conecte-se conosco


Polícia

Sesp-MT lança operação com foco em regiões próximas a rodovias federais

Publicado

Nara Assis | Sesp-MT 

Com o objetivo de fortalecer o combate a crimes nas regiões de influências das rodovias federais, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) deflagra a Operação Integrada Salutem. O lançamento ocorre na manhã desta quinta-feira (16), no trevo da Rodovia Mario Andreazza com a Estrada da Guarita, em Várzea Grande.

A ação visa à prevenção e repressão imediata aos crimes de roubos e furtos de veículos e cargas, adulterações de sinais de identificação veicular, tráfico de entorpecentes, transporte irregular de cargas, porte ilegal de arma de fogo, descumprimento de medidas sanitárias, entre outros. Para isso, a Sesp conta com a parceria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT).

Serão contempladas as Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp’s) I e II, com sede em Cuiabá e Várzea Grande, respectivamente. Os municípios que compõem a Risp I são, além da Capital, Planalto da Serra, Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Acorizal, Santo Antônio de Leverger, Barão de Melgaço. Já a Risp II é composta, além de Várzea Grande, por Nobres, Jangada, Rosário Oeste, Nossa Senhora do Livramento e Poconé.

Leia mais:  Operação da Polícia Civil e Procon apreende mais de 12 mil mídias piratas na Capital

Os policiais que atuarão na Operação Salutem receberam capacitação, entre os dias 1º e 30 de abril, a respeito de identificação veicular e documental. Participaram desta primeira fase 92 pessoas, entre agentes de fiscalização de trânsito dos municípios, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da PRF e do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran).

As próximas fases consistem em profilaxia (barreiras e saturação), contenção (cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão). A previsão é que a operação seja realizada ao longo de 30 dias, incluindo todas as fases e etapas.

A operação é realizada de forma integrada pelas Polícias Militar (PM-MT), Judiciária Civil (PJC-MT), Rodoviária Federal (PRF), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Detran, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Indea, Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) e Guarda Municipal de Várzea Grande.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Forças de Segurança cumprem 17 buscas em operação de combate ao crime em Cáceres

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Dezessete mandados de busca e apreensão, com alvo em uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas e roubos e furtos de veículos na região de fronteira, foram cumpridos no sábado (20.07), em operação integrada deflagrada pelas Forças de Segurança de Cáceres (228 km a Oeste).

Desencadeada pela Polícia Civil da Regional de Cáceres, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar, e Grupo Especial de Fronteira (Gefron), a operação de combate ao crime na região de fronteira resultou em 18 pessoas presas, 06 menores apreendidos, além da apreensão de drogas, veículos, dinheiro e apetrechos relacionados ao tráfico.

 A ação contou com a participação de 121 agentes da segurança pública, sendo 60 policiais civis, 16 policiais rodoviários federais, 38 policiais militares e 06 policiais do Canilfron.

As 17 ordens judiciais de busca e apreensão domiciliar foram decretadas pela Justiça com base em investigações e levantamentos de inteligência realizados pela 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres. A ação tinha como alvo uma organização criminosa atuante com o tráfico de drogas, roubos e furtos de veículos e receptação.

Leia mais:  Polícia Civil finaliza Operação Nacional com 204 presos em Mato Grosso

Durante as buscas foram apreendidos, 75 porções pequenas de pasta base de cocaína, já embaçadas para venda, 14 porções grandes e 03 médias da mesma substância, 35 porções pequenas e 03 grandes de maconha, além de produtos químicos para preparar a droga, 02 balanças de precisão, aproximadamente R$ 2,5 mil em dinheiro e máquina de cartão de crédito utilizada no comércio ilícito.

Os trabalhos resultaram ainda na apreensão de diversos objetos de origem ilícita (aparelhos celulares, televisão, notebook, câmera fotográfica, ferramentas, relógios, joias, ente outros), além de duas motocicletas e de um veículo com registro de roubo/furto.

No total, foram confeccionados 08 autos de prisão flagrante, com 18 presos, 06 menores apreendidos e dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) registrados.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana