conecte-se conosco


Mato Grosso

Programa Telessaúde de Mato Grosso é finalista em prêmio nacional

Publicado

Apoiado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), o Núcleo Telessaúde de Mato Grosso está entre os seis finalistas do Prêmio Excelência em Competitividade, na categoria Destaque Boas Práticas. Organizado pelo CLP Liderança Pública, o evento de premiação será no dia 18 de outubro, na Bolsa de Valores, em São Paulo.

Assim como o Telessaúde, estão na disputa os projetos Paraíba Unida pela Paz (PB), CRIA – Criança Alagoana (AL), Bom Prato (SP), Caminhos da Paraíba (PB) e o Plano Metropolitano de Resíduos Sólidos– PMRS (PE). Dessas indicações, apenas três serão premiadas.

“O Telessaúde é um case de sucesso que tem a aprovação dos gestores municipais de Saúde por meio do Cosems [Conselho de Secretarias Municipais de Saúde]. O reconhecimento do programa em âmbito nacional e mundial se deve graças ao comprometimento do seleto time de Teleconsultores e ao êxito das parcerias institucionais entre a Secretaria de Estado de Saúde, a UFMT e o HUJM”, declarou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

O programa Telessaúde foi selecionado a partir dos critérios estabelecidos pelo CLP, que avaliou o potencial de institucionalização ou legado; equidade, replicabilidade e escalabilidade; inovação; competitividade, momento do país e resultados.

Contente com a indicação, o responsável pelo Núcleo Técnico Científico do programa, Fábio José da Silva, diz que estar entre os finalistas é importante para o reconhecimento dos esforços feitos pela SES-MT na busca pela eficiência e aplicação do recurso público sem prejudicar o atendimento à população.

Leia mais:  Campanha de arrecadação para Fundo da Infância será lançada em 25 de fevereiro

“Esta é uma ferramenta que possibilita que pessoas que estão em locais distantes tenham acesso ao serviço de saúde com qualidade, sem a necessidade do deslocamento do profissional e do paciente. Isso traz ganho em qualidade de vida e melhoria de conhecimento para o profissional, que também utiliza o Telessaúde para participar de cursos”.

Por meio do Núcleo do Telessaúde, a SES-MT registrou, em 2018, um total de 549.250 atendimentos entre os serviços de Teleconsultorias, Eletrocardiogramas, exames de Tele-estomatologia, exames de Teledermatologia, módulos de Tele-educação e acessos ao Canal Tele Educa. De acordo com a coordenadoria do Núcleo do Telessaúde, esses resultados evidenciam a contenção de 53% dos encaminhamentos de pacientes para a capital do estado e o alcance de 93% de satisfação com as respostas da teleconsultoria.

Em abril deste ano, o programa Telessaúde conquistou o prêmio ‘WSIS Prizes 2019’, na categoria ‘E-Health’. A premiação aconteceu em Genebra, na Suíça, e dedicou ao programa estadual a única indicação brasileira da competição.

O Telessaúde

O Núcleo Técnico Científico Telessaúde de Mato Grosso existe por meio de um convênio entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) e o Ministério da Saúde. O funcionamento do setor é realizado por meio do Termo de Cooperação Técnica, firmado entre o Hospital Universitário Júlio Muller (HUJM) e a SES-MT. A instalação física do Núcleo é no HUJM, na Unidade e-Saúde/Gerência de Ensino e Pesquisa, e suas atividades estão integradas às atividades do Núcleo da Rede Universitária de Telemedicina.

Leia mais:  Autoridades debatem implantação da Política da Pessoa com Deficiência

Desde o início de suas atividades, o núcleo ampliou significativamente o número de solicitações de teleconsultorias, implantou o telediagnóstico em eletrocardiograma, dermatologia e estomatologia, expandiu o número de municípios com adesão ao telediagnóstico, ampliou a equipe de teleconsultores, as atividades de tele-educação e manteve a parceria com a FAEN/UFMT por meio do Projeto de Extensão.

A equipe é composta de 58 profissionais entre médicos, enfermeiros, cirurgião-dentista, farmacêutico, nutricionista, técnico em tecnologia da informação, biólogo, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo – sendo todos profissionais da SES-MT, da UFMT/HUJM ou voluntários que se dispõem a contribuir com o trabalho.

A premiação

Em sua quarta edição, o Prêmio Excelência em Competitividade – Destaque Boas Práticas, recebeu mais de 120 inscrições de diversos setores públicos do Brasil. Conforme previsto no edital, foram feitas duas avaliações. A primeira consistiu em verificar se as boas práticas inscritas atendiam aos pré-requisitos; já a segunda triagem foi feita com base nos critérios estabelecidos pelo edital.

Além da categoria Destaque Boas Práticas, há também as categorias Destaque Crescimento e Destaque Internacional. Os estados vencedores das três categorias do Prêmio serão agremiados na cerimônia de lançamento da 8ª Edição do Ranking de Competitividade dos Estados, no dia 18 de outubro.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Duas mortes por Covid-19 são registradas nesta sexta-feira óbitos chega a 36 em MT

Publicado

por

Duas mortes foram registradas na madrugada desta sexta-feira (22) por Covid-19 em Mato Grosso. Um dos pacientes era morador de Curvelândia, a 311 km de Cuiabá, mas estava internado em unidade hospitalar de Cáceres.

O segundo paciente era morador de Juína, a 737 km de Cuiabá, e estava internado na capital. Os casos foram divulgados durante coletiva feita pelo secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo. Com estes casos, o estado registra 36 óbitos pela doença até a manhã desta sexta-feira (22).

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até a tarde de quinta-feira (21), 1.187 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.

Dos 1.187 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 626 estão em isolamento domiciliar e 428 estão recuperados. Há ainda 99 pacientes hospitalizados, sendo 52 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 71 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 269 leitos de UTI e 877 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Leia mais:  Eleição para novos membros do Colégio de Procuradores será no dia 23

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,1% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,9% masculino; além disso, 344 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana