conecte-se conosco


Entretenimento

Relembre os famosos presos por violência doméstica

Publicado

Infelizmente algumas celebridades
, que são admiradas por seus trabalhos públicos, não servem como bons exemplos aos fãs por terem históricos pessoais nada atraentes. Inclusive,  c
asos
de famosos presos por violência doméstica se fazem presentes no “currículo” de algumas personalidades.

Leia também: Luiza Brunet, Rihanna e as famosas que já foram vítimas de violência doméstica


Famosos presos por violência doméstica
Reprodução/ Divulgação

Famosos presos por violência doméstica

Por diversas vezes as manchetes já foram marcadas por nomes famosos que praticaram violência contra seus companheiros. Pensando nisso o iG Gente
separou uma lista para você relembrar os  famosos presos por violência doméstica
; veja:

Leia também: Violência doméstica explica diferença entre os casos Marcos Harter e José Mayer

Jason James Richter


Famosos presos por violência doméstica: Jason James Richter
Reprodução/ Instagram

Famosos presos por violência doméstica: Jason James Richter

Recentemente, Jason James Richter, que ficou conhecido por ser ator da trilogia “Free Willy”  nos anos 90 foi preso no Vale de San Fernando, na Califórnia, acusado de violência doméstica contra a namorada. Ele passou duas noites na prisão até ser libertado sob fiança de 20 mil dólares.

O ator entrou em uma suposta discussão com sua namorada após desconfiar que ela estava tendo um caso com um colega de trabalho. A namorada dele procurou a polícia horas depois do ocorrido, alegando violência doméstica e dizendo que ele a agarrou pelos pulsos. 

Darlan Cunha


Famosos presos por violência doméstica: Darlan Cunha
Divulgação

Famosos presos por violência doméstica: Darlan Cunha

Em março deste ano, Darlan Cunha,  que ficou conhecido como o personagem Laranjinha em “Cidade de Deus”, foi preso no Morro da Babilônia, no Leme, Rio de Janeiro. 

Darlan foi preso após a polícia local, que estava fazendo um patrulhamento na área,  verificar possíveis pendências judiciais em seu nome. Diante das pesquisas, as autoridades encontraram um mandado de prisão contra o ator por lesão corporal e violência doméstica ocasionando a prisão imediata.

Em 2013 sua então namorada procurou a polícia e fez uma denúncia contra o ator. De acordo com ela, ele a agrediu e a trancou no apartamento onde morava, no Vidigal, Zona Sul do Rio. O caso chegou a ter um inquérito para apurar os crimes de lesão corporal dolosa, com base na Lei Maria da Penha, e cárcere privado.

No entanto, a própria namorada teria retirado a queixa contra Darlan, pouco tempo depois, e em audiência no Juizado da Violência Doméstica, teria sido decidido pela juíza Ana Paula Delduque que o ator não apresentava nenhuma ameaça à menor. Na época uma foto da adolescente, que tinha 16 anos, com um hematoma no olho esquerdo repercutiu pela internet.

Leia mais:  Exposição de Dia das Mães ressalta o poder de contar histórias para os filhos

Naldo Benny


Famosos presos por violência doméstica: Naldo Benny
Anderson Borde/AgNews

Famosos presos por violência doméstica: Naldo Benny

No final de 2017, um dos casos que repercutiu na mídia foi o de Naldo Benny, que teve prisão decretada após a denúncia de agressão de sua esposa, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho. Na ocasião o cantor foi encaminhado para a delegacia, mas acabou sendo liberado ao pagar fiança.

De acordo com o depoimento de Ellen, Naldo a agrediu e o mesmo incidente já havia acontecido anteriormente. Na época a polícia cumpriu o mandato e, ao chegar na casa do cantor, encontrou uma pistola e quatro munições.

Charlie Sheen


Famosos presos por violência doméstica: Charlie Sheen
Divulgação

Famosos presos por violência doméstica: Charlie Sheen

Em 2008 Charlie Sheen se casou com Brooke Mueller e no ano seguinte o ator de “Two And a Half Men” passou o Natal em uma delegacia do Colorado, EUA, após ser preso acusado de violência doméstica e de ameaça a sua mulher. No entanto, foi liberado depois de pagar 8.500 dólares de fiança.

Na ocasião a polícia recebeu uma chamada de emergência contra Sheen logo de manhã. O ator foi detido assim que as autoridades chegaram ao local e o encaminharam para a prisão. A ação foi consequência de uma briga do casal, que meses antes havia ganhado os gêmeos Bobe e Max.

Ozzy Osbourne


Famosos presos por violência doméstica: Ozzy Osbourne
Divulgação

Famosos presos por violência doméstica: Ozzy Osbourne

Nos anos 80 um dos casos que tomou a mídia foi quando Ozzy Osbourne foi denunciado pela esposa, Sharon Osbourne, por tentativa de homicídio. De acordo com ela, o cantor a agarrou pelo pescoço e tentou estrangulá-la. O roqueiro chegou a ser preso na casa do casal em Buckinghamshire, em Londres. Logo, as celebridades terminaram a relação, mas meses depois  reataram. De acordo com o músico, os problemas estavam relacionados a bebidas e drogas.

Jon Koppenhaver


Famosos presos por violência doméstica: Jon Koppenhaver
Reprodução/ Instagram

Famosos presos por violência doméstica: Jon Koppenhaver

Quem não pode faltar na lista de famosos que já foram presos por violência doméstica é Jon Koppenhaver, conhecido como War Machine. Ele foi preso em 2014 após ter agredido sua namorada, a atriz pornográfica Christy Mack, Mack, que teve dentes quebrados e fraturas nas costelas e no fígado.

Na ocasião o ex-lutador de UFC também agrediu o amigo de Mack, Corey Thomas, que  recebeu socos e foi estrangulado, resultando em uma fratura no nariz, um ombro deslocado, e muitos hematomas, além de marcas de mordidas. Na época a atriz compartilhou fotos nas redes sociais, e em 2017 o ex-lutador foi condenado à prisão perpétua, com a possibilidade de sair em liberdade condicional após 36 anos na prisão. 

Leia mais:  Fátima Bernardes se veste de Hebe para homenagear apresentadora no “Encontro”

Yuri Fernandes


Famosos presos por violência doméstica: Yuri Fernandes
Caio Duran e Eduardo Martins / CDC Shows e Eventos

Famosos presos por violência doméstica: Yuri Fernandes

Yuri Fernandes, que ficou conhecido por participar do reality show “BBB 13”, foi detido em flagrante no ano seguinte do confinamento e encaminhado para Delegacia da Mulher de Alagoas, Maceió,  acusado de agredir a namorada Ângela Souza, dançarina do “Domingão do Faustão”. A prisão, no entanto, durou poucas horas, pois no dia seguinte do ataque o ex-BBB foi solto e saiu acompanhado de seu advogado.

Marie Avgeropoulos


Famosos presos por violência doméstica: Marie Avgeropoulos
Reprodução

Famosos presos por violência doméstica: Marie Avgeropoulos

Em setembro deste ano Marie Avgeropoulos, que interpreta Octavia Blake na série “The 100”, foi acusada de agredir o namorado em Los Angeles, nos Estados Unidos e logo passou a ser uma das celebridades que já passou pela prisão. Na época o TMZ
informou que o namorado da atriz ligou para a polícia angustiado alegando que sofreu uma série de agressões de Avgeropoulos após uma discussão verbal. 

Quando as autoridades chegaram na casa de Marie e seu namorado, viram o homem com vários hematomas pelo corpo, logo, a artista foi presa. No entanto, o namorado da atriz não queria que ela fosse presa e chegou a implorar  para que os policiais não a levassem embora. Inclusive, ele mesmo quem a liberou depois de pagar uma fiança de U$ 50.000.

Weston Cage


Famosos presos por violência doméstica: Weston Cage
Reprodução/ Instagram

Famosos presos por violência doméstica: Weston Cage

Weston Cage, mais conhecido como filho de Nicolas Cage, foi preso em 2011, em Los Angeles, EUA, na época com 20 anos, após denúncias de violência doméstica por uma briga com a esposa Nikki Williamsm que estava grávida. 

Naya Riviera


Famosos presos por violência doméstica: Naya Rivera
Reprodução

Famosos presos por violência doméstica: Naya Rivera

Em 2017, Naya Riviera, uma das celebridades da série “ Glee ”, foi presa nos Estados Unidos acusada de violência doméstica contra o seu marido, Ryan Dorsey. De acordo com as autoridades, o incidente aconteceu quando a polícia foi chamada à casa do casal por conta de uma situação doméstica.

Para a polícia o marido da atriz alegou ter sido tingido na cabeça e no lábio inferior enquanto levava os filhos para uma caminhada. Dorsey entregou à polícia um vídeo de celular que continha o momento da agressão. Após o episódio caótico entre o casal, Naya pagou uma fiança de mil dólares e foi liberada.

Leia também: Como os relacionamentos abusivos são retratados na TV

Heather Locklear


Famosos presos por violência doméstica: Heather Locklear
Reprodução

Famosos presos por violência doméstica: Heather Locklear

Em fevereiro, Heather Locklear, conhecida por sua participação na série de televisão dos anos 90 “Melrose Place”, foi presa na Califórnia, Estados Unidos, entrou para a lista dos famosos presos por violência doméstica
. A atriz agrediu seu namorado e foi denunciada pelo próprio irmão. Pouco tempo depois ela foi liberada e hospitalizada por uma suposta overdose.

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

A Voz do Brasil faz 85 anos

Publicado

O programa de rádio A Voz do Brasil completa 85 anos nesta quarta-feira (22). Idade avançada para pessoas e para instituições no Brasil. Uma frase atribuída a Leonardo da Vinci, que morreu idoso para o seu tempo (aos 67 anos), sentencia que “a vida bem preenchida torna-se longa”.

Em oito décadas e meia, A Voz do Brasil preencheu a vida dos ouvintes com notícias sobre 23 presidentes, em mandatos longínquos ou breves. Cobriu 12 eleições presidenciais, e manteve-se no ar durante a vigência de cinco constituições (1934, 1937, 1946, 1967 e 1988).

programa cobriu a deposição dos presidentes Getúlio Vargas (1945) e João Goulart (1964), o suicídio de Vargas (1954), a redemocratização do país em dois momentos (1946 e 1985), o impeachment e renúncia de Fernando Collor (1992) e o impeachment de Dilma Rousseff (2016).

Além de notícias dos palácios do governo federal, A Voz do Brasil levou aos ouvintes informações sobre a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). O programa narrou as conquistas do país em cinco Copas do Mundo e a derrota em duas – a mais traumática em 1950. A Voz registrou a inauguração de Brasília (1960) e cobriu a morte de ídolos como Carmen Miranda (1955) e Ayrton Senna (1994).

Pelo rádio, e pela A Voz do Brasil, muitos brasileiros souberam da invenção da pílula anticoncepcional (1960), da descida do homem na Lua (1969), dos primeiros passos da telefonia móvel (1973), da queda do Muro de Berlim (1989) e da clonagem da ovelha Dolly (1998).

Leia mais:  Do fim ao reencontro: tudo o que aconteceu na vida e carreira de Sandy e Junior

Vida longa

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF.
Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF. – Arquivo Nacional

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Leia mais:  10 famosos que curtirão o primeiro Dia dos Pais neste ano

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana