conecte-se conosco


Polícia

Rotam recupera televisores furtados de loja e prende mais três homens envolvidos no crime

Publicado

Uma equipe da Rotam prendeu no sábado (17.04), três homens (18, 20 e 43 anos), por receptação. O grupo estava envolvido no furto de uma loja de eletrodomésticos, no bairro Pedra 90, ocorrido no dia 12 deste mês. Na ocasião, quatros criminosos foram presos em flagrante e televisores recuperados.

 

A informação via disque-denúncia apontava que um dos suspeitos estaria com vários televisores escondidos. No endereço do denunciado, ele confirmou a participação no crime, mas teria passado os aparelhos para outro homem, morador na comunidade do Cinturão Verde. Disse que os aparelhos estariam na casa do tio dele. Os dois também estariam envolvidos no furto.

No imóvel, o segundo apontado confirmou a participação. Ele levou os policiais até o local onde tinha escondido três televisores, nos fundo de uma chácara. Os aparelhos estavam entre plásticos e lonas.

O terceiro suspeito foi rendido em uma casa no bairro Dom Aquilo. Sua localização contou com auxilio do rastreamento por ser monitoramento por tornozeleira eletrônica. Foi mantido contato com o gerente da loja para se apresentar no Cisc Verdão para onde os suspeitos e os aparelhos foram levados.

Comentários Facebook
Leia mais:  Acadepol inicia curso de formação de 15 novos delegados que atuarão no interior do Estado
publicidade

Polícia

Operação Sinal Vermelho cumpre medidas judiciais e afasta secretário de mobilidade urbana de Cuiabá

Publicado

Os trabalhos partiram de análises realizadas por auditores do TCE-MT, por meio da qual foram identificadas diversas irregularidades no sistema de semáforos inteligentes adquiridos pela Prefeitura da Capital

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR), deflagrou na manhã desta quarta-feira (05.5) a operação “Sinal Vermelho”, após a conclusão dos trabalhos investigativos envolvendo a rede de semáforos adquiridos pela Prefeitura da Capital.  As medidas foram deferidas pela juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Ana Cristina Silva Mendes.

Os trabalhos partiram de análises realizadas por auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), por meio da qual foram identificadas diversas irregularidades no sistema de semáforos inteligentes adquiridos pela Prefeitura de Cuiabá ao valor de R$ 15.447.745,12.

A contratação ocorreu por meio de adesão a uma ata do município de Aracajú (SE). Os auditores do TCE identificaram a inviabilidade do funcionamento do controle remoto de priorização de transporte público adquirido pela Prefeitura de Cuiabá, pois em Aracajú há o modal BRT que viabiliza o funcionamento, enquanto que na capital mato-grossense não existe tal modalidade de transporte, impossibilitando o cumprimento dessa parte do objeto contratual.

Leia mais:  Suspeito de roubo a residência é preso horas após o crime

Ao analisar o relatório de auditoria, a Delegacia de Combate à Corrupção verificou que ao promover a contratação na forma detectada, com a impossibilidade de realizar o controle remoto de priorização de transporte público, entende-se que houve um dano ao erário no valor de R$ 553.884,32 em face da liquidação do item 13 do Contrato nº 258/2017 “Software de Gerenciamento Semafórico Spinnaker/EMTRAC”, diante da impossibilidade de funcionamento, uma vez que há ausência de comunicação do sistema.

Após todas as análises dos documentos foi deferida judicialmente a  medida cautelar de afastamento do cargo do secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá, bem como o bloqueio de valores até o limite de R$ 553.884,32 (quinhentos e cinquenta e três mil, oitocentos e oitenta e quatro reais e trinta e dois centavos), em face do secretário, do representante legal da empresa contratada e nas contas da própria empresa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana