conecte-se conosco


Política

Secretário do trabalho reúne com feirantes e vereadores de Cuiabá

Publicado

p class”msonormal””””””” style”text-align:”””” justify”””””>Na última terça-feira (05), os representantes dos feirantes
do Bairro CPAII, estiveram por duas vezes reunidos com os vereadores e com
o Secretário de Agricultura, Trabalho e
Desenvolvimento , Gilberto Gonçalo
Gomes, para cobrar esclarecimento referente ao processo de deslocamentos das
barracas.

Durante a reunião, os feirantes expuseram ao Secretário
todas as dificuldades caso seja efetivamente feita a mudança e explicavam que
parte ainda não estavam ciente da mudança de local. “Nós trabalhamos lá há 35
anos, a freguesia já sabe onde nos encontrar. Quando os responsáveis foram até
nós, falaram que o projeto já tinha três meses, mas nós não sabíamos. Só
queremos melhorias para nossa classe”, declarou a feirante Acymeire Nogueira.

O secretário Gilberto também se posicionou em relação ao
assunto e expôs os benefícios da mudança. “No novo ambiente, os feirantes irão
encontrar mais espaçamento, melhor deslocamento, acessibilidade e segurança na
parte elétrica conforme todo o trabalho já feito na área. Nós temos que fazer
isso a partir da realidade da feira e dos feirantes e isso está sendo feito.
Então quando o executivo entra em ação é para ajudar a favorecer e resolver”,
explicou.

Leia mais:  Eduardo Ramos diz que vai manter boas relações com parlamentares

A Câmara Municipal está buscando o diálogo com os órgãos
competentes para auxiliar na situação. “Assumimos um compromisso com os
feirantes, de que após a sessão iríamos recebê-los na presidência. Então, foi
feito uma reunião muito produtiva para encontrarmos uma solução. Dentro desse
diálogo marcamos essa reunião, que está acontecendo agora com secretário
Gilberto, para que ele falasse diretamente com os feirantes. Ainda conversamos
por telefone com o promotor Gerson Barbosa, que sinalizou positivamente
alinhando uma agenda com todos os envolvidos, buscando um melhor esclarecimento
da situação e um dialogo com o Mistério Público. Nos próximos dias vamos marcar
uma reunião com o prefeito Emanuel Pinheiro para que possamos construir de mãos
dadas uma solução para a feira do CPA II”, afirmou o presidente, Misael Galvão.

Os feirantes saíram da reunião com ar de agradecimento por
serem ouvidos. “A Câmara está de parabéns por nos atender, pois a nossa classe
nunca foi ouvida. A feira sempre foi livre, mas nunca tivemos um representante
e hoje estamos vendo a equipe da Câmara correr atrás e buscando o diálogo”,
finalizou Acymeire.

Leia mais:  Comissão Processante: Parecer prevê que quórum de votação deve ser maioria simples
Elizângela Tenório/ Susan Bento
Câmara Municipal de Cuiabá

Fotos Relacionadas
Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Política

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado e de governo para tratar das ações de apoio ao Líbano. Na última terça-feira (4), uma grande explosão na zona portuária de Beirute, capital do país, deixou um saldo de centenas de mortes e milhares de feridos. Ao detalhar as ações do governo brasileiro, Bolsonaro disse que convidou o ex-presidente Michel Temer, que tem ascendência libanesa, para coordenar a missão. 

“Nos próximos dias, partirá do Brasil, rumo ao Líbano, uma aeronave da Força Aérea Brasileira com medicamentos e insumos básicos de saúde, reunidos pela comunidade libanesa radicada no Brasil. Também estamos preparando o envio, por via marítima, de 4 mil toneladas de arroz, para atenuar as consequências da perda dos estoques de cereais destruídos na explosão. Estamos acertando, com o governo libanês, o envio de uma equipe técnica, multidisciplinar, para colaborar na realização da perícia da explosão. Convidei, como o meu enviado especial e chefe dessa missão, o senhor Michel Temer, filho de libaneses e ex-presidente do Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Leia mais:  Secretário de Finanças destaca avanços durante a gestão

Em nota, a assessoria de Temer informou que o ex-presidente “está honrado” com o convite. “Quando o ato for publicado no Diário Oficial serão tomadas as medidas necessárias para viabilizar a tarefa”, diz a nota.

A videoconferência foi iniciativa do presidente da França, Emmanuel Macron, e contou com a participação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do presidente do Líbano, Michel Aoun, além dos líderes de países como Egito, Catar e Jordânia, entre outros. Em seu breve pronunciamento, Bolsonaro classificou a reunião como necessária e urgente, reafirmou suas condolências às famílias das vítimas da tragédia e destacou a relação histórica entre Líbano e Brasil.

“O Brasil é lar da maior diáspora libanesa no mundo, 10 milhões de brasileiros de ascendência libanesa formam uma comunidade trabalhadora, dinâmica e participativa, que contribui de forma inestimável com o nosso país. Por essa razão, tudo que afeta o Líbano nos afeta como se fosse o nosso próprio lar e a nossa própria pátria”, disse.

Ouça na Radioagência Nacional:

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana