7 perdeu um gol inacreditável e alguns jogadores discutiram, mas o árbitro acalmou os ânimos. 

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana