conecte-se conosco


Política

Sol Nascente, Guaicurus e Eldorado entram no pacote de obras de R$ 28 milhões

Publicado

Os bairros foram inseridos no programa de asfaltamento, tapa-buracos e cascalhamento da Prefeitura de Cuiabá a pedido do vereador Toninho de Souza (PSD)
Os bairros Sol Nascente, Guaicurus e Eldorado, em Cuiabá, estão entre os cinco contemplados com recursos da ordem de R$ 28 milhões que serão destinados a obras de asfaltamento, melhorias na pavimentação e cascalhamento de ruas. A garantia foi dada pelo vereador Toninho de Souza (PSD), que esteve reunido com moradores dos três bairros na noite desta sexta-feira (08), acompanhado da secretaria-adjunta de Obras, Silvia Araújo. “Serão dois quilômetros de asfalto para os bairros Sol Nascente e Guaicurus. O Eldorado receberá obras emergenciais de cascalhamento de ruas, mas a meta é conseguir pavimentação asfáltica também para essa comunidade em um segundo momento.
Toninho de Souza observa que esses bairros carecem de infraestrutura há cerca de 30 anos e que sempre foram esquecidos pela gestão pública. “Quero mudar essa realidade, pois, é inadmissível bairros tão populosos e fundamentais para o desenvolvimento da cidade ainda não contarem com asfalto e a necessária atenção política”, disse aos moradores. O vereador esteve nos três bairros verificando a situação e pode constatar o estado de abandono. “As ruas estão em péssimo estado e durante o período chuvoso as erosões no solo em vias de grande fluxo ficam cada vez maiores. Vamos asfaltar algumas ruas, fazer operação tapa-buracos em outras e amenizar a situação mais grave onde não há pavimentação com o cascalhamento”.
Para o parlamentar cuiabano, garantir melhores condições de vida a população não é nenhum favor do poder público, mas obrigação constitucional. “Tenho acompanhado as ações do prefeito Emanuel Pinheiro e vejo nele também essa preocupação. Embora essas operações de asfaltamento e tapa-buracos sejam rotineiras, a inserção dos bairros Sol Nascente, Guaicurus e Eldorado nos investimentos de R$ 28 milhões foi uma exigência minha”, completou Toninho.
A secretária-adjunta de Obras, Silvia Araújo, garantiu à comunidade dos três bairros que a as obras ocorrerão de forma continuada, seguindo o cronograma da prefeitura, atendendo em um primeiro momento os locais com maior demanda. “Após o período de chuva, também será realizada a reconstituição asfáltica de outros bairros da cidade”, observou. “Em março, voltarei à comunidade acompanhado do prefeito Emanuel Pinheiro para dar o primeiro passo às obras”, concluiu Toninho.
Assessoria de Imprensa
Verônica Rakel
Rui Mattos

Leia mais:  VG receberá 100 milhões para obras de infraestrutura

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Economia

Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira

Publicado

por

O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), exercício 2019/2020, começa na quinta-feira (25) da próxima semana. A liberação do dinheiro para os cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento e os do Pasep, o dígito final do número de inscrição.

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberão o abono do PIS ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020. Recebem também este ano os servidores públicos cadastrados no Pasep com dígito final do número de inscrição entre 0 e 4. Os com final entre 5 e 9 receberão no próximo ano.

A data para o fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 está prevista para o dia 30 de julho de 2020. A estimativa é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores. O pagamento do abono salarial referente ao PIS será feito pela Caixa em suas agências em todo o país; e o abono do Pasep será pago no Banco do Brasil.

Leia mais:  Assembleia Social repassa 1 tonelada de alimentos e ultrapassa 10 toneladas em 2019

Quem tem direito Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2018, com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tem de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para os trabalhadores que tiverem os dados declarados na Rais 2018 fora do prazo e entregues até 25 de setembro de 2019, o pagamento estará disponível a partir de 4 de novembro de 2019, conforme calendário de pagamento aprovado, e, após este prazo, somente no calendário seguinte.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana