conecte-se conosco


Cidades

Secretário reconhece equívoco e devolve “prêmio” aos cofres públicos

Publicado

O Secretário interino de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho, tomou conhecimento nesta quinta-feira (18), por meio da Procuradoria do Município, que a Portaria/SMS 06/2019, assinada por ele, na qual garantia o direito ao recebimento do chamado “prêmio saúde” não está em conformidade com o cargo de titular da Pasta, conforme constatada na Lei Orgânica do Município de Cuiabá.

“Quero aqui de coração aberto e consciência limpa dizer que ao ocorrer o erro pelo setor de Recursos Humanos da Secretaria de Saúde, respaldado por um entendimento jurídico, não houve dolo ou má-fé de minha parte. Tomarei as providências administrativas necessárias para que isso não volte a acontecer. Determinei imediatamente a suspensão do prêmio em minha folha de pagamento e estou devolvendo aos cofres públicos o valor correspondente aos quatro meses que recebi irregularmente o benefício”, afirmou Possas.

“Peço desculpas primeiramente à população cuiabana pela falha cometida e ao prefeito Emanuel Pinheiro que sempre me depositou total confiança e autonomia em meus atos”, finalizou o secretário.

Leia mais:  Em alusão ao Dia das Mães, Semob entrega flores e cartilhas de trânsito em ação do Maio Amarelo

Prêmio Saúde

O Prêmio Saúde foi instituído pelo artigo 54 da Lei Complementar Municipal nº 094 de 03 de julho de 2003. O benefício é um incentivo financeiro ao servidor/gestor e que tem como meta a melhoria do índice de satisfação do usuário do Sistema Único de Saúde.

Veja anexo o documento do RH.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

CRM vai processar secretário de Saúde para que prove acusações contra médicos

Publicado

por

A presidente do Conselho Regional de Medicina, Hildente Monteiro Fortes, disse durante live ao que vai processar o secretário de Saúde de Cuiabá, Antonio Possas de Carvalho, para que ele prove as acusações feitas contra médicos.

Em entrevista, o secretário afirmou que os médicos estão se acor vandando diante dos atendimentos aos pacientes do novo coronavírus.

Médicos por diversas reclamaram da falta de equipamentos adequados para o atendimento aos pacientes com a covid-19.

Dezenas de profissionais também estão afastados porque foram contaminados com a doença.

Comentários Facebook
Leia mais:  Secretário promete mil leitos e diz que quarentena poderá ser flexibilizada a partir do próximo mês
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana