conecte-se conosco


Tecnologia

Resgatando as fotos da infância: app Remini aumenta a qualidade das imagens

Publicado

remini arrow-options
Arquivo Pessoal/Ila Fox

A internauta Ila Fox conseguiu recuperar uma foto da sua infância com o Remini.


Sabe aquela foto antiga que mal dá para enxergar a fisionomia das pessoas? Ou aquela imagem que você fez em uma festa e acabou desfocando no rosto dos seus amigos? Saiba que agora elas têm salvação. Um aplicativo , chamado Remini , promete aumentar a qualidade de imagens, e acabou caindo no gosto popular. 

Leia também: Não são só as três câmeras: inteligência artificial dá a Apple as melhores fotos

O Remini faz uso de inteligência artificial para corrigir imagens embaçadas, danificadas, compactadas ou em baixa resolução. Com a tecnologia, o aplicativo é capaz de reconstruir os rostos até em imagens com a qualidade realmente ruim


Apesar dos resultados impressionantes, internautas apontaram para alguns casos em que o app não funciona muito bem. Alguns reclamaram de um resultado um pouco artificial ou exagerado em fotos muito antigas – e, portanto, com resolução muito baixa. Outros apontaram que o aplicativo funciona melhor em fotografias retrato, quando em comparação com imagens em que há várias pessoas. 

Leia mais:  Rainha Elizabeth publica foto no Instagram pela primeira vez

Leia também: Os melhores apps de foto para substituir a câmera do seu celular

De qualquer forma, o aplicativo caiu no gosto das pessoas, que estão compartilhando suas fotos restauradas nas redes sociais . Kentaro Mori é um deles, e conta que o aplicativo foi de grande ajuda para recuperar as memórias da família. A casa de seus pais foi invadida, e a família acabou perdendo muitas fotos e negativos. De alguns momentos, sobraram apenas fotos das fotos, que foi justamente o material que Kentaro usou no Remini. “Foi ótimo ver a reconstrução que o aplicativo fez. Nem sempre o resultado é tão bom, mas mesmo quando não é, já ajuda a recuperar memórias”, conta. 

Remini arrow-options
Arquivo Pessoal/Kentaro Mori

Kentaro conseguiu recuperar suas fotos de família.


Como utilizar o Remini

O aplicativo Remini está disponível tanto para Android quanto para iOS . Em ambos os sistemas operacionais , o download é gratuito, e o usuário tem o direito a editar três fotos por dia . Para utilizar o app além desta cota, é preciso realizar um pagamento dentro do aplicativo. 

remini arrow-options
Captura de tela

O aplicativo Remini é simples e fácil de usar.

Leia mais:  Como empresas e redes online combatem assédio virtual contra a mulher


A interface do Remini é bastante intuitiva, e para começar a editar é só criar uma conta básica e, depois, escolher as fotos. A conta pode ser criada através de um email ou logando com a conta do Facebook ou do Google . Nesses casos, vale a tradicional dica de segurança: melhor fazer o cadastro via email, já que quanto menos aplicativos associados às contas do Facebook e do Google, melhor. 

Leia também: Samsung testa câmera periscópio no Galaxy S11; celular deve ter lente com 100 MP

Depois, é só aproveitar o aplicativo para salvar suas fotos antigas. Será que em breve essa tecnologia chega de forma nativa às câmeras dos celulares? 

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Xiaomi lança trena a laser que pode medir até 40 metros de distância

Publicado

por

Olhar Digital

A Xiaomi é uma empresa conhecida principalmente por conta dos seus smartphones que alinham desempenho com preços mais acessíveis, sobretudo no Brasil . Porém, a marca possui uma variedade gigante de produtos, muitos existentes apenas em mercados alternativos, como Índia e a própria China .

Estoque do Xiaomi Mi 10 acaba em um minuto na China

Cama, capacete, mochila, bebedouro para gatos e diversos eletrodomésticos são apenas alguns exemplos. Agora, a empresa anunciou mais uma novidade: uma trena a laser .

Reprodução

O dispositivo é mais voltado para profissionais de obras e segmentos que necessitam medir distâncias longas e precisas . O Xiaomi Duka tem a capacidade de medir até 40 metros.

Anatel limita número de chips pré-pagos por CPF; entenda o motivo

Em comunicado, a empresa afirma que “não será mais preciso pedir ajuda para medir o seu quarto, algum objeto ou até mesmo ferramentas de trabalho. O novo dispositivo oferece medição precisa usando um laser de alta potência”.

Reprodução

A bateria do equipamento é surpreendente. Com 200 mAh, é possível fazer até 3.500 medições por carga. A trena é feita inteiramente de alumínio e, além de distância, é possível calcular o volume de salas , ângulos , diagonais e muito mais. O Xiaomi Duka vai ser vendido na China e na Europa com preço de 23 euros, aproximadamente R$ 111. Não há previsão para lançamento no Brasil .

Leia mais:  Youtuber cria sua própria versão do novo iPhone: “Demorou cerca de 258 horas”

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana