conecte-se conosco


Carros e Motos

Quiz: você seria capaz de acertar 10 perguntas sobre o mundo automotivo?

Publicado

 Você pode ser o maior conhecedor de videogames retrô do seu círculo de amizades, mas com certeza tem um amigo que lembra detalhes de todos os filmes que já assistiu. Quem gosta de música também possui um grande acervo mental sobre os mais diversos gêneros e épocas.

No nosso caso, gostamos de carros, e queremos saber o quanto nossos leitores também estão antenados neste universo. Para tal, preparamos um quiz automotivo
com algumas questões bem simples, e outras um tanto quanto complexas para a memória, sobre a indústria brasileira. Será que você é capaz de acertar?

É normal que alguns carros sirvam de origem para outros. Apesar de ser um projeto nacional, nosso Chevrolet Opala
tinha um representante fora do país. O fato mais interessante é que até mesmo os europeus acham o nosso modelo mais bonito. Será que você consegue adivinhar qual, entre os modelos acima, deu origem?

A injeção eletrônica surgiu da necessidade de tornar os motores a combustão em alternativas mais sustentáveis e eficientes. O sistema faz com que o motor trabalhe com uma mistura adequada de oxigênio e combustível, reduzindo até mesmo as emissões de poluentes. O primeiro modelo com este sistema no Brasil foi o Gol GTI. Lembra em que ano foi lançado?

Leia mais:  Honda CBR 1000RR Fireblade ganha ainda mais desempenho com nova atualização

Em 1986, a Argentina foi campeã da Copa do Mundo do México, “Top Gun” e “Curtindo a Vida Adoidado” chegaram às telonas de todo o mundo e Alain Prost foi bicampeão mundial de Fórmula 1. Será que você lembra qual era o carro mais vendido do Brasil nessa época?

Ainda durante sua campanha em meados de 1990, Fernando Collor desferiu que os carros brasileiros eram verdadeiras “carroças”, prometendo abrir o mercado para os importados. Para o presidente que deixou o cargo em 1992, isso poderia melhorar a competitividade do mercado e promover o lançamento de produtos mais modernos.

Motores turbo têm muitas vantagens. Entre elas, podemos colocar uma luz sobre a eficiência energética e maior entrega de desempenho. Um claro reflexo do downsizing,
que propõe motores menores e mais eficazes para automóveis. Qual dos modelos acima não conta com motor turbo?

Triste fim para o Ford Fiesta
, que será descontinuado assim que a fábrica da marca em São Bernardo do Campo (SP) fechar as portas. O modelo chegou ao Brasil em 1995, importado da Espanha. No ano seguinte, foi nacionalizado, sendo produzido até 2019. Quantas gerações o modelo teve neste período?

Apesar da modernização das linhas de montagem, ainda temos alguns “dinossauros” em linha no Brasil. O mais antigo entre eles foi lançado em 1997, inaugurando uma categoria inédita. Será que você consegue adivinhar qual?

Leia mais:  Ferrarimostra novo supercarro híbrido SF90 Stradale, de 1000 cv

Os novos propulsores 1.0 são alguns dos mais modernos do mercado. Além do turbocompressor, contam com três cilindros que, em tese, melhoram a entrega do torque por conta do volume interno. Mas alguns carros ainda aparecem com motores antiquados. Você consegue adivinhar qual entre estes sedãs é o mais lento do Brasil? Uma dica: ele vai de 0 a 100 km/h em longos 16,5 segundos.

Em tempos de gasolina cara, investir em um modelo gastão é assinar o cartão de fidelidade do posto da esquina. As coisas estão melhorando, mas alguns carros beberrões ainda aparecem como modelos zero quilômetro nas concessionárias. Qual é o destaque entre eles?

Precisamos de mais carros como o Renault Sandero RS no Brasil, Trata-se de um esportivo legítimo e que cabe no bolso! Por sorte, a Volkswagen está para lançar uma versão esportivada do Polo GTS, resgatando a sigla do antigo Gol dos anos 90. Mas você lembra qual é a potência do Sandero RS?

Quantas questões você acertou no quiz automotivo
? Compartilhe com a gente nos comentários.

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

General Motors confirma o fim da fabricante australiana Holden

Publicado

por

General Motors arrow-options
Divulgação

Parceira da General Motors desde a década de 30, Holden encerrará suas operações na Austrália, Nova Zelândia e Tailândia até o fim do ano

Em mais um passo no processo de reestruturação global, a General Motors anunciou que fechará a marca Holden na Austrália, Tailândia e Nova Zelândia, encerrando as operações nos países. A GM ainda terá o compromisso de abastecer os mercados com peças e serviços de manutenção até o fim da década.

LEIA MAIS: FCA e PSA anunciam acordo de fusão; confira os detalhes

Estima-se que 600 funcionários perderão o emprego no encerramento da Holden na Oceania. Em Detroit (EUA), Mary Barra, chefe-executiva da GM Global, afirma que fechar a representante no continente é uma decisão difícil, porém correta. 

Mark Reuss, presidente da GM, complementa a declaração de Barra dizendo que a marca tinha planos de reerguer a Holden, mas continuar atuando em um mercado fragmentado como a Oceania teria custo alto.

LEIA MAIS: Renault, Nissan e Mitsubishi revelam novas estratégias para 2020

Leia mais:  Romi-Isetta elétrico do século 21 vai ser lançado no fim do mês

Scott Morrison, primeiro-ministro da Austrália, se diz inconformado com a situação. “Estou desapontado, mas não surpreso. Sei que muitos australianos estão irritados neste momento”, disse ele. “Os nossos contribuintes colocaram milhões de dólares nesta companhia multinacional e eles simplesmente encerraram as operações”.

LEIA MAIS: Veja como a parceria entre Ford e VW vai impactar os carros elétricos

Aos poucos, a GM está abandonando mercados não-lucrativos para focar em regiões pontuais, como Estados Unidos, China, Coreia do Sul e Brasil. Em 2017, a fabricante vendeu as marcas Opel e Vauxhall para a Peugeot-Citroën.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana