conecte-se conosco


Cidades

“Sine e Você” chega ao Cras do CPA com mais de 150 vagas de emprego e outros serviços

Publicado

 

Clique para ampliar

O acesso aos serviços do Sine Municipal será facilitado para os Moradores da região do CPA, nesta terça-feira (30). Lá, o “Sine e Você” chega à sua 10ª edição, possibilitando que cidadãos de baixa renda tenham a recolocação ou inclusão no mercado de trabalho. A iniciativa, da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, contabiliza quase mil atendimentos distribuídos entre as três principais ações do órgão: emissão de carteira de trabalho, encaminhamento para vagas de emprego e entrada no seguro desemprego.

Para o primeiro caso, cerca de 300 solicitações já foram registradas, enquanto que para o segundo, houve outras 655. De acordo com o diretor de Emprego da Pasta, Rafael Butareli, mais cinco localidades receberão o projeto ainda este ano. “Nossa meta é chegar a 500 carteiras e 1000 encaminhamentos em 2018. Queremos estimular a geração de emprego e renda principalmente entre aqueles que encontram dificuldades até mesmo para chegar a uma de nossas unidades”, diz.

Segundo ele, todos os atendimentos têm acontecido nos Centros de Referência em Atendimento Social (Cras) dos bairros. Desde janeiro, quando foi realizada a primeira edição, o “Sine e Você” já passou pelo Tijucal, Osmar Cabral, Getúlio Vargas, Pedra 90, Nova Esperança, Jardim Araçá, Doutor Fábio, Pedregal e Planalto. Depois do CPA, haverá ainda edições no Jardim União, Novo Colorado, Dom Aquino e Praieiro.

Leia mais:  Equipes do Bola Cheia jogam as semifinais no Complexo Dom Aquino

Para esta semana, são oferecidas mais de 150 vagas que incluem operador de telemarketing (10), corretor de imóveis (10), consultor de vendas (20), auxiliar de cobranças (40), e outros. Com salários que variam entre R$ 954 e R$ 2.500, as vagas contemplam desde profissionais com escolaridade de nível fundamental, até média e superior. Há, contudo, aquelas que dispensam estes critérios.

O titular da Secretaria, Gilberto Gomes, reforça que o objetivo da equipe é democratizar o acesso, levando-o a locais distantes dos polos de atendimento, no Shopping Popular e no Coxipó. “É um esforço que faz parte da proposta de gestão do Prefeito Emanuel Pinheiro, que prioriza a humanização e o alcance do poder público aos moradores menos privilegiados”, afirma.

Assim como nas unidades fixas, o projeto oferece atendimento gratuito e por ordem de chegada. O atendimento no Cras acontece de 9h até às 15h, enquanto que no Shopping Popular e Coxipó, das 08 às 17h.

 

Confira:

VAGAS – SINE MUNICIPAL DE CUIABÁ

 

Ocupação

Status

Qt. Vagas

AÇOUGUEIRO

ABERTA

1

AGENTE FUNERÁRIO

ABERTA

2

ASSISTENTE DE VENDAS

ABERTA

1

ASSISTENTE DE VENDAS

ABERTA

11

ATENDENTE DE LANCHONETE

ABERTA

8

AUXILIAR DE COBRANÇA

ABERTA

40

AUXILIAR DE LOGISTICA

ABERTA

1

AUXILIAR DE PESSOAL

ABERTA

1

CAMINHONEIRO DE CAMINHÃO-TANQUE

ABERTA

5

CONSULTOR DE VENDAS

ABERTA

20

CORRETOR DE IMÓVEIS

ABERTA

10

ELETRICISTA AUXILIAR

ABERTA

1

EMISSOR DE PASSAGENS AÉREAS

ABERTA

1

LAVADOR DE VEÍCULOS

ABERTA

1

MECÂNICO DE AUTOMÓVEL

ABERTA

1

MECÂNICO ELETRICISTA DE AUTOMÓVEIS

ABERTA

1

MOTORISTA CARRETEIRO

ABERTA

15

OPERADOR DE RETRO-ESCAVADEIRA

ABERTA

1

OPERADOR DE TELEMARKETING ESPECIALIZADO

ABERTA

10

TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO (INSTALAÇÃO)

ABERTA

2

TRABALHADOR RURAL

ABERTA

1

TRATORISTA AGRÍCOLA

ABERTA

1

VENDEDOR DE CONSÓRCIO

ABERTA

5

VENDEDOR DE SERVIÇOS

ABERTA

12

VENDEDOR DE SERVIÇOS

ABERTA

5

ZELADOR

ABERTA

1

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Lotação das UTIs de hospitais particulares chega a 86% em MT

Publicado

Os hospitais particulares de Mato Grosso também estão próximos de não terem mais vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para os pacientes com covid-19. A taxa de ocupação chegou a 86,5%, bem maior dos que os 70% de ocupação das UTIs públicas.

 

Em nota, o Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso (Sindessmat) afirmou que o número de pacientes internados em hospitais particulares por causa do novo coronavírus tem aumentado.

Em 8 de janeiro 80% dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 estavam ocupados. Uma semana depois, em 15 de janeiro, essa taxa já era e 86,5%. Já a ocupação geral de leitos para covid-19 (enfermaria e UTI) está em 73%.

 

A situação é de alerta no estado, não só nos hospitais particulares como no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, apesar das UTIs públicas estarem com 70% de ocupação, o momento é de preocupação, pois na primeira onda da pandemia em 15 dias a taxa de ocupação saiu de 70% para 100%.

Leia mais:  Fachada do Palácio Alencastro é iluminada pela cor rosa em combate ao câncer de mama

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana