conecte-se conosco


Sem categoria

Shopping popular traz opções em adereços para carnaval

Publicado

Além de muita disposição e alegria, o carnaval pede apostas em neon, glitters e muita purpurina. Para quem deseja dar um up no visual para a festa mais colorida do ano, ou até mesmo os que não abrem mão de chamar atenção no carnaval, o Shopping Popular possui acessórios para complementar ou até mesmo renovar o look para a folia.

Na hora de curtir o carnaval, não existe regras. Vale apostar nas cores, usar e abusar dos acessórios e até se vestir por completo de um único tom. No entanto, a pegada extravagante, pede um pouco de equilíbrio na composição do visual, por conta disso, é possível dosar a produção com peças mais neutras como o preto e o branco.

Confira opções de adereços para montar o look carnavalesco.

Colares havaianos

São a marca registrada do carnaval. Combinam com festas, tanto durante o dia como a noite, além de servirem como adereço leve, portanto, tanto as crianças como os adultos podem optar para os dias de folia.

Maiôs

Leia mais:  Mauro já comanda reunião com staff

Neons, estampados, de personagens animados e outros, os maiôs são o carro-chefe do carnaval 2019. Por serem confortáveis e modernos, podem ser tanto a peça principal de um look, quanto um adereço fashion.

Tiaras e Arcos

Personagens como: unicórnios, orelhinhas de gato são uma ótima opção para quem deseja acessórios coringas para utilizar no carnaval. Combinam tanto para quem vai aos bailes como os desfiles de blocos diurnos ou noturnos, e levam um ar de modernidade para o visual.

Maxi brincos  

Os maxi brincos estão em alta há anos nos carnavais. Com formatos diferentes para agradar todos os públicos, são peças coringas e fashion para qualquer estilo de roupa ou fantasias.
Esses e outros acessórios são encontrados no Shopping Popular, além de adereços masculinos e infantis. Venha e confira.

Shopping Popular – Av. Manoel José de Arruda, s/n – Dom Aquino, Cuiabá -MT.
Horário de funcionamento: 7h às 19h de segunda a sábado e aos domingos das 7h às 13h.
Telefone:(65)-3624-8020.

Estacionamento amplo para clientes em compras.

Leia mais:  Desagrada a todos os setores', diz presidente da AL sobre pacote de medidas do governador de MT para contornar crise

Por Alessandra Marques/ Assessoria

Comentários Facebook
publicidade

Sem categoria

Governo anuncia privatização dos Correios nesta quarta

Publicado

por

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos está na lista das 17 estatais que serão privatizadas ainda este ano. O anúncio será feito nesta quarta-feira (21), segundo informou o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta terça-feira (20). A privatização de estatais precisa de aval do Congresso.

Nas justificativas que constam de estudo para privatizar os Correios, o Ministério da Economia aponta corrupção, interferências políticas na gestão da empresa, ineficiência, greves constantes e perda de mercado para empresas privadas na entrega de mercadorias vendidas pela internet, o e-commerce.

Como exemplos de ineficiência, o estudo aponta o “elevado índice de extravio”, e morosidade no ressarcimento dos produtos extraviados.

Nos estudos para a venda da estatal, o Ministério da Economia aponta o rombo de R$ 11 bilhões no fundo de pensão dos funcionários, o Postalis. Além disso, o Postal Saúde, o plano que atende aos funcionários, tem um rombo de R$ 3,9 bilhões.

O estudo diz que os Correios são uma “vaca indo para o brejo”, envolvendo risco fiscal de R$ 21 bilhões” (veja no vídeo abaixo).

Leia mais:  Veículo dos Correios e caminhão batem em rodovia de MT

Em junho deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o governo federal não pode vender estatais sem aval do Congresso e sem licitação quando a transação implicar perda de controle acionário.

Privatizações e PPI

Na manhã desta quarta, questionado sobre privatizações, o presidente Jair Bolsonaro disse que as empresas vão entrar primeiro no Programa de Parceria de Investimentos (PPI), para depois começar o processo de privatização. Bolsonaro falou com jornalistas na portaria do Palácio da Alvorada antes de seguir para os compromissos do dia.

“Ah, não é vão ser privatizadas, vão entrar no PPI para começar o processo de privatização”, afirmou Bolsonaro.

Ainda de acordo com o presidente, o processo dos Correios se encerra ainda neste ano, mas ele lembrou que é um processo demorado, justamente porque precisa de aval do Congresso.”A privatização dos Correios passa também [ainda em 2019], segundo decisão do Supremo, pela Câmara, pelo Congresso Nacional. Então, é um processo longo, não é rápido, bastante longo”, declarou o presidente.

Leia mais:  Governo anuncia privatização dos Correios nesta quarta

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana