conecte-se conosco


Cidades

Projeto do Museu Índio passa por readequações e obra deve ser retomada em 2019

Publicado

Davi Valle

Fechado para reforma há quase seis anos, o Centro Cultural Ykuiapá, mais conhecido como Museu do Índio, deve ter as obras retomadas ainda neste ano. A readequação de seu projeto arquitetônico foi discutida na última sexta-feira (10), em reunião entre representantes da Prefeitura de Cuiabá, Ministério Público Federal (MPF), Fundação Nacional do Índio (Funai) e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 

De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, a planta será alterada pelo Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (IPDU) e apresentada ao IPHAN em um prazo de 90 dias. As melhorias são custeadas por recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas. 

“Assim como ocorreu com outros diversos projetos do PAC, tivemos que readequar projetos elaborados em outra gestão porque foram constatados erros. Nossa expectativa é devolver esse atrativo à Capital, reforçando as opções turísticas e, sobretudo, valorizando a história e a herança daqueles que estavam aqui muito antes da chegada dos bandeirantes e da fundação oficial da cidade”, disse.

Leia mais:  Prefeitura entrega cinco novos pontos de ônibus em 2019; 200 serão substituídos

Localizado no coração do centro histórico de Cuiabá, na Rua Barão de Melgaço, o Museu resguardava um acervo raro de culturas indígenas do Estado. “É importante ressaltar que as peças foram devidamente retiradas do espaço e armazenadas com todo o cuidado necessário para garantir a sua integridade”, explica Vuolo.

Com uma reserva técnica da ordem de 2000 objetos, um Setor de Documentação, uma Biblioteca especializada na temática indígena e uma galeria de arte, o Centro Cultural é um dos principais espaços dedicados à promoção e salvaguarda do patrimônio destas populações. Depois das alterações no projeto, o próximo passo é assinatura da ordem de serviço e, em seguida a reinauguração do espaço, em 2020.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Meteorologistas dizem; frio deve voltar a MT com 16 graus em Cuiabá

Publicado

por

Segundo os meteorologistas, os termômetros poderão marcar 16 graus na Capital e 12 graus no município turístico. No entanto, é bom ressaltar que pela data ainda ser distante, pode haver variação no tempo durante a semana.

Em Cuiabá, a previsão é de que a temperatura comece a reduzir a partir de sexta-feira (24) quando deve ser registrada mínima de 17 graus e máxima de 26 graus, com probabilidade de chuva. O sábado (25) pode começar com 16 graus, mas durante o dia os termômetros podem chegar aos 32 graus. No domingo (26), a previsão é de que a máxima volte ao patamar de 34 graus.

O CPTCE prevê que a frente fria chegue com mais força em Chapada dos Guimarães. Por lá, a quinta-feira pode começar com 16 graus e a máxima não deve passar de 23 graus. Na sexta-feira os termômetros podem marcar entre 12 e 22 graus. A expectativa é de o sábado registre mínima de 12 graus e máxima de até 28 graus.

O calor deve voltar no domingo, quando a previsão de temperatura máxima é de 29 graus durante o dia.

Leia mais:  Vendas de camisetas alusivas aos 300 Anos de Cuiabá serão destinadas à AACC

Massa polar

Na última quarta-feira (16), Cuiabá registrou a madrugada mais fria do ano quando os termômetros marcaram mínima de 16 graus. Em Chapada dos Guimarães foram 11 graus.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana