conecte-se conosco


Mato Grosso

Seplag capacita servidores em mapeamento de processos

Publicado

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Superintendência de Desenvolvimento Organizacional (SDO) e do Escritório de Gerenciamento de Processos (EGProcess/SDO), ministrou na última semana (de 03 a 05 de setembro), na Escola Fazendária, a capacitação em Introdução a BPMN (Business Process Management Notation).   

A atividade teve como objetivo habilitar os servidores públicos no uso da ferramenta de modelagem de processos organizacionais, adotada pelo Estado, em conformidade com o Decreto nº 1375, que institui o Manual Técnico de Processos e Procedimentos.

O Decreto estipulou prazo para elaboração dos manuais técnicos de processos e procedimentos do Poder Executivo estadual, tendo o ano de 2020 como limite para os processos dos órgãos centrais e 2022 para os órgãos/entidades finalísticas.

Ao todo, foram capacitados 42 servidores que atuam nas secretarias de Fazenda (Sefaz), de Saúde (SES), na Seplag e na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

A Seplag é órgão central de desenvolvimento organizacional e tem entre as suas competências a de promover a governança de processos e disseminar a cultura de gestão por processos no âmbito do Poder Executivo estadual, por meio de capacitações em gestão por processos, workshops e oficinas (In company).

Leia mais:  Vacinação contra Influenza deve imunizar 16 mil pessoas do Sistema Penitenciário

“A unidade do Escritório de Gerenciamento de Processos participa de projetos estratégicos do governo voltados para a melhoria continua dos processos organizacionais, tais como a modernização institucional do Intermat e a implantação do sistema estadual de gestão de documentos”, comenta a coordenadora do Escritório de Gerenciamento de Processos, Regina Imada Doy.

O EGProcess/SDO foi instituído em 2016 e desde então já capacitou mais de 700 servidores e atendeu mais de 25 órgãos e entidades contribuindo para a elaboração dos manuais e aprimoramento da gestão por processos no Estado.

(Supervisão de texto de Nayara Takahara).

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Fogo consome plantações de algodão e milho e assusta população; veja fotos

Publicado

De acordo com o Corpo de Bombeiros, chamas avançam rapidamente em duas regiões, próximo à Tangará da Serra e Sapezal

Corpo de Bombeiros tenta controlar incêndios de grandes proporções que atingem plantações de algodão e milho no interior de Mato Grosso. Um dos incêndios está na região de Diamantino, no Distrito de Deciolândia. As chamas altas assustam os moradores, já que o fogo está cada vez mais próximo das residências.

As nuvens de fumaça são vistas de longe. O fogo, segundo informações, já teria consumido mais de 10 quilômetros de uma área com palha de milho, que facilita a propagação das chamas.

Moradores da região relatam que um avião está sendo usado para tentar contrar o incêndio e é aguardado reforço de Nova Mutum.

Outra região que estaria com grande incêndio em plantação de algodão é em Sapezal. A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros ainda não possui informações exatas sobre estas ocorrências.

Mais informações a qualquer instante.

 

Leia mais:  Sefaz e Prefeitura de Barra do Garças estudam parceria para melhorar fiscalização na cidade

Por: RepórterMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana