conecte-se conosco


Entretenimento

Representando seu grito mudo, Tiago Abravanel posa para projeto “Feito Tatuagem”

Publicado

Se quiserem, o fotógrafo Sérgio Santoian e a maquiadora Louise Helene já podem soltar um grito, assim, desesperadamente mudo, mas com a dimensão sublime da alegria. Um dos motivos? O sucesso do projeto “Feito Tatuagem”, que eles idealizaram e que conta com a participação de muita gente bacana.

Leia também: Osmar Silveira aplaude Cássio Scapin como Santos Dumont no teatro

Tiago Abravanel arrow-options
Sergio Santoian

Tiago Abravanel


Caso de Tiago Abravanel, que, após quase seis anos de Globo envolvido em novelas, seriado e atrações de música e dança, estreou no comando de um reality show gastronômico no SBT . Coube ao ator e apresentador expressar o significado de “sonhar”.

Paloma Bernardi arrow-options
Sergio Santoian

Paloma Bernardi


“A ideia é justamente essa: mostrar o ‘grito mudo’ de cada artista convidado”, explicou Santoian, um dos profissionais mais conceituados da contemporaneidade, minutos antes de confirmar uma exposição para o segundo semestre e o lançamento de um livro para o ano que vem.

Pensa que parou por aí? Natallia Rodrigues, Leopoldo Pacheco, Paloma Bernardi e Dudu Pelizzari (com o filho, o fofo Ben), também toparam o desafio e posaram cheios de referências, de amor, de urgência e de atitude.

Dudu Pelizzari arrow-options
sergio santoian

Dudu Pelizzari


“De todos esses seis anos de amizade e muitos ensaios já feitos, esse, sem sombra de dúvidas, foi o mais especial e inesquecível. Te amo, meu poeta da imagem”, declarou Dudu, clicado com palavras que remetiam à família e paternidade. Sucesso!

Leia também: Casamenteira, Sabrina Sato dá uma nova roupagem para o “Domingo Show”; confira!

Tá com tudo e não está prosa! 

Longe do estereótipo de que homem não se preocupa com a aparência, Sidney Sampaio, que viveu o delegado André, na novela “Topíssima”, permaneceu uma semana internado no SPA Tour Life, em Montenegro (a 50 km de Porto Alegre), sob os cuidados do doutor Édio Schaurich e relatou que gostou muito da experiência.

Sidney Sampaio arrow-options
Divulgação

Sidney Sampaio


“Obrigado pelo carinho, mestre! Estar aí transformou a minha vida”, manifestou-se o ator, insinuando que devia o seu novo visual à clínica médica. Não à toa, publicou uma foto se exercitando na academia e ainda pediu para compararem o antes e depois: houve uma redução de tamanho da cintura de 10 centímetros e de pescoço de 4 centímetros. Mais do que isso. Eliminou 4,6 kg.

Assim como Rafael Almeida, Walter Casagrande Júnior e Roberto Cabrini, o ator, que encerrou seu contrato com a RecordTV, optou pelo protocolo “Semana Detox”, que conta com aulas sobre fisiologia do corpo humano, etiologia das doenças, ciência dos alimentos, manejo das emoções e culinária funcional, entre outros procedimentos.

Sidney Sampaio e o médico Édio Schaurich arrow-options
Divulgação

Sidney Sampaio e o médico Édio Schaurich


“Ficou mais lindo ainda”, “Para mim é como vinho, só melhora com o tempo” e “Que homem!” foram alguns dos muitos elogios que o artista recebeu de seus seguidores no Instagram.

Leia também: Keila Lima celebra ótima fase da carreira em programa vespertino

Outro motivo de alegria para Sidney é o bem-sucedido transplante capilar realizado na primeira semana de 2020 com a dermatologista Montaha Jurdi, fundadora da cirurgia robótica, que atende em Manaus, no Amazonas.

“Ela está atualizada com o que há de melhor no segmento e eu estou superfeliz com o resultado”, destacou o bonitão, que, ao lado de Antonia Morais, protagoniza o longa-metragem “A Força de um Sorriso”, que conta a história de superação do casal de empreendedores Carla Sarni e Cléber Soares. A previsão de lançamento é para o primeiro semestre deste ano.

Leia mais:  Fora do “Auto Esporte”, Millena Machado se dedica a projeto social

Um cara sangue bom

Jonas Sulzbach arrow-options
Reprodução/Instagram

Jonas Sulzbach


Jonas Sulzbach desmentiu os rumores de que saiu em defesa da noiva, a digital influencer Mari Gonzales, uma das confinadas da nova edição do “Big Brother Brasil”, após Anitta citar no Instagram Stories que estava se atualizando sobre o reality show e frisar “que entrou um pessoal famoso, não sei o quê, mas só consigo pensar em uma coisa: quem vai lavar a louça? Quem vai varrer o chão? Quem vai fazer a comida? Assim, só pra gente entender”.

Jonas Sulzbach arrow-options
Reprodução/Instagram

Jonas Sulzbach


Pensa que parou por aí? “Ué, só disse verdades a respeito da minha mulher. Faz isso e muito mais. Não foi para alfinetar ninguém, não”, explicou o instrutor de Mahamudra, que esteve no “BBB” em 2012, pondo fim ao blábláblá.

Como não morrer de amor?

Mariah Carey arrow-options
Reprodução/Instagram

Mariah Carey


Mariah Carey, que entrou para o Guinness Book com All I Want For Christmas Is You , 25 anos após o lançamento do clássico natalino, não é só querida com famosos, não. Quem garante isso é um fã brasileiro da estrela norte-americana que esteve em uma das recentes apresentações ocorridas no palco do The Colosseum at Caesars Palace, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Leia também: Nome de Amanda Françozo é lembrado pelos dirigentes da escola de samba Vai-Vai


“Nunca pensei que iria abraçá-la duas vezes no mesmo ano e ser recebido com tanto carinho. Quando cheguei para tirar foto, ela já foi falando sobre a minha tatuagem no peito: empurrãozinho que precisava para expressar a vontade de tatuar com a letra dela a música de seu repertório que me fez entender um monte de coisa na vida.

Aí, após elogiar as minhas pulseiras, escreveu ‘Outside’ no meu braço”, narrou o rapaz, sem esconder a animação e tampouco os elogios. Algo me diz que o veremos com um “novo rabisco” por aí…

Mundo de cores e sabores

Quem costuma circular pelo bairro Campos Elíseos, em São Paulo, já não se surpreende em ver filas enormes tomando conta da fachada do Jabuticaba em Flor. Sob o comando de Jaque Alves, que era do Cereja Flor, o charmoso espaço, localizado dentro da Casa Da Don’Anna, reuniu um time de famosos no dia de sua inauguração.

Jaque Alves, Yudi Tamashiro e Rita Cadillac arrow-options
Divulgação

Jaque Alves, Yudi Tamashiro e Rita Cadillac


Dentre eles, Yudi Tamashiro, Rita Cadillac, Dudu Camargo, Li Martins, Simone Sampaio, Patrícia Lucchesi e os ex-participantes do reality show “Power Couple Brasil”, da RecordTV, Nizzo Neto e Tati Presser, que também foram surpreendidos com as famosas e exclusivas (diga-se passagem!) taças lambuzadas de chocolate. “Vem muita novidade e outras coisas gostosas por aí”, mandou avisar a badalada chef pâtissier durante rápida conversa com a coluna.

Sinais dos tempos

Se antes o que se via era uma relação cordial entre duas celebs, agora sobram farpas, queimadas de filme, provocações e carões. Tudo porque uma não suporta ver as conquistas da outra. Uma delas, aliás, não abre mão de uma dose extra de desconforto nas redes sociais.

Vive com indiretas e naquela agonia de incitar o caos no perfil alheio. Mas um detalhe chama a atenção: os fãs que ouvem as tais coordenadas são os mesmos que saem contando e entregando tudo por aí. Xiii!

Leia mais:  Filme maldito de Terry Gilliam, “O Homem que Matou Dom Quixote” chega ao Brasil

Conta Bandeira

Mais destaques da coluna de Marcelo Bandeira arrow-options
Divulgação

Mais destaques da coluna de Marcelo Bandeira


• Renata Maron não cabe em si de tanta felicidade. Há 16 anos na TV fechada e especializada em assuntos do agro, a jornalista passa a apresentar um quadro no “Café com Jornal”, da Band , com destaques do setor do agronegócio. A apresentadora estará presente todas as segundas, quartas e sextas. Atualmente, ela comanda o programa “Bem da Terra”, ao vivo, para todo o Brasil nos canai s Terra Viva e Band Internacional entre 8h e 9h30.

• Rainha de bateria da Salgueiro, Viviane Araújo não para: treina todos os dias, exceto aos domingos. “Faço musculação e também gosto de correr na praia”, revelou a atriz, que é adepta do desafio Detox Turbo, criado pela consultora fitness Vanessa Rangeli. “Quando quero dar uma secada rápida, uso o detox da Van, que vem com sucos e sopas desintoxicantes. Agora estou visando o carnaval, então, é fundamental aliar uma boa alimentação à atividade física”, explicou Vivi, que pesa, em média, 63 kg e tem 1,65m de altura.

• Depois de se formar como instrutora de yoga na Índia, Carol Magno, que também é atriz e carrega no currículo algumas participações em novelas da Globo , como “Flor do Caribe”, “Pé na Jaca”, “A Favorita” e “Babilônia”, retorna ao país asiático para se aperfeiçoar em ayurvédica, que tem como foco a harmonia entre corpo, mente e alma. “Quero poder oferecer uma prática mais completa para meus alunos, cuidar deles de dentro para fora e poder conduzi-los a uma vida melhor e mais saudável”, finalizou.

• A quinta edição do concurso “Prinss”, da Máfia Brasileira, marcada para o dia 26 de abril, na Mansão Ferrara, em São Paulo, promete ser ainda mais especial.

Que o digam Mileide Mihaile e Diana Oliveira, uma das assistentes de palco do programa “Domingo Legal”, do SBT , convidadas da marca de roupas femininas. Serão seis finalistas e cada uma levará mil reais e um ensaio fotográfico. Já a grande campeã abocanhará o prêmio de R$ 5 mil. Ah, e as inscrições já estão abertas!

• Melissa Biscoto, da Mel Shopper, foi a responsável por auxiliar Andressa Ferreira e Thammy Miranda na hora da tão sonhada escolha do enxoval do pequeno Bento, que veio ao mundo no dia 8 de janeiro, em Miami, nos Estados Unidos, com 4 Kg e 53 cm. A personal shopper (profissional especializada em compras de roupas) indicou cadeira de carro, carrinho compacto, berço portátil e cadeira de alimentação.

À coluna, Mel contou que já prestou assessoria para Karina Bacchi – que faz pedido até por videoconferência – à ex-BBB Adriana Sant’Anna, a cantora Thaeme, entre outras. O roteiro fashion pela Flórida dura até três dias e inclui visitas em dez lojas.

• Aproveitando que as câmeras da “casa mais vigiada do país” estão focadas em novos brothers, Juliano Mendes, que é conhecido por cuidar da imagem de diversos ex-participantes de reality shows, deixou escapar que já tem os seus preferidos entre os integrantes do grupo Camarote (famosos convidados) e os competidores da equipe Pipoca (anônimos inscritos), mas preferiu a discrição.

Não revelou nomes e ainda saiu pela tangente. Engana-se, porém, quem pensa que o bate-papo acabou por aí. Perguntado sobre o início de seu trabalho como assessor de imprensa, ele relembrou que tudo começou em 2014 com os ex-BBB’s Diego Grossi e Franciele Almeida, que, aliás, continuam como clientes até hoje!

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

A Voz do Brasil faz 85 anos

Publicado

O programa de rádio A Voz do Brasil completa 85 anos nesta quarta-feira (22). Idade avançada para pessoas e para instituições no Brasil. Uma frase atribuída a Leonardo da Vinci, que morreu idoso para o seu tempo (aos 67 anos), sentencia que “a vida bem preenchida torna-se longa”.

Em oito décadas e meia, A Voz do Brasil preencheu a vida dos ouvintes com notícias sobre 23 presidentes, em mandatos longínquos ou breves. Cobriu 12 eleições presidenciais, e manteve-se no ar durante a vigência de cinco constituições (1934, 1937, 1946, 1967 e 1988).

programa cobriu a deposição dos presidentes Getúlio Vargas (1945) e João Goulart (1964), o suicídio de Vargas (1954), a redemocratização do país em dois momentos (1946 e 1985), o impeachment e renúncia de Fernando Collor (1992) e o impeachment de Dilma Rousseff (2016).

Além de notícias dos palácios do governo federal, A Voz do Brasil levou aos ouvintes informações sobre a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). O programa narrou as conquistas do país em cinco Copas do Mundo e a derrota em duas – a mais traumática em 1950. A Voz registrou a inauguração de Brasília (1960) e cobriu a morte de ídolos como Carmen Miranda (1955) e Ayrton Senna (1994).

Pelo rádio, e pela A Voz do Brasil, muitos brasileiros souberam da invenção da pílula anticoncepcional (1960), da descida do homem na Lua (1969), dos primeiros passos da telefonia móvel (1973), da queda do Muro de Berlim (1989) e da clonagem da ovelha Dolly (1998).

Leia mais:  Fora do “Auto Esporte”, Millena Machado se dedica a projeto social

Vida longa

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF.
Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF. – Arquivo Nacional

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Leia mais:  Gracyanne Barbosa sensualiza com bumbum em evidência nas redes sociais

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana