conecte-se conosco


Política

Projeto “Escola Amiga dos Animais” pode ser implantado em Mato Grosso

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

Com o objetivo despertar em crianças e adolescentes a consciência sobre a educação ambiental voltada para o bem-estar de animais domésticos, a vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputada estadual Janaina Riva (MDB), apresentou durante a sessão de terça-feira (8), o projeto de lei denominado Escola Amiga dos Animais.

Consta do projeto que ele deverá ser implantado na rede pública escolar estadual, por meio de ações que fortaleçam os conceitos da adoção consciente de animais e a guarda responsável. O projeto prevê atividades extraclasses relacionadas ao tema, bem como cuidados a animais comunitários na escola.

Segundo Janaina, o projeto poderá contar com a participação de órgãos públicos, empresas privadas e organizações não governamentais para que apoiem atividades extraclasses e a manutenção dos animais comunitários.

“Esse projeto já é realidade no Rio Grande do Sul. Aqui em Mato Grosso, muitos educadores anseiam por aplicar os conceitos do bem-estar animal diretamente no dia a dia das escolas. A educação ambiental, principalmente direcionada a crianças e adolescentes, voltada para a adoção consciente e guarda responsável de animais domésticos, é base para que futuras gerações tenham plena compreensão de uma convivência harmoniosa e respeitosa com animais. A possibilidade de interação com animais comunitários nas escolas dá o caráter prático para que os professores possam desenvolver atividades extraclasses, tais como cuidados de alimentação, higiene e sanitário, assim como afeição aos animais, uma vez que eles também sentem fome, sede, dor e falta de atenção similar a qualquer ser humano”, finalizou.

Leia mais:  Salão Negro da ALMT recebe nome de deputado com mais tempo de mandato

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
publicidade

Política

No Japão, Bolsonaro terá encontro bilateral com presidente da Ucrânia

Publicado

por

Em sua viagem ao Japão, o presidente Jair Bolsonaro terá uma reunião bilateral com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski, além do encontro privado que terá com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Bolsonaro embarca hoje (19), às 22 horas, para o Japão, primeira parada de uma turnê de dez dias pela Ásia e pelo Oriente Médio, na qual visitará ainda China, Emirados Árabes Unidos, Catar e Arábia Saudita. A volta ao Brasil está prevista para a manhã do dia 31.

A chegada a Tóquio, onde o presidente participará da cerimônia de entronização do imperador Nahurito, está prevista para as 13h de domingo (20).

Uma nova agenda com detalhes sobre os compromissos no Japão foi divulgada neste sábado (19) pelo Palácio do Planalto. Na previsão anterior, não constavam os encontros bilaterais com Abe e Zelenski.

Comediante estreante na política, Zelenski assumiu o cargo em maio. Atualmente, o presidente ucraniano encontra-se no centro de um processo de impeachment contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que teria pedido a ele para intervir numa investigação contra Joe Biden, seu rival político. 

Leia mais:  AL cobra do TCE resultado de auditoria de incentivos fiscais

Notáveis

Além do encontro bilateral com Abe, Bolsonaro participará na quarta-feira (23)  de um banquete oferecido pelo primeiro-ministro japonês a todos os chefes de Estado presentes na entronização do imperador.

Também na quarta (23), está prevista uma reunião de Bolsonaro com os membros de um grupo de notáveis, formado pelos dirigentes das principais empresas do Japão (Mitsui, Toyota, Honda, Mitsubishi, dentre outras).

Integram a comitiva de Bolsonaro os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura), Osmar Terra (Cidadania), Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

PGR

Na manhã deste sábado (19), Bolsonaro recebeu no Palácio do Alvorada a visita do procurador-geral da República, Augusto Aras, e do ex-deputado Alberto Fraga, um dos principais avalistas da indicação do novo PGR, que assumiu o cargo no mês passado.

O encontro, que se encerrou por volta das 10h, foi confirmado por Fraga a jornalistas. Segundo o ex-deputado, tratou-se de uma visita de cortesia e questões políticas não foram discutidas na presença do PGR. Em conversa reservada, porém, ele admitiu ter falado com Bolsonaro sobre a situação do PSL, partido do presidente.

Leia mais:  Projeto de lei atualiza normas para traslados de restos mortais dentro do estado

Saiba mais

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana