conecte-se conosco


Cidades

Servidora afastada fala sobre batalha contra câncer de mama e alerta para prevenção

Publicado

Cerca de 70 servidoras municipais se reuniram no auditório do Cuiabá–Prev, na tarde de terça-feira (23), para falar sobre saúde da mulher. Além das orientações do médico perito George Salvador de Lima, elas ouviram o relato da servidora afastada Alessandra de Moraes, que na mesma data, em 2017, recebia o diagnóstico de câncer de mama. A descoberta precoce foi decisiva para o sucesso do tratamento e por isso ela resolveu compartilhar informações sobre a importância da prevenção.

Desde que começou a batalha contra a doença foram oitos sessões de quimioterapia, a cirurgia para a retirada dos seios e mais 25 sessões de radioterapia. “O tratamento é bem pesado, deixa a gente debilitada, então quanto mais cedo começa, melhor. Em março daquele mesmo ano eu tinha feito o exame e não tinha dado nada. Cinco meses depois eu senti uma dor e resolvi procurar o médico, foi ali que ele pediu a biopsia e veio o resultado.”

Aos 44 anos ela conta que faz exames de mamografia desde os 30 anos de idade, porque a mãe teve o mesmo câncer. Na época um nódulo benigno foi retirado do seio esquerdo, por precaução. Dessa vez, a mastectomia radical, que consiste na remoção dos dois seios, foi necessária. O fato de ser uma mulher jovem também contribuiu para uma boa evolução do quadro e agora Alessandra cumpre um protocolo, mantido com medicação ao longo de cinco anos, até que possa dizer que está curada.

Leia mais:  Reconstrução da canalização de córrego prossegue pela Rua Rui Barbosa

“No momento em que você é diagnosticada o chão se abre e acha que não vai dar conta. Você pensa logo no pior. Mesmo eu estando alerta a todo instante não escapei de ter a doença, então eu venho hoje pra conscientizar a todas de que isso pode acontecer com qualquer mulher. A gente precisa se conhecer, se cuidar e se amar. O tratamento é muito doloroso e não quero que ninguém passe pelo mesmo sofrimento”, afirma.

O relato ganha força com a fala de George, que destaca a importância da prevenção, capaz de minimizar o impacto do tratamento de doenças como esta, consideradas silenciosas. Sua recomendação é que as mulheres não abram mão de exames clínicos e ginecológicos rotineiros, buscando, uma ou duas vezes por ano, fazer uma avaliação mais ampla. O conhecimento do próprio corpo e o autoexame de toque também são essenciais nesse contexto.

“A maioria desses casos são previsíveis e preveníveis. O acompanhamento pode evitar que sintomas se transformem em agravos de saúde e resultem na mutilação da mulher, no seu sofrimento, perda da autoestima e nos piores casos, no óbito. Isso tudo pode ser evitado com educação e autoconhecimento corporal”, diz.

Para além do trabalho

Leia mais:  Centro de Convivência para Idosos será entregue nesta quarta-feira (14)

Este é o terceiro ano que o Cuiabá-Prev recebe a palestra, em referência ao Outubro Rosa. Para a ocasião foram convidadas servidoras da Secretaria de Gestão e da Controladoria Geral, além de aposentadas e pensionistas da Associação dos Aposentados e pensionistas da Prefeitura de Cuiabá (AAPMC).

De acordo com o secretário adjunto de previdência, Fernando Jorge Mendes, a ação se faz ainda mais necessária se considerado o quadro de funcionários municipais, que conta mais 10 mil mulheres, mais de 60% do total. Os resultados da mobilização são observados nos consultórios de George e de seus colegas que, desde as últimas palestras, perceberam que um grande número de servidoras passou a procurá-los, demonstrando maior preocupação com a prevenção do câncer de mama.

Além desta, também são realizadas ações ao longo do Setembro Amarelo, dedicado à prevenção do suicídio, e do Novembro Azul, que alerta para a ocorrência de câncer de próstata.

“Adotamos essa postura de não olhar para o Cuiabá-Prev somente como lugar de trabalho, mas como espaço que transmita informações importantes para o dia a dia dos nossos trabalhadores. Isso faz parte da proposta do prefeito Emanuel Pinheiro, de humanizar os serviços. Hoje temos uma estrutura que liga a associação de idosos, a assistência previdenciária, assistência pericial e essa educação preventiva de saúde. Isso é fundamental”, finaliza Fernando.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Sine-MT oferece mais de mil oportunidades de empregos

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Centro de Convivência para Idosos será entregue nesta quarta-feira (14)

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana