conecte-se conosco


Cidades

Servidores do Estado e Prefeitura tomam ruas de Cuiabá em apoio a Emanuel

Publicado

Carreta partiu do Centro Político Administrativo e seguiu até o Porto com cerca de 2 mil carros, segundo organizadores

O Centro Político Administrativo, sede dos órgãos estaduais de Mato Grosso, foi tomado nesta manhã de sexta-feira (30) por centenas veículos de servidores estaduais e municipais, que promoveram carreata em apoio à reeleição do prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB).

O movimento de apoio dos servidores chamou a atenção pelo fato do governador Mauro Mendes (DEM) apoiar a candidatura de um dos principais adversários de Emanuel, o ex-prefeito Roberto França (Patriota), que busca o terceiro mandato.

Puxado por um trio e som, o movimento iniciou percorrendo a região do CPA, e seguiu para a Avenida Miguel Sutil e vai até a região do Porto, percorrendo a cidade de um lado ao outro.

Os servidores estaduais e municipais estão de folga nesta sexta-feira (30) devido aos decretos do Estado e do Município que adiaram o ponto facultativo de quarta-feira (28), referente ao Dia do Servidor Público, para esta sexta.

A duas semanas da eleição, que ocorre no próximo dia 15 de novembro, as campanhas dos oito postulantes ao comando do Palácio Alencastro devem ficar mais acirradas. Três candidatos aparecem liderando as pesquisas: o prefeito Emanuel, Roberto França e o vereador Abílio.

Leia mais:  Deputada federal mais jovem do Brasil visita Cuiabá e aprova Administração

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Sepultamentos em SP crescem; setor vê risco de faltar caixão

Publicado

A média de enterros e cremações nos cemitérios de São Paulo na última semana (221 por dia) cresceu 11% na comparação com os da semana de 11 a 17 de fevereiro (196), segundo o Serviço Funerário. Em relação à semana de 18 a 24 de fevereiro, a alta é de 9,5% (média diária de 200). A Prefeitura diz que os números estão na média: entre 240 no verão e 300 no inverno.

Na capital paulista, representantes do setor não veem explosão de enterros, mas dizem que há redes em outras cidades “perto do colapso”. A demanda maior de sepultamentos e a falta de matéria-prima para caixões, como aço e MDF, preocupam. A Associação dos Fabricantes de Urnas do Brasil vê risco de desabastecimento nacional de caixões.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários Facebook
Leia mais:  Natal Iluminado, Cantata de Natal, orquestra, bazar solidário, shows, presépio vivo, teatro. Confira a programação do final de semana
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana