conecte-se conosco


Mato Grosso

Recadastramento de servidores ativos começa dia 1º de novembro

Publicado

Atualização cadastral de 2020 estará interligada ao Banco de Talentos; informações poderão usadas no redimensionamento da força de trabalho

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão, começa no próximo dia 1º de novembro a atualização cadastral periódica dos servidores ativos e empregados públicos do Estado. Este ano o recadastramento obrigatório será realizado através do Portal do Servidor e estará interligado à ferramenta Banco de Talentos disponibilizada em março deste ano a todos os órgãos do Executivo. A Instrução Normativa que regulamenta a decisão foi publicada nesta quarta-feira (28) no Diário Oficial.

O recadastramento segue até 15 de dezembro e quem não atualizar os dados terá o salário suspenso até a efetiva regularização cadastral. Outra novidade este ano é que algumas informações utilizadas pelos sistemas Aplic do Tribunal de Contas do Estado e Social do Governo Federal também serão solicitadas. Cerca de 50 mil servidores e empregados públicos ativos deverão se recadastrar.

Também serão solicitadas confirmação e atualização de dados pessoais e dos dependentes, documento de identificação e comprovante de endereço legíveis, confirmação de dados acadêmicos, de capacitação e informações funcionais, bem como a indicação por meio da matrícula da chefia imediata ou do responsável pela unidade de Gestão de Pessoas para validação do vínculo funcional.

Leia mais:  Produtores rurais já podem emitir nota fiscal eletrônica

Vale lembrar que para acessar o Portal do Servidor, o servidor deverá estar com e-mail atualizado no Sistema Estadual de Gestão de Pessoas (Seap). Caso contrário, a atualização deverá ser solicitada na setorial de Gestão de Pessoas do órgão de origem.

A inserção de dados falsos na atualização cadastral será apurada mediante procedimento disciplinar, mantida a possibilidade de aplicação das demais penalidades previstas em lei. O descumprimento da obrigação da atualização cadastral periódica, acarretará a suspensão do pagamento da remuneração do servidor público inadimplente até a efetiva regularização cadastral.

Banco de Talentos

O Banco de Talentos constitui-se numa ferramenta de gestão estratégica de pessoas que possibilita conhecer as competências dos servidores e realizar cruzamentos desses perfis com a necessidade dos diversos órgãos e entidades através de um sistema de banco de dados com informações pessoais e profissionais dos servidores públicos estaduais.

De acordo com o titular da Seplag, Basílio Bezerra, a utilização dessa ferramenta auxilia no melhor aproveitamento do potencial do profissional. “Ao alinharmos o perfil dos servidores, seus conhecimentos, qualificação profissional, suas habilidades, e suas atitudes com o perfil necessário em cada setor, facilitaremos os processos de realocação de servidores e compatibilização do perfil profissional com as atividades a serem desenvolvidas. Por isso é importante que o servidor preencha os campos com suas informações profissionais”.

Leia mais:  Revista do Ipea publica estudo coproduzido por auditor da CGE sobre incentivos fiscais

Essas informações poderão ser usadas no processo de movimentação de pessoal entre órgãos, ficando disponível para consulta das secretarias, empresas e autarquias interessadas em determinado tipo de perfil funcional. E também serão usadas no redimensionamento da força de trabalho.

O Banco de Talentos está entre as ações voltadas para o desenvolvimento profissional do Estado. Ele faz o mapeamento do perfil de trabalho de todos os servidores públicos estaduais levando em conta seus conhecimentos e habilidades para atividades estratégicas e específicas.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

814 novos casos de Covid-19 e 25 mortes nas últimas 24 horas

Publicado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (6), 260.760 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.993 mortes em decorrência do coronavírus.

Foram notificadas 814 novos casos de Covid-19 e 25 mortes nas últimas 24 horas. Dos 260.760 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.254 estão em isolamento domiciliar e 242.877 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 479 internações em UTIs públicas e 397 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 99,58% para UTIs adulto e em 47% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (56.151), Rondonópolis (20.404), Várzea Grande (16.403), Sinop (13.260), Sorriso (10.539), Tangará da Serra (10.185), Lucas do Rio Verde (9.512), Primavera do Leste (7.753), Cáceres (5.751) e Nova Mutum (5.164).

Um total de 224.300 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.460 amostras em análise laboratorial.

Leia mais:  "Sarau Reencontro" reúne autoridades que marcaram a história política de Mato Grosso
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana