conecte-se conosco


Cidades

Rasqueia Cuiabá e Amigos Banda Show se apresentam na Praça Cultural do CPA II

Publicado

Nesta quinta-feira (24), o projeto “Rua do Rasqueado” completa nove encontros na Praça Cultural do CPA II. Na programação as apresentações musicais de Guapo e banda, Rasqueia Cuiabá, Gilmar Fonseca e Hamilton Arruda e Amigos Banda Show no horário de sempre, das 18h às 22h, com entrada gratuita.

A “Rua do Rasqueado – Cuiabá 300 anos” foi aprovada em edital FUNDO/2019 na categoria música. O projeto conta com 12 eventos, sempre às quintas-feiras, que serão distribuídos em praças pelo Centro Histórico de Cuiabá e também por bairros de Cuiabá, sempre gratuitos.

O evento é dividido em blocos de lambadinha, lambadão, rasqueado. O evento também conta com quadro de Clássicos Mundiais, que de acordo com Guapo, é um momento das canções e artistas que marcaram época, como Beatles, Frank Sinatra entre outros.

A banda Scort Som foi a convidada para abrir o projeto no dia 22 de agosto, mas a cada quinta-feira a programação se faz nova e abre-se espaço para novos e consagrados talentos da música autoral em Cuiabá. A pista de dança se deslocou pela primeira vez no dia 26 de agosto, do Centro Histórico para o quintal da Dona Matilde, no Parque Ohara e depois para o bairro Novo Terceiro, São Francisco e CPA I. Agora o rasqueado chega a Praça Cultural do CPA II.

Leia mais:  Prefeito destaca avanços e projeta obras e ações para os próximos anos em Cuiabá

Passando da metade dos encontros programados para o projeto este ano, já subiram ao palco da Rua do Rasqueado artistas como Roberto Lucialdo, Eduardinho Mistura, Mega Boys, Marlon França, Cleonir, João Eloy, banda Loop, banda Signos, banda Real Som, banda Ellus, Dito Saca rolha, além de Guapo e banda e os artistas Régis Gomes, Halbina dos Santos.

O projeto “Rua do Rasqueado” foi o primeiro dentre os 51 projetos aprovados no edital FUNDO/2019 a ser executado. O cronograma de desembolso é tratado como prioridade pela Secretaria de Cultura e também pela Secretaria de Fazenda, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. Ele segue até novembro, totalizando R$ 2,1 milhões em investimento em cultura na capital mato-grossense.

SERVIÇO 

O que: 9º encontro da Rua do Rasqueado

Quando: quinta-feira (24), das 18h às 22h

Onde: Praça Cultural do CPA II

Evento gratuito

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Prefeito destaca avanços e projeta obras e ações para os próximos anos em Cuiabá

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Incêndio atinge depósito de frigorífico com mais de 100 toneladas de papelão em MT

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana