conecte-se conosco


Educação

Seduc orienta escolas a tomarem medidas para reduzir os efeitos do calor e baixa umidade

Publicado

Diante do forte calor e baixa umidade relativa do ar registrados em Mato Grosso, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) encaminhou às escolas estaduais orientativo com algumas sugestões e medidas para serem tomadas a fim de amenizar a situação.

A Seduc orienta que, nesse período, sejam oferecidos aos alunos alimentos mais leves na merenda escolar, dentro dos cardápios aprovados e já estabelecidos; que sejam suspensas as aulas que requeiram esforço físico, principalmente atividades ao ar livre no período compreendido entre 10h e 17h, substituindo-as por jogos de mesa, aulas de música, leitura e pesquisas.

Os professores devem estimular os alunos a se hidratarem, com a ingestão de líquidos, orientando para que os mesmos levem para a escola garrafa de água e umedeçam as narinas e o rosto. Os servidores da unidade escolar devem ter atenção redobrada para identificar crianças abatidas e em casos de desmaios, tonturas, cãibras e mal-estar, que sejam encaminhadas ao centro de saúde mais próximo.

Orienta ainda que os alunos usem roupas mais leves, protetor solar e chapéus ou boné. Que sejam molhadas as áreas não construídas, próximas de onde haja circulação de pessoas; que mantenham recipientes com água nos ambientes fechados, com o intuito de aumentar a umidade do ar no local.

Leia mais:  Substitutivo integral sobre verba indenizatória é arquivado durante sessão extraordinária

Com essas medidas, segundo a secretária adjunta de Gestão Educacional da Seduc, Rosa Maria Luzardo, será possível reduzir os efeitos do forte calor e da baixa umidade do ar junto aos alunos, servidores e comunidade escolar.

“Recomendamos que não haja suspensão da carga horária dos alunos, uma vez que, neste momento, a escola poderá ser uma grande aliada e contribuir para tratar sobre o assunto de forma pedagógica e proativa, diante do grande fenômeno, envolvendo pais e toda comunidade escolar”, ressalta a secretária.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Educação

Medicina Univag traz ensino inovador e atrai estudantes de todos os estados

Publicado

por

Se o seu amor pela Medicina é maior do que qualquer desafio, o Univag- Centro Universitário de Várzea Grande é a escolha certa para você. Com conceitos máximos nas avaliações do Ministério da Educação (MEC), o curso de Medicina do Univag tem chamado a atenção em Mato Grosso e em todo país. Prova disso é a procura e o número de alunos do interior do estado e de outros estados brasileiros.

Na avaliação do MEC, com escala de 01 (mínima) a 05 (máxima) o curso de Medicina Univag recebeu nota máxima, 05.

Outro fator que chama atenção entre os que procuram a Medicina do Univag é o método de ensino inovador, com resgate de valores e uma formação mais humanística e abrangente.

A Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL – Problem Basic Learning, sigla em inglês) coloca o acadêmico como sujeito ativo no processo de ensino-aprendizagem e a inserção precoce em práticas na comunidade como principais estratégias para alcançar esses objetivos.

“O Univag oferece uma estrutura única no estado e que se equipara aos melhores centros universitários do país. Contamos com uma metodologia que trabalha a aprendizagem através de soluções de problemas. Semanalmente o conhecimento é aprofundado nos laboratórios de habilidades e morfofuncionais e nas ações ao atendimento da comunidade”, ressaltou o Diretor da Área de Ciências Médicas, professor pós-doutor José Eduardo de Aguilar Siqueira do Nascimento.

Leia mais:  Autoridades articulam a instalação de cursos profissionalizantes na Zona Rural de Cuiabá

No PBL, os alunos discutirão casos clínicos semanais nas tutorias. O aprendizado será aprofundado nos laboratórios de habilidades (médicas, de comunicação e informática) e morfofuncional (integração das disciplinas de anatomia, histologia, patologia e imagens), realizados em conjunto com o atendimento da comunidade.

VESTIBULAR

As inscrições para o vestibular 2019/1 estão abertas e seguem até o dia 05 de novembro. São 60 vagas para período integral. Os candidatos podem se inscrever no site da Vunesp, www.vunesp.com.br, e do Univag, www.medicinaunivag.com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 280,00.

A prova do processo seletivo acontecerá no dia 22 de novembro (quinta-feira), das 13h30 às 18h, horário local, no campus do Univag, bloco D, localizado na Avenida Dom Orlando Chaves, nº 2655, bairro Cristo Rei, Várzea Grande.

Duas etapas compõem a avaliação: 60 questões de múltipla escolha e redação. O candidato deve estar munido de documento oficial com foto para realizar a prova. As aulas têm previsão de início no dia 18 de fevereiro de 2019.

Leia mais:  Substitutivo integral sobre verba indenizatória é arquivado durante sessão extraordinária

Para mais informações o telefone é (65) 3688-6006.

Autor: Patricia Xavier
Fonte: Assessoria Univag

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana