conecte-se conosco


Cidades

Shopping Popular se solidariza em prol de atletas que irão representar Mato Grosso em campeonato mundial de Jiu Jitsu

Publicado

O atleta cuiabano Diego Santos, faixa azul em Jiu Jitsu, irá representar Mato Grosso no campeonato mundial de Jiu Jitsu em Abu Dhabi nos dias 26 à 28 de abril de 2019. Há cerca de 2 anos dedicados a Arte Suave, Diego busca patrocinadores para ajudar a realizar seu sonho de competir em uma arena de nível mundial.

O atleta conseguiu o investimento para a inscrição do campeonato, no entanto, ainda precisa de recursos para a passagem, hospedagem e alimentação e por conta disso, o atleta esteve presente nessa quarta-feira (06), no Shopping Popular em busca de patrocínio para custear sua viagem.

O atleta é vencedor de alguns títulos em campeonatos mato-grossenses de Jiu Jitsu na categoria peso pena. Além da Arte Suave, Diego pratica outras modalidades do segmento de artes marciais como: Judô, Muay Thai, Capoeira e Karatê.

Ao total, foram selecionados quatro atletas para representar o estado no campeonato, no entanto, as arrecadações serviram para o custeio de três atletas. O valor estimado é de oito mil reais por atleta, incluindo hospedagem, passagem de avião e alimentação em Abu Dhabi.
Além da ação social no Shopping Popular, os atletas estão buscando outras maneiras de arrecadar o montante para a viagem. “Nós estamos fazendo uma ação no semáforo e até agora arrecadamos R$1,500, essa ação realizamos durante os sábados, além de vender camisetas e rifas”, afirmou Diego.

Leia mais:  Prefeitura informa que lançamento do programa Morar Bem foi cancelado

Diego possui uma vaquinha virtual em sua página do Instagram em busca de colaborados para a realização de sua participação no campeonato, além disso, estará no Shopping Popular, na quarta-feira (06.02) para fazer uma ação em prol de patrocínio.

https://instagram.com/_diegosantos.bjj

O Shopping Popular está localizado na Av. Manoel José de Arruda, s/n – Dom Aquino, Cuiabá MT. Horário de funcionamento: 7h00 às 19h, de segunda a sábado e aos domingos das 7h às 13h.

Telefone: (65) 3624-8020

Estacionamento amplo para clientes em compras.

Por Alessandra Marques

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Saque emergencial do FGTS, no valor de R$ 1.045, estará disponível no dia 15

Publicado

por

A Medida Provisória (MP) 946/2020, publicada no Diário Oficial da União no último dia 7 de abril, extinguiu o Fundo PIS-Pasep, transferiu o seu patrimônio para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e liberou saque emergencial do FGTS por conta da pandemia do novo coronavírus e as consequentes crises de saúde e econômica.

Com a data prevista para o início dos saques se aproximando (15 de junho), já é possível esclarecer algumas dúvidas sobre como o processo será realizado. O limite será mesmo de R$ 1045 por contribuinte, sendo que qualquer brasileiro com saldo nas contas do FGTS poderá sacar.

Entre as contas, poderão ser sacados valores inativos (de empresas que trabalhou no passado) ou ativos (da companhia que trabalha agora). O dinheiro será descontado em ordem crescente, da conta com menos dinheiro em diante. É possível sacar ainda valores inferiores aos R$ 1045 se o trabalhador não possuir o valor cheio.

Os saques devem seguir cronograma da Caixa Econômica, que “divulgará o calendário de pagamento e demais informações nos próximos dias”. Segundo a MP, os pagamentos serão realizados até dia 31 de dezembro.

Leia mais:  Recicláveis podem ser trocados por créditos para celular, cartão transporte e outros benefícios

 

Se o trabalhador não se manifestar negativamente até o dia 30 de agosto, o crédito será automático, depositado na conta poupança de sua titularidade. Caso ele opte por ter seu dinheiro depositado em outra instituição financeira, a MP proíbe que o banco cobre tarifa pela operação.

PIS-Pasep

A MP 946 extingue o Fundo PIS-Pasep, instituído pela Lei Complementar 26/1975. O fundo vale para quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada ou foi servidor público civil ou militar entre 1971 e 1988. O que o governo faz é utilizar esse dinheiro para dar liquidez ao FGTS, mas preserva o patrimônio das contas individuais desses trabalhadores.

As contas vinculadas individuais dos participantes do Fundo PIS-Pasep, mantidas pelo FGTS após a transferência, passam a ser remuneradas pelos mesmos critérios aplicáveis às contas vinculadas do FGTS e poderão ser livremente movimentadas, a qualquer tempo, de acordo com a lei. O exercício financeiro do PIS-Pasep, iniciado em 1º de julho de 2019, fica encerrado em 31 de maio de 2020.

Os recursos remanescentes nas contas serão tidos por abandonados a partir de 1º de junho de 2025 e passarão a ser propriedade da União. Para saber se tem direito, o trabalhador ou seus herdeiros devem consultar a Caixa Econômica Federal, responsável pelo pagamento do PIS, e o Banco do Brasil, no caso do Pasep.

Leia mais:  Prefeitura adquiriu 48 ton de pão, mas escolas não receberam

*Com Agência Senado

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana