conecte-se conosco


Mato Grosso

‘Serviços Essenciais’ lideram ranking de reclamações de novembro

Publicado

O Procon Estadual registrou no mês de novembro 2.346 reclamações de consumidores. Pelo Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), foram 1.523 registros e pelo atendimento online – www.consumidor.gov.br, foram registradas 832 reclamações.

No Sindec, a campeã de reclamações foi a categoria “Serviços Essenciais”, com 1.086 registros. Liderando o setor está “Energia Elétrica”, com 666 atendimentos, seguido por “Água e Esgoto”, com 223 e em terceiro ficou “Telefonia Celular”, com 123 reclamações.

O segundo lugar do ranking é ocupado pelo setor “Assuntos Financeiros”, com 179 registros, tendo as categorias “Banco Comercial”, 47 atendimentos, “Cartão de Crédito”, 40 e “Cartão de Loja” 23. Já a área “Serviços Privados” está em terceiro lugar com 116 registros, sendo 25 para “Estabelecimento comercial (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc.)”, 21 para “TV Por Assinatura (Cabo, Satélite, Etc)” e 13 para “Escola (Pré, 1°, 2° Graus e Superior)”.

Ocupando a quarta posição está “Produtos” com 113 registros, sendo 19 procedimentos para “Telefone (Convencional, Celular, Interfone, etc.)”, 17 para “Carro Nacional Zero (Montadora)” e nove para “Móveis de quarto”.

Já o setor “Saúde” ocupa o quinto lugar do ranking com 18 reclamações, sendo quatro para “Plano de saúde regulamentado”, quatro para “Plano Odontológico” e dois para “Farmácia de Drogaria”. Em sexto lugar está a área “Habitação” com sete registros, tendo três para “Condomínio”, dois para “Incorporação (Construtoras e Incorporadoras)” e um para “Locação”.

Leia mais:  Governo deposita pagamento dos servidores nesta quarta-feira

A última posição do ranking é ocupada pela área “Alimentos”, com quatro reclamações: um registro para “Bebidas Alcoólicas”, um para “Complementos e suplementos nutricionais (óleo de fígado bacalhau, levedo de cerveja, complexos vitamínicos e minerais)” e um para “Refrigerantes (normal, dietético e light)”.

Integram o banco de dados do Procon Estadual os registros efetuados na sede do órgão e nos postos de atendimento do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, do Ganha Tempo do CPA, da Assembleia Legislativa e do Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping.

Atendimento online

Por meio da plataforma www.consumidor.gov.br, o Procon registrou 832 reclamações no Estado, sendo a área de “Telecomunicações” a líder do ranking, com 349 registros. Em segundo lugar está “Serviços Financeiros” com 248 reclamações e em terceiro, “Produtos de Telefonia e Informática” com 90 registros.

Em quarto colocado, está a categoria “Demais Produtos”, com 46 atendimentos e em quinto lugar a categoria “Transportes” com 40. Já o sexto lugar é ocupado pela área “Demais Serviços” com 25 registros e o sétimo pela categoria “Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos” com 25 registros.

Leia mais:  Bombeiros da Amazônia Legal discutem ações para combate ao fogo na região

Em oitavo lugar, com sete reclamações, está a área “Saúde” com três, seguida por “Educação” em nono lugar, com três registros. Na décima posição, a categoria “Água, energia e gás” com duas reclamações e em décimo primeiro, a categoria “Turismo/ Viagens” com um registro.

As categorias “Habitação” e “Alimentos”, não obtiveram registro no mês de novembro na plataforma www.consumidor.gov.br.

Serviço

O Procon-MT está atendendo na Arena Pantanal, localizada no bairro Verdão, entrada pelo portão J, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos.

No posto do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, o atendimento ao público também é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, no Várzea Grande Shopping, das 10h às 19h, e no posto do Ganha Tempo do CPA, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. No posto da Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou (65) 3613-8500.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Bombeiros da Amazônia Legal discutem ações para combate ao fogo na região

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana