conecte-se conosco


Esportes

Stephen Curry se torna o terceiro com mais bolas de três na história da NBA

Publicado


Stephen Curry se tornou o terceiro jogador com mais bolas de três na história
Reprodução

Stephen Curry se tornou o terceiro jogador com mais bolas de três na história

Um dos maiores jogadores da atual geração, Stephen Curry atingiu mais uma marca histórica em sua carreira nesta sexta-feira (11) ao se tornar o terceiro maior pontuador de bolas de três da história da principal liga de basquete dos Estados Unidos e do mundo.

Leia também: Astro do Warriors, Stephen Curry diz não acreditar que o homem já foi à Lua

O Golden State Warriors derrotou o Chicago Bulls por 146 a 109, e com as cinco bolas de três anotadas em 11 tentativas, Curry chegou a 2.285 em sua carreira, ultrapassando Jason Terry (2282). A média do armador, que soma 656 partidas, é de 3,47 bolas do perímetro por jogo.

Para se tornar o maior arremessador de três da história, Steph terá que ultrapassar ainda Ray Allen, que anotou 2.937 bolas em 1.300 jogos, com uma média de 2,25 por partida, e Reggie Miller, que em 1.389 aparições, anotou 2.560 bolas de três, uma média de 1,84 por partida. 

Leia mais:  Briga entre torcedores de CSKA e Roma antes de partida deixa três feridos

Leia também: Curry quer mudança em vendas de seus tênis após reclamação de menina de 9 anos

Outro feito do armador nesta temporada foi o de ter batido um recorde que já durava 22 anos na NBA, acertando cinco ou mais cestas de três pontos em seis partidas consecutivas. O recordista anterior foi George McColud, aposentado desde 2002, quando defendeu o Denver Nuggets.

Curry atingiu a marca em partida contra o New York Knicks, quando acertou seis arremessos em 10 tentativas, comandando a vitória dos Warriors.

Em fevereiro de 2013, Curry obteve seu melhor desempenho até hoje na NBA marcando 54 pontos contra o Knicks. Ele acertou 11 arremessos de três em 13 tentativas.

Confira alguns dos feitos de Curry em sua carreira

  • Em abril de 2014, marcou 47 pontos contra o Blazers com sete triplos;
  • No ano seguinte venceu pela primeira vez o prêmio de MVP e, em fevereiro, marcou 51 pontos contra o Mavericks sendo 10 cestas de três pontos em 16 tentativas;
  • Na noite de Halloween de 2015, Curry fez 53 pontos contra o Pelicans. É a segunda melhor marca de sua carreira;
  • Em fevereiro de 2016 marcou em dois jogos 51 pontos e, contra o OKC Thunder arremessou uma bola de três de nove metros para vencer a partida. Neste dia, ele fez apenas 46 pontos, mas seu desempenho é sempre lembrado pela última bola;
  • Ano passado ele bateu o recorde de cestas de três em uma única partida: 13 de 17 tentativas.
Leia mais:  Cantona volta a provocar Neymar nas redes sociais: “É igual a churrasco”

Leia também: Veja o vídeo do exato momento do acidente de carro do astro Stephen Curry

A carreira do armador, de 31 anos, é incrível até aqui, com direito a dois prêmios de MVP, dado ao melhor jogador da temporada. Será que em 2019 Curry fatura o troféu mais uma vez? Deixe sua opinião nos comentários.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Governo do Rio de Janeiro anuncia encerramento da concessão do Maracanã

Publicado

por


Maracanã (Brasil)
Divulgação

Maracanã (Brasil)

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou nesta segunda-feira (18) o rompimento do contrato de concessão do Maracanã com a Odebrecht, devolvendo a administração do estádio para as mãos do governo estadual.

Leia também: Estádio no Iraque tem superlotação e dezenas ficam feridos, diz imprensa local

“Estamos retomando o Maracanã , sem qualquer prejuízo das partidas de futebol ou aos clubes. Vamos nos próximos 30 dias ter uma intervenção no Maracanã, por meio da secretaria e da suderj, com uma comissão que estou constituindo, para fazer uma retomada. Estaremos modulando uma permissão de uso até que façamos então uma nova concessão por meio de parceria público privada”, anunciou Witzel .

O governador ressaltou ainda que, acordos entre a empresa e os clubes não serão considerados pela administração do estádio.

“Se a concessionária mantinha contrato com os clubes, esses contratos não tem efeito em relação ao estádio. Vou conversar com os clubes para que não aconteça o que houve no Fluminense x Vasco. Ficamos esperando a Justiça decidir com 30 mil querendo entrar, e a polícia no meio dessa história”, explicou o governador.

Leia mais:  Briga entre torcedores de CSKA e Roma antes de partida deixa três feridos

Leia também: Jogo feminino entre Atlético de Madri e Barça registra novo recorde de público

Witzel citou também as condenações da empreiteira na operação Lava-Jato como uma das razões para o encerramento da concessão.

“Manter uma empresa que foi condenada pela Justiça em primeira instância, ainda mais com descumprimento de contrato, não dá para manter, ainda mais com dívida”, disse.

O governador garantiu também que o estádio segue como uma das sedes da Copa América, que será realizada em junho no Brasil.

Leia também: Conmebol anuncia sedes da Copa América no Brasil; Morumbi recebe a abertura

“Na Copa América, os jogos vão acontecer com o Maracanã . Sem o maior problema. Já conversei com o presidente da Conmebol, mantenho contato, nada disso vai sofrer prejuízo. Estamos recuperando o estado do Rio. Estamos pagando salários em dia”, garantiu Witzel.

Leia mais:  San Lorenzo quer partidas apenas durante o dia após torcedores serem assaltos

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana