conecte-se conosco


Mato Grosso

Semana da Ressocialização reúne atividades desenvolvidas com reeducandas em penitenciária

Publicado

A Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, está realizando a Semana da Ressocialização com atividades culturais, esportivas e educacionais envolvendo servidores e reeducandas. O evento segue até quinta-feira (29.08), com ações que buscam a reconstrução da cidadania e ensino educacional entre as mulheres custodiadas na unidade.

A penitenciária Ana Maria do Couto é a maior unidade de custódia feminina do estado. No local, 40 mulheres frequentam as salas de aula de alfabetização, ensino fundamental e ensino médio, além das oficinas laborais.

“Nossa intenção é estimular o desenvolvimento da autoestima e ações que incentivem mudanças de atitude e reconstrução da cidadania com as reeducandas”, explicou a diretora Maria Giselma Ferreira da Silva.

Coordenado pela equipe da direção com parceria da Escola Estadual Nova Chance e Núcleo de Educação em Prisões da Secretaria de Segurança Pública, a Semana da Ressocialização expõem atividades desenvolvidas na penitenciária por meio do Projeto de Remição pela Leitura, Oficina de Teatro, Projeto RefloreSer, costura, artesanato, esporte, música e cursos de profissionalização e qualificação.

Leia mais:  MT Ciências levou atividades para mais de 36 mil pessoas

A pedagoga da penitenciária, Margaret Anderson de Oliveira, explica que as atividades laborais e educacionais servem como estímulo para que as mulheres possam buscar uma nova alternativa e mudança de vida, diferente da que as colocou em privação de liberdade. ‘Procuramos desenvolver atividades dinâmicas, inserindo temas atuais e que provoquem reflexão entre elas para essa mudança de postura e de que querer algo melhor em suas vidas. As reeducandas precisam, nesse período de vida, que se encontram encarceradas, de ações que possibilitem a redescoberta de seu potencial enquanto ser humano”, frisa a pedagoga.

A Semana da Ressocialização será encerrada nesta quinta-feira (29.08), com a apresentação das reeducandas na oficina de teatro ministrada pelo Grupo Cena Onze.

Merenda escolar

As atividades educacionais na penitenciária ganharam um gostinho de quero mais, a partir da produção da merenda escolar das reeducandas na cozinha da unidade prisional.

“A Escola Nova Chance está oferecendo uma alimentação escolar saudável e de qualidade para alunas da Penitenciária. Temos a nossa cozinha e uma reeducanda selecionada pela equipe faz a merenda. As reeducandas que estudam estão gostando muito da merenda”, comenta a pedagoga.

Leia mais:  Moradores em situação de rua tem espaço para denunciar ações de profissionais da segurança

Prevenção ao sedentarismo

A equipe da penitenciária iniciou também, com apoio da Escola Nova Chanc,e atividade esportiva dentro do projeto educacional, com o objetivo de evitar o sedentarismo e promover a ressocialização das reeducandas.

As atividades físicas são realizadas na quadra da unidade, quinzenalmente, com aulas de zumba pela manhã.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

MT tem 17.401 casos confirmados de Covid-19 e 665 mortes

Publicado

por

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana