conecte-se conosco


Política

Servidores efetivos da Prefeitura de Cuiabá devem atualizar cadastro anual

Publicado

Os mais de 16 mil servidores públicos efetivos da Prefeitura de Cuiabá, que estão ativos, devem atualizar o cadastro anual a partir do dia 15 de março, exclusivamente por meio eletrônico, acessando o endereço

http://www.recadastramentosmge.cuiaba.mt.gov.br. Ao acessar o sistema, o funcionário deverá ter em mãos documentos pessoas (RG, CPF, carteira de habilitação, carteira de trabalho, no caso dos celetistas), comprovante de endereço, certificados de cursos e documentos dos dependentes.

 

O recadastramento é obrigatório a todos os servidores efetivos ativos da Administração Pública direta e indireta e foi determinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro por meio do Decreto nº 8.328, de 18 de fevereiro de 2021, publicado na Gazeta Municipal de sexta-feira (19).

Conforme o decreto, a Secretaria Municipal de Gestão será responsável pela organização, implementação e gerenciamento do recadastramento. Ele é importante para que o Município tenha uma base de dados para traçar políticas de valorização dos servidores, bem como para adequar a distribuição dos recursos humanos.

 

Ao fazer a atualização dos dados, os servidores públicos titulares de cargo efetivo em exercício deverão apresentar a documentação também dos seus dependentes, quando houver. O cadastramento do dependente indicado pelo servidor não presume a condição de dependência econômica e não dispensa a sua avaliação no momento do requerimento de benefício. A Diretoria de Gestão de Pessoas efetuará a complementação, alteração e a validação dos dados cadastrais.

Leia mais:  Mega-Sena, concurso 2.265: ninguém acerta as seis dezenas, prêmio vai a R$ 38 milhões

 

O secretário-adjunto de Gestão, Alexandre Beloto, explica que “é importante que os servidores realizem o cadastro, uma vez que precisamos dos dados para manter nosso sistema atualizado e possibilitar, sempre priorizando o interesse público, alocar melhor os servidores, de acordo com seu perfil”, afirma.

 

Veja o cronograma de recadastramento

 

Unidades Prazo de Recadastramento

 

15/03/2021 à 31/03/2021

Secretaria Municipal de Gestão

Secretaria Municipal de Planejamento

Secretaria Municipal de Governo

Secretaria Municipal da Mulher

 

15/04/2021 à 30/04/2021

Secretaria Municipal de Saúde

 

15/05/2021 à 31/05/2021

Secretaria Municipal da Turismo

Procuradoria-Geral do Município

Controladoria-Geral do Município

Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico

 

15/06/2021 à 30/06/2021

Secretaria Municipal de Inovação e Comunicação

Secretaria Municipal de Obras Públicas

Secretaria Municipal de Ordem Pública

 

15/07/2021 à 31/07/2021

Secretaria Municipal de Educação

 

15/08/2021 à 31/08/2021

Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano

Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana

 

Leia mais:  Projeto de Xuxu Dal Molin amplia acesso às pautas das sessões para deputados e cidadãos

15/09/2021 à 30/09/2021

Secretaria Municipal de Assistência Social e

Desenvolvimento Humano

Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer

Secretaria Municipal de Fazenda

 

15/10/2021 à 31/10/2021

Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos

Agência Municipal De Regulação De Serviços Públicos

Delegados De Cuiabá

Empresa Cuiabana De Saúde Pública

Comentários Facebook
publicidade

Política

TCE volta ao teletrabalho em MT

Publicado

Em virtude das projeções de colapso do sistema de saúde, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) e o Ministério Público de Contas (MPC) estabeleceram novas regras para o funcionamento do órgão de controle externo nos próximos 15 dias.

Conforme portaria conjunta nº 032/2021 publicada no Diário Oficial de Contas (DOC) desta quarta-feira (03), de 4 a 19 de março as atividades das unidades do TCE-MT devem ser realizadas exclusivamente na modalidade de teletrabalho, compreendendo 100% das respectivas equipes.

Neste período, também foram suspensas as sessões do Plenário Virtual, do Tribunal Pleno e das Câmaras, as inspeções in loco, os atendimentos presenciais ao público externo, os eventos, cursos e reuniões presenciais, que deverão ser realizadas exclusivamente de maneira remota e sem exigir a presença de servidores ou colaboradores do TCE-MT.

A portaria também estabelece a suspensão dos prazos dos processos virtuais e não virtuais no período de 4 a 19 de março, com exceção dos processos administrativos conduzidos pela Secretaria Executiva de Administração. A partir de 22 de março, os prazos processuais serão retomados no estágio em que se encontravam no momento da suspensão, sendo restituídos por tempo igual ao que faltava para a sua complementação.s no âmbito do TCE-MT.

Comentários Facebook
Leia mais:  Juíza nega recurso e mantém bloqueio de R$ 40 mil de Carlos Bezerra
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana