conecte-se conosco


Cidades

Semob garante ordenamento do trânsito durante procissões na Sexta-Feira da Paixão

Publicado

Marcos Bergamasco

Equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) garantirão a segurança e a ordem no trânsito para centenas de fiéis nesta sexta-feira (19), quando é celebrada a Paixão de Cristo. Ao longo do dia, os agentes atenderão as solicitações de oito procissões por diferentes pontos da Capital.

O trabalho será realizado por cerca de 40 profissionais, com auxilio de viaturas e motocicletas. De acordo com o diretor de Trânsito da Pasta, Michel Diniz, as vias serão fechadas pouco antes do início dos cortejos, sendo liberadas à medida que os fiéis forem passando.

Os bloqueios começam às 4h50 na Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, Praça Santos Dumont, no bairro Quilombo. No mesmo horário outro grupo acompanha a cerimônia no Santuário Eucarístico Nossa Senhora do Bom Despacho, Avenida General Melo, em frente a Santa Casa de Misericórdia, região central.

Às 14h30 começa o bloqueio na Rua E-5, para o cortejo da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no bairro Tijucal -Setor 4. Para a procissão da Paróquia Divino Espírito Santo, no bairro CPA II, a Rua Jornalista Amaro de Figueiredo Falcão também será fechada às 16h30.

Leia mais:  Reuniões e vistorias ajudam no avanço dos preparativos para o Festival +300

Na mesma hora, haverá interdições pela Avenida Getúlio Vargas, para o cortejo da Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá. Às 16h50 começa o bloqueio na Avenida XV de Novembro, para a procissão da Paróquia São Gonçalo. Neste horário, agentes voltam à Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, que repete o evento.

Para a procissão da Paroquia São João Bosco, na Avenida Jornalista Alves de Oliveira, no Cidade Alta, os bloqueios também acontecem às 16h50.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mulheres vítimas de violência ganham dia de Beleza

Publicado

por

Vicente Aquino

Resgatar a autoestima e devolver a autoconfiança. Esse foi o objetivo do dia de beleza realizado essa semana às mulheres vítimas de violência que são assistidas pela Casa de Amparo, em Cuiabá. A ação foi realizada em um salão de beleza que já mantém parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh).

Amparada pela Casa há pouco mais de quinze dias, S.A.S, 37 anos foi uma das beneficiadas com os cuidados no visual. Além de fazer as unhas, recebeu tratamento de hidratação e corte de cabelo, pois segundo ela queria mudar de forma radical. “Há tempos não me via tão bonita como hoje. Nem lembrava como eu era de tanto sofrimento. Estou muito feliz e realizada. Com muito mais forças para prosseguir nessa longa caminhada que tenho pela frente”, disse ela. Além dela, os seus filhos que também estão na Casa também receberam atenção e cuidados especiais.

Para a proprietária do estabelecimento que fica no CPA III, Solange Milhomen, fazer o bem ajuda a torna-la mais humana. “Fazer o bem e ver o resultado que é imediato é maravilhoso. Ver o sorriso no rosto dessas mulheres tão fragilizadas é maravilhoso. Me faz voltar a sentir a verdadeira essência do que é o amor”, declarou.

Leia mais:  Prefeitura realiza maior evento de capoeira do Centro-Oeste

Prova disso foi o caso da Dona E.P.D, 67 anos. O semblante triste ao chegar no salão perdeu espaço para a alegria pelo acolhimento recebido. “Estou me sentindo renovada. Me fez perceber que eu ainda tenho valor, apesar de estar passando por esse momento turbulento, mas que com toda certeza vai passar. O meu muito obrigado”, frisou.

De acordo com a coordenadora da Casa de Amparo, Fabiana Soares, esse tipo de serviço ofertado tem como proposta elevar a autoconfiança dessas mulheres que estão com o coração recheado de mágoas e muito sofrimento. “A proposta é oferecer um afago a essas mulheres que estão em fase de resgate do projeto de vida. A maioria delas que atendemos na Casa de Amparo chegam com baixa estima, muitas são dependentes financeiramente dos agressores e se encontram perdidas. Nossa intenção foi levar um pouco de alegria, de amor e mostrar para elas que é possível superar o medo, a violência e acima de tudo, a se amarem”, ponderou.

Dentre os colaboradores esteve Rafael, dono de uma barbearia próxima que ajudou com os cortes feitos nos meninos. “Isso é muito bom para nós enquanto profissional e como ser humano. Isso demonstra que temos muito mais a agradecer do que reclamar quando deparamos com histórias tão difíceis e tristes iguais a essas. Estarei sempre à disposição para colaborar”, comentou Rafael.

Leia mais:  Secretaria Municipal de Saúde recebe van do programa Viver Sem Limite

CASA DE AMPARO – A Casa de Amparo é considerada referência por prestar um importante auxílio de reabilitação e resgate da integridade física e psicológica de pessoas que sofreram agressões dos seus parceiros. Nesse primeiro semestre de 2019, foram realizados 81 atendimentos, sendo de 31 mulheres e 50 crianças.

No total, a casa disponibiliza 20 vagas para acolhimento, incluindo mulheres e crianças. No momento, duas mulheres acompanhadas dos filhos estão amparados na Casa.

O trabalho realizado pela Prefeitura é por meio de uma parceria com o Poder Judiciário, Defensoria Pública, Promotorias e Delegacias Especializadas no combate aos crimes contra Mulheres.

Além das casas de amparo, os Cras fazem o atendimento inicial às mulheres dando orientações.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana