conecte-se conosco


Mato Grosso

Secretários de Educação do país se reúnem para discutir sobre o novo Fundeb

Publicado

Novo Ensino Médio, Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e novo Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) foram os temas principais discutidos durante a reunião ordinária do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), realizada nos dias 12 e 13 de fevereiro, em Recife (PE).

Além dos Secretários de Estado de Educação de todo o país, participaram também da reunião o secretário de Educação Básica do Ministério de Educação (MEC), Jânio Macedo, o Secretário de Alfabetização, Carlos Nadalin, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

Para a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschesk, que é vice-presidente do Consed, o novo Fundeb, que está tramitando no Congresso Nacional por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) é um tema que precisa do engajamento de todos para que continue, pois sem ele será difícil os estados e municípios se manterem. “O atual Fundeb tem validade até 31 de dezembro deste ano, mas defendemos que ele seja permanente, pois essa é a principal fonte de financiamento para a educação do país”, avaliou

Leia mais:  Policiais recebem treinamento para instalação da Companhia de Força Tática em Cuiabá

A proposta defendida pela PEC e pelos secretários de Educação do país é a ampliação da participação da união com 15% de aumento no primeiro ano de vigência e gradativamente até chegar aos 40% do valor do fundo até 2031. Atualmente, a União contribui com 10%.

Segundo o deputado federal e sub-relator da Comissão Externa destinada a acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos do Ministério da Educação, bem como da apresentação do seu Planejamento Estratégico (CEXMEC), João Campos (PSB/PE), desde o ano passado a comissão discute a permanência e aperfeiçoamento do Fundo.

“Certamente este ano a Câmara dos Deputados vai aprovar o novo Fundeb, vai colocar na Constituição Federal e vai poder aumentar a contribuição da União, que é uma unanimidade, um consenso de quem estuda esse tema. Estamos trabalhando muito para poder garantir parâmetros não só do volume de recurso maior, mas construir parâmetros que garantam a qualidade do gasto racionalizado entre os entes federados”, ponderou.

Outras temáticas importantes que também estiveram em pauta foram o novo ensino médio, a BNCC, que será implementada nas escolas esse ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), avaliação, formação, alfabetização e currículo. 

Leia mais:  Salas desconcentradas são a nova estratégia do CBM para enfrentamento aos incêndios florestais

Entrou em pauta ainda o planejamento da atuação do Consed em 2020, que deverá ampliar as frentes de trabalho de sua agenda estratégica, a Agenda da Aprendizagem. Na ocasião, Consed e Sebrae anunciaram uma parceria com foco na Educação Empreendedora.

* Com infoormações do Consed e Secretaria de Estado de Educação de Pernambuco

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

“Rondon é um herói brasileiro e um dos maiores mato-grossenses da nossa história”, destaca governador em homenagem aos 156 anos do patrono

Publicado

Marechal Rondon foi responsável pela implantação da primeira linha telegráfica do Estado

Nesta quarta-feira (05.05) é comemorado o aniversário de 156 anos do mato-grossense Cândido Mariano da Silva Rondon. Patrono das telecomunicações, o notável desbravador nasceu em 1958, no distrito de Mimoso (123 km de Cuiabá), localizado no município de Santo Antônio do Leverger em Mato Grosso.

Marechal Rondon é uma das personalidades históricas de grande notoriedade do Brasil e foi responsável pela implantação da primeira linha telegráfica do Estado, trecho que ligava Cuiabá ao Araguaia viabilizando a comunicação do Centro-Oeste com outras regiões. Além disso, implantou outras demais linhas, que ligavam Mato Grosso ao Estado do Rio de Janeiro, e mais tarde, essa expansão foi vertiginosa, avançando de Mato Grosso para Amazônia.

Nesta mesma data do seu aniversário, é também o Dia Nacional das Telecomunicações, estabelecido em sua homenagem.

O Governador Mauro Mendes considera o dia 05 de maio uma importante data histórica, que deve ser lembrada para fortalecer e manter viva a memória deste extraordinário mato-grossense.

“O Marechal Rondon é um herói brasileiro e um dos maiores mato-grossenses da nossa história. Foi um grande desbravador, um grande ser humano e apoiador dos povos indígenas. Além de ter sido um visionário, que expandiu a tecnologia nas expedições. Merece todas as homenagens e deve servir de inspiração para todos nós”, afirmou Mendes.

Leia mais:  Corpo Musical da PM promove formatura de valorização do policial militar

Rondon ainda permanece vivo, seu nome está presente em diversas páginas de importantes e ricas obras literárias.  Além disso, importantes ruas e avenidas no Brasil foram intituladas com o nome do Marechal. Nessas mesmas homenagens aparecem Escolas, Museus e outros.  Devido ao brilhante trabalho de implantação das linhas telegráficas na Amazônia o nome do Marechal também é nome o mesmo do Estado de Rondônia em sua homenagem.

No site da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) está disponível o primeiro volume dos relatórios da produção científica da Comissão Rondon (clique aqui). A obra foi publicada em 2015 com o apoio da então Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso e liberada para consulta e download gratuitos no site da Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça. O relatório científico da Comissão Rondon integrou o projeto “O Brasil pelos brasileiros” (clique aqui). O projeto resgatou 86 publicações raras e preciosas resultantes das expedições organizadas por Cândido Rondon, em décadas de trabalho desde a expedição em 1907.

 

Homenagens

Em Mato Grosso, o maior e principal terminal aeroviário do Estado, localizado no município de Várzea Grande, foi batizado com o nome de Aeroporto Marechal Rondon, em homenagem ao desbravador.

Leia mais:  ‘Operação Oeste Seguro’ prende sete em flagrante e três foragidos em Cáceres

Além disso, outra importante obra arquitetônica que abriga parte da rica história do Marechal é o Memorial Rondon. Inaugurado em agosto de 2016, o museu foi construído em homenagem ao desbravador, para abrigar parte de sua rica história dos caminhos trilhados por Rondon, tendo como base os trabalhos realizados pela Comissão chefiada pelo militar.

O Memorial Rondon fica localizado no Distrito de Mimoso, município de Santo Antônio de Leverger. A Rodovia MT-040 está pavimentada até a comunidade de Mimoso e conta com estrutura de postos de abastecimento com conveniências e alguns restaurantes e lanchonetes.

Excepcionalmente nesta quarta-feira (05), o Memorial foi aberto para visitações. Aos turistas está disponível parte de uma rica exposição dos momentos histórico da jornada de Rondon nos trabalhos de desbravamento durante implantação das linhas telegráficas.

A unidade passará por ajustes e reparos na estrutura predial. A previsão de abertura definitiva do retorno das atividades é para o mês de junho deste ano. Após a finalização do trabalho, o Memorial Rondon estará apto para receber visitantes de segunda a domingo, das 8h às 17h.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana