conecte-se conosco


Cidades

Ranking aponta Cuiabá entre as Capitais que mais criam vagas de emprego formais

Publicado

Cuiabá está entre as capitais que mais criaram vagas de emprego formais nos primeiros oito meses de 2019. O dado faz parte de um levantamento feito pela consultoria Tendências, divulgado nesta terça-feira (08) pelo Jornal O Globo. Segundo o estudo, o município mato-grossense ocupa a 10ª posição no ranking que abrangeu os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

Conforme a publicação, entre as avaliadas, apenas 14 tiveram saldo positivo em oferta de vagas com carteira assinada. A tabela aponta que, de janeiro a agosto deste ano, foram abertos em Cuiabá 1.617 novos postos de empregos. Dessa forma, a cidade que recém completou seus 300 anos, ficou à frente de polos como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis e Salvador.

“Cuiabá é uma cidade pujante, que tem um grande potencial de crescimento. Temos a certeza que essa curva ascendente no desenvolvimento é um caminho sem volta. Como parte da administração pública, buscamos fazer nosso dever de casa. Manter uma boa saúde financeira é um exemplo disso. Se os cofres públicos estão bem cuidados, é possível pagar servidores, fornecedores e prestadores de serviços em dia. Isso reflete diretamente na economia do município”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia mais:  Semob vistoria vans escolares e orienta sobre redução de poluentes atmosféricos

Para o economista e pesquisador da consultoria IDados, Bruno Ottoni, que foi entrevistado pelo O Globo, a projeção é que, em 2020, o crescimento na economia seja mais consistente do que o apresentado em 2019. “Com a economia do Brasil avançando, a tendência é que os estados também apresentem melhoras em seus indicadores, como o de geração de vagas de empregos formais”, disse o economista ao jornal.

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, a meta do Executivo é continuar colaborando para que Cuiabá acompanhe esse avanço. Para isso, além da contratação de trabalhadores para as diversas obras de infraestrutura distribuídas pela cidade, o gestor destaca o fortalecimento de alguns programas municipais. Aproximação do trabalhador junto ao mercado de trabalho, por meio do Sine Municipal, e o Qualifica 300, são exemplos de fomento a geração de emprego.

“São alguns exemplos do que temos feito para incentivar o crescimento na geração de emprego. O Sine tem essa atribuição e procuramos fortalecê-la com campanhas periódicas, levando o serviço para mais perto da população. No caso do Qualifica 300, foram mais de 5 mil pessoas atendidas pelo programa que visa levar a qualificação profissional para as comunidades mais carentes”, pontua Pinheiro.

Leia mais:  Prefeito cumpre compromisso com servidores e concede 5,07% de RGA

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Cuiabá prorroga por mais 90 dias suspensão do corte de água

Publicado

por

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro prorrogou por mais 90 dias a proibição da concessionária Águas Cuiabá S.A. de realizar interrupção do fornecimento de água dos consumidores inadimplentes nos termos do artigo 1º do Decreto nº 7.847 de 18 de março de 2020. A medida será publicada em Diário Oficial do Tribunal de Contas (TCE) na próxima segunda-feira, 25, por meio do decreto 7.924/2020.

“Uma das medidas recomendadas mundialmente é o isolamento em suas residências com vistas a evitar a exposição ao novo coronavírus. Nossa preocupação é garantir que toda pessoa mantenha o acesso à água, garantindo sua higienização e por isso determinei que a medida fosse prorrogada. Queremos cada vez mais medidas eficientes”, explica o prefeito.

Pondera ainda que diante do cenário mundial decorrente da pandemia,  é de interesse da coletividade que todos os cidadãos tenham o fornecimento de água potável assegurado em suas residências. Para o prefeito Emanuel Pinheiro, é necessário um esforço conjunto para garantir o combate à disseminação da COVID-19.  A capital do Estado  acumula hoje (23) um total de 400 casos, que representam um total de 32% dos casos confirmados registrados em todo Estado (1.294). “Gostaríamos que nenhuma vida fosse perdida nessa batalha e nosso esforço é para garantir achatar a curva de crescimento de casos. Não seria omisso. Todo o esforço é para salvar vidas”.

Leia mais:  Semob vistoria vans escolares e orienta sobre redução de poluentes atmosféricos

Ele ainda relembra que muitos lares tiveram o orçamento afetado e por isso, Cuiabá também terá um programa de transferência de renda que vai permitir a 1687 trabalhadores o recebimento, ao longo de três meses, de um auxílio no valor de R$ 500. A meta é iniciar o pagamento ainda na primeira semana de junho.

Dia 16 de março ficou marcado como o início do combate à pandemia da COVID-19 na capital de Mato Grosso. Na data, foi criado o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus e a partir daí, uma série de decretos municipais temporários e emergenciais foram publicados pelo prefeito Emanuel Pinheiro com objetivo de organizar a cidade e proteger a vida e a saúde da população de Cuiabá durante o período de enfrentamento ao vírus. Um deles, com data de 6 de abril prevê que a concessionária Águas Cuiabá fica obrigada a fazer o religamento do abastecimento, cujo os cortes tenham ocorrido entre 17 de janeiro a 17 de março.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana