conecte-se conosco


Política

R$180 milhões é o prejuízo ao crime organizado gerado pela apreensão de cocaína pela PRF em MT

Publicado

Foram mais de 1200 kg de cloridrato de cocaína retirados de circulação

Na maior apreensão de cloridrato de cocaína realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, nos últimos 5 anos, aproximadamente 1248 kg do entorpecente foram retirados de circulação e o prejuízo ao narcotráfico é em torno de R$ 180 milhões.

A apreensão ocorreu nesta terça-feira (01), durante fiscalização na BR-174, em Pontes e Lacerda, quando a equipe abordou dois caminhões, com dois semirreboques em cada. O primeiro veículo era ocupado somente pelo condutor, de 44 anos. O segundo caminhão estava ocupado pelo condutor, de 55 anos e sua esposa de 51.

Em fiscalização minuciosa, os PRFs identificaram compartimentos adaptados, que poderiam estar escondendo ilícitos. Questionados, os ocupantes de ambos veículos disseram não se conhecer, mas ficaram muito nervosos quando indagados sobre os locais adaptados e apresentaram as mesmas versões, de que adquiriram os veículos como estavam, sem ter conhecimento dos locais “secretos”.

Ao abrir os compartimentos do primeiro caminhão, os policiais encontraram 804,08 kg de cloridrato de cocaína, em um total de 796 tabletes, além de uma quantia de R$ 8.650,00 que estavam com o condutor. No segundo veículo, havia mais 443,25 kg distribuídos em 440 blocos e a quantia de R$ 3.500,00 com o motorista, sendo o peso total, entre os dois caminhões, de 1247,33 kg.

Leia mais:  Misael participa de inauguração de pontes sobre os Rios Bandeira e Paciência

Após a descoberta do entorpecente, os envolvidos informaram que receberiam uma quantia em dinheiro para efetuar o transporte. Os dois veículos saíram de Cáceres/MT com destino a Sapezal/MT.

Com essa apreensão, a PRF em Mato Grosso já soma mais de 5,2 toneladas de cocaína e seus derivados retirados de circulação em 2020, gerando um prejuízo ao crime organizado de mais de R$ 680 milhões.

Comentários Facebook
publicidade

Política

Ibope mostra Abílio e Emanuel tecnicamente empatados

Publicado

A pesquisa do Ibope divulgada pela TV Centro América, afiliada da Rede Globo em Cuiabá, nesta sexta-feira (30), aponta os candidatos a prefeito de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (Pros) tecnicamente empatados em primeiro lugar com 26% e 25%, respectivamente.

Já em terceiro lugar ficou o ex-prefeito Roberto França (Patriota) com 16% da intenção de votos entre os cuiabanos, que também está empatado com a única candidata mulher na disputa, Gisela Simona (Pros), com a mesma porcentagem de 16%.
O candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), Julier Sebastião, ficou em quarto e marcou 3% dos intenções de votos.

Aécio Rodrigues (PSL) manteve a mesma porcentagem de 2%, ocupando a quinta posição. Paulo Henrique Grando (Novo) e Gilberto Lopes (Psol) não pontuaram nesta pesquisa.

A margem de erro da pesquisa estimulada é 4 pontos percentuais para mais e para menos. Foram ouvidos 602 eleitores da Capital entre 28 a 30 de outubro. O número de identificação na Justiça Eleitoral é MT‐02443/2020.

Rejeição

O atual prefeito e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro lidera o índice de rejeição com 42%, logo em seguida vem o ex-prefeito Roberto França e Abílio Júnior empatados com 31%.

Leia mais:  ALMT repassará recursos para ajudar governo a reabrir a Santa Casa de Cuiabá

Julier Sebastião possui 23% e Gisela Simona 11% de rejeição. Aécio Rodrigues e Gilberto Lopes tem 8% e o Paulo Henrique Grando 6%.

 

Pesquisa anterior

Na pesquisa passada, divulgada no dia 16 de outubro, Abílio Júnior ficou em primeiro lugar com 26% na disputa pela Prefeitura de Cuiabá.

Logo atrás, em segundo, ficou o atual prefeito e em busca da reeleição, Emanuel Pinheiro, com 20% de intenção, tecnicamente empatado com o terceiro colocado, o ex-prefeito Roberto França 19% na pesquisa.

Em quarto, Gisela Simona (Pros) marcou 11%. Julier Sebastião, ficou em quinto com 3% dos votos válidos.

Paulo Henrique Grando (Novo) e Aécio Rodrigues (PSL) tiveram a mesma porcentagem de 2%, ocupando a sétima e oitava colocação, respectivamente. O Concorrente pelo Psol, Gilberto Lopes, não pontuou.

Por: Noelisa Andreola/ gazetadigital.com.br

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana