conecte-se conosco


Entretenimento

Saudades de “Game of Thrones”? Atores estrelam novas produções em 2019

Publicado

“Game of Thrones” chegou ao fim e, ao longo de suas oito temporadas, muitos atores ganharam um carinho especial do público, que fica órfão da trama, mas logo mais poderá prestigiar parte do elenco em outros trabalhos.

Leia também: Bom humor e nostalgia marcam despedida dos atores de “GoT” da série


Elenco de
Reprodução/Instagram

Elenco de “Game of Thrones”

Boa parte do elenco de “ Game of Thrones ” garantiu sucesso e estrelismo graças a trama e, consequentemente, também conquistou a indústria das atuações e já garantiram outros títulos hollywoodianos depois da série.

[Veja o destino dos atores da série no final desta Coluna]

Leia também: Antes e depois: veja as mudanças do elenco de “Game of Thrones”

Tributo internacional de Whitney Houston chega ao Brasil


“Whitney - Queen of the Night”
Divulgação

“Whitney – Queen of the Night”

Depois de brilhar em Londres, “Whitney – Queen of the Night” chega ao Brasil com duas apresentações no país: Rio de Janeiro, dia 01 de agosto, no Vivo Rio e em São Paulo, dia 02 de agosto, no Espaço das Américas.

Pela primeira vez em terras verde e amarela, o tributo internacional de Whitney Houston tem viajado pelo Reino Unido e Europa nos últimos três anos e registrado sucesso por onde passou.

Leia mais:  Alice Wegmann é o bote salva-vidas de “Órfãos da Terra”?

Acompanhada por uma banda ao vivo, Elesha Paul Moses interpreta Whitney Houston no espetáculo. A atriz e cantora já passou por algumas bandas, foi backing vocal de diversos artistas como Lionel Richie e passou pelos programas “The Voice” e “The X Factor”.

Hospedagem em réplica do Quartel General dos “Homens de Preto”


Hospedagem em réplica do Quartel General dos “Homens de Preto”
Divulgação

Hospedagem em réplica do Quartel General dos “Homens de Preto”

Os fãs da franquia “ Homens de Preto ” agora poderão viver uma experiência própria e única do cenário dos filmes, isso porque a réplica do Quartel General da agência, em Londres, virou estadia no Booking.com.

Desde o check-in, realizado em uma área protegida por agentes, ao saguão de entrada da sede da agência, até um banheiro de agentes secretos, tudo na acomodação foi inspirado no mundo futurista da franquia. Por lá, os hóspedes também serão convidados a explorar uma seleção original dos artefatos que os agentes usam para interagir com os aliens no filme.

O local ajuda os visitantes a entrarem no clima do 4º filme dos “Homens de Preto”, que estreia no dia 13 de junho.

Leia mais:  Paolla Oliveira exibe beleza natural e deixa pernas de fora na web

Ally Brooke no “Música na Band”


Ally Brooke no “Música na Band”
Divulgação

Ally Brooke no “Música na Band”

Conhecida pelo ex-grupo Fifth Harmony, Ally Brooke veio ao Brasil para promover sua carreira solo em maio e, durante esse tempo, concedeu uma entrevista para Rick Bonadio, no “Música na Band”.

O programa, que vai ao ar na próxima sexta-feira (24), traz diferente assuntos sobre a cantora desde a vida pessoal, passando pela infância, dificuldades no começo e a carreira solo. 

Além do bate papo com Rick Bonadio, Ally apresentou duas músicas Low Key e Vamonos , ao vivo, no “Midas Music”, com quatro bailarinos.

Próximos passos do elenco de “Game of Thrones”

  • Lena Headey


Divulgação

Lena Headey

Cersei Lannister, ou melhor Lena Headey, chegou as telonas com o longa “Lutando Pela Família”, uma comédia sobre luta-livre com Dwayne Johnson. Nos EUA o filme estreou em fevereiro e no Brasil ainda não tem data para chegar. 

  • Emilia Clarke


Divulgação

Emilia Clarke

A eterna Mãe dos Dragões vai brilhar no final do ano com “Last Christmas”. O romance tem temática natalina e estrela também Henry Golding.

Leia também: Atriz que faz Cersei em “Game of Thrones” recebe US$ 48 mil por minuto no 8º ano

  • Sophie Turner


Reprodução/HBO

Sophie Turner

Além de Sansa Stark em “ Game of Thrones ”, Sophie Turner também é Jean Grey em “X-Men” e em junho chega aos cinemas para finalizar a franquia com “X-Men: Fênix Negra”. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Roteirista de “Bright”, da Netflix, recebe novas acusações de abuso sexual

Publicado

por

Max Landis, roteirista do filme “Bright”, foi acusado novamente de abuso sexual. De acordo com uma reportagem especial do site Daily Beast , oito mulheres contaram seus relatos, detalhando os abusos. 

Leia também: Acusado de assédio, Cuba Gooding Jr. alega inocência; investigação continua

Max Landis
Reprodução/Instagram

Max Landis é acusado de abuso sexual por oito mulheres


A reportagem começa com a declaração de Ani Baker, ex-namorada do roteirista, que publicou uma mensagem em seu Instagram. “Se você encontrou minha página via Max Landis , oi. Eu vou te falar algumas informações sobre ele, porque a experiência/relacionamento com essa pessoa é realmente destrutivo, cheia de dor e um trabalho emocional que você não precisa gastar a sua energia e tempo”, declarou.

Leia também: Caio Blat curte comentário de fã e renova polêmica de assédio

Baker recebeu diversas histórias de outras mulheres que também acusaram o cineasta de ter sido abusivo. Umas delas, Julie (que teve seu nome verdadeiro trocado), contou que se relacionou com Landis por dois anos.

Leia mais:  Ex namorada de Ruby Rose acusa a atriz de assédio em discussão nas redes sociais

“Isso se tornou obscuro e sombrio, conforme nosso relacionamento se tornava mais tumultuado. Isso me levou a ser mais abusada. Ele disse que me ver chorando o excitava e ele gritava e me humilhava até que eu chorava. Depois, ele fazia sexo comigo enquanto eu continuava a chorar, sem nenhum respeito ou esforço para fazer as coisas direito. Ele me sufocou até eu desmaiar e fez coisas degradantes que eu não consigo escrever no papel”, afirmou.

Leia também: Kevin Spacey comparece, de surpresa, a julgamento por assédio

Uma outra jovem, Verônica, também relatou ter sido abusada por Max, dizendo que ele tentou fazer sexo com ela em um hotel. “Eu disse que estava desconfortável com a situação e não queria novamente. Ele ficou furioso e começou a gritar comigo, e jogou as coisas no quarto do hotel. Eu encolhi em um canto do quarto e ele se queixou que eu não estava sendo um bom encontro”, disse.

Esta não é a primeira vez que Max é acusado de algo tão grave. Em 2017, após o lançamento de “ Bright ”, ele também foi acusado de abuso sexual e assédio por uma atriz, Anna Akana. A partir daí, outras acusações contra ele vieram à tona.

Leia mais:  Spike Lee, volta de “Lucifer” e série do criador de “Revenge” em maio na Netflix

Além do filme da Netflix, Max Landis também escreveu “Poder Sem Limites”, estrelado por Michael B. Jordan em 2012. Além disso, ele é filho do lendário cineasta John Landis, diretor de “Um Lobisomem Amricano em Londres”. Os dois, inclusive, trabalham num remake do filme. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana